Translate

quarta-feira, 8 de dezembro de 2021

TRÊS DOSES DA VACINA DA PFIZER SÃO EFICAZES CONTRA VARIANTE OMICRON


A vacina contra a covid-19 desenvolvida pelas empresas Pfizer e BioNTech "ainda é eficaz" contra a variante ómicron do vírus com "três doses", mas "provavelmente" insuficiente com apenas duas, garantiu, esta quarta-feira, a BioNTech, em comunicado.

De acordo com a empresa, estudos realizados pelos seus laboratórios concluíram que "a vacina ainda é eficaz contra a covid-19, também contra a variante ómicron, se tiver sido administrada três vezes".

No entanto, acrescentou, esta variante "provavelmente não é suficientemente neutralizada após duas doses".

Apesar da eficácia com três doses, a BioNTech afirmou que quer finalizar uma vacina adequada à variante ómicron "até março".

terça-feira, 7 de dezembro de 2021

VIAGRA REDUZ RISCO DE TER ALZHEIMER


Utilizadores de Viagra, medicamento indicado contra a disfunção erétil, têm menos 69% de risco de ter doença de Alzheimer, segundo um estudo realizado por cientistas norte-americanos.

Utilizando uma grande rede de mapeamento genético, investigadores de Cleveland integraram dados genéticos e outros para determinar, entre mais de 1600 medicamentos aprovados pela Food and Drug Administration (FDA, o regulador norte-americano dos medicamentos, à semelhança do Infarmed português), quais poderiam ser um tratamento eficaz para a doença de Alzheimer. Deram notas mais elevadas aos medicamentos que visam tanto as proteínas amilóides como as tau duas marcas distintivas da doença de Alzheimer em comparação com os medicamentos que visavam apenas uma ou outra.

O fármaco sildenafil, que é vendido sob o nome de Viagra, "demonstrou melhorar significativamente a cognição e a memória em modelos pré-clínicos, apresentando-se como o melhor candidato a medicamento" contra o Alzheimer, disse Feixiong Cheng, líder do estudo, citado pelo "The Guardian".

Os investigadores utilizaram então uma base de dados de mais de sete milhões de pessoas nos EUA para examinar a relação entre os resultados do sildenafil e da doença de Alzheimer, comparando os utilizadores deste fármaco com os não utilizadores.

Verificaram então que os utilizadores de sildenafil tinham 69% menos probabilidades de desenvolver a doença de Alzheimer do que os não utilizadores, após seis anos de acompanhamento. Para explorar melhor o efeito potencial do medicamento na doença de Alzheimer, os investigadores desenvolveram um modelo de laboratório que mostrou que o sildenafil aumentava o crescimento de células cerebrais e visava as proteínas tau, oferecendo uma perspetiva de como ela poderia influenciar as alterações cerebrais relacionadas com a doença.

Feixiong Cheng adverte que o estudo não demonstra uma relação causal entre o sildenafil e a doença de Alzheimer e defende que são precisos ensaios clínicos aleatórios envolvendo ambos os sexos e com um placebo para determinar a eficácia do fármaco.

Ivan Koychev, investigador clínico sénior da Universidade de Oxford que não participou no estudo, considerou ao "The Guardian" que este é "um desenvolvimento excitante" porque "aponta para um medicamento específico que pode oferecer uma nova abordagem ao tratamento da doença".

Os resultados do estudo foram publicados no portal online "Nature Aging".

A doença de Alzheimer é um tipo de demência que afeta milhões de pessoas em todo o mundo 193.500 em Portugal, segundo dados da Alzheimer Europe, citadas pela associação Alzheimer Portugal.

GNR ABATE SUSPEITO EM FUGA


Um homem com 62 anos que estava em fuga há três horas, no Pinhal Novo, por ter disparado para o ar quando foi abordado pela GNR em sua casa, acabou por ser morto a tiro, depois ter apontado a arma aos militares.

Cerca das 14.30 horas, o suspeito, "que se encontrava escondido no terreno", foi localizado pelos militares da Guarda, "tendo apontado a arma contra os mesmos". Em comunicado, a GNR explica que, "após a advertência clara e inequívoca para largar a arma", o suspeito não acatou a ordem, mantendo-se assim como uma "ameaça iminente para a vida dos militares".

"Neste seguimento, foi necessário os militares recorrerem à utilização de arma de fogo, em legítima defesa, tendo atingido o suspeito de forma a neutralizar a ameaça", afirma a GNR. O homem ainda foi assistido no local, por elementos do INEM e pelos Bombeiros Voluntários do Pinhal Novo, mas acabou por morrer.

Para esta operação foram mobilizados diversos meios do Comando Territorial de Setúbal, bem como da Unidade de Intervenção, nomeadamente o Grupo de Intervenção e Operações Especiais (GIOE), o Grupo de Intervenção e Ordem Pública (GIOP) e o Grupo de Intervenção Cinotécnico (GIC), que realizaram uma operação de batida em busca do suspeito.

O caso teve início esta terça-feira de manhã, no Pinhal Novo, quando a GNR se deslocou à casa do suspeito para apreender uma arma de fogo, mas o homem acabou por fugir, após efetuar alguns disparos para o ar. Os militares levavam consigo um mandado de busca e apreensão da arma do suspeito, no âmbito de um processo de ameaça, mas este reagiu mal quando confrontado com o caso.

Nessa altura, foi montada uma operação para encontrar o fugitivo, na zona rural entre Pinhal Novo e Moita.

GOVERNO QUER EMIGRANTES A PASSAR NATAL EM PORTUGAL MAS INFORMADOS E COM TESTES


A secretária de Estado das Comunidades Portuguesas aconselhou esta terça-feira os emigrantes em geral a passarem o Natal em Portugal, mas cumprindo as medidas exigíveis em relação à covid-19, enquanto pediu aos residentes na África Austral que façam "essa avaliação".

Os emigrantes que vivem na África Austral têm medidas muito mais restritivas para viajarem, por causa da nova variante do novo coronavírus, ómicron, que causa a doença da covid-19.

"As pessoas terão de fazer essa avaliação. Podem vir, mas com estas medidas mais restritivas e mais complicadas", afirmou Berta Nunes, sublinhando, porém, que Portugal "espera num futuro próximo retirar" aquelas limitações.

"Logo que haja mais informação sobre essa variante", acrescentou, porque, reconheceu, muitas das exigências aplicadas hoje devem-se ao desconhecimento sobre determinadas características da nova variante.

Para os emigrantes em geral, o Governo aconselha "que venham" no Natal, afirmou a secretária de Estado.

Porque a única condição adicional que têm para se deslocarem ao seu país de origem "por qualquer das fronteiras, terrestres, aérea, marítima, é trazerem o teste PCR ou antigénio negativo, mesmo que tenham sido vacinados".

Além disto, Berta Nunes recomendou "fortemente a vacinação", por ser uma defesa adicional que têm.

Depois, já de férias em Portugal "todos os portugueses com número do Serviço Nacional de Saúde têm direito a quatro testes gratuitos por mês", lembrou.

"Isso significa que durante a sua estadia, se tiverem que fazer agrupamentos com várias pessoas, familiares ou não, que venham de vários pontos (do mundo), é aconselhável fazerem o teste para evitarem a transmissão da covid-19 e estarem mais seguros e regressarem com segurança", apelou.

"Todos os portugueses têm o cartão de cidadão com o número de utente do Serviço Nacional de Saúde, por isso todos têm esse direito", frisou.

Na opinião da secretária de Estado, os emigrantes devem ter ainda a preocupação de antes do regresso aos países onde residem se informarem sobre medidas exigíveis.

Lembrando que a Suíça já não exige a quarentena, mas um teste negativo à entrada e um outro teste entre o quarto e o sétimo dia de permanência no país, Berta Nunes alertou que no atual contexto pandémico cada país "pode vir a ter exigências muito variáveis na época natalícia", num momento em que se assiste a um maior aumento da transmissão da doença.

Assim, "nada impede que os emigrantes e os seus descendentes possam vir a Portugal nesta época de Natal", concluiu.

Porém, relativamente aos que vivem na África Austral, a secretária de Estado recordou as restrições em vigor.

"O despacho conjunto sobre os países da África Austral, por causa da variante Ómicron, de vários ministros, sobre essa matéria diz claramente que, quem nos últimos 14 dias saiu de um desses países, da África do Sul e países vizinhos, como Moçambique, tem de fazer quarentena de 14 dias, além de ter de fazer um teste negativo ao embarque e um teste negativo à chegada", referiu.

"Isso são recomendações que se utilizam, não só nos voos que agora estamos a organizar de Moçambique, voos de regresso, mas também para todas as pessoas que nos últimos 14 dias tenham vindo de um desses países da África Austral. E isto é verificado no próprio passaporte", frisou.

Todas estas exigências foram criadas, explicou Berta Nunes, porque "esta variante é mais contagiosa" e também porque ainda há "bastante desconhecimento em relação a outras características" da mesma.

Por isso, o que Portugal quer evitar é que esta variante "seja dominante" no país "até que se conheça mais sobre a mesma", para então "tomar medidas mais ajustadas que até podem ser menos rigorosas", se a conclusão for que a variante "não é assim tão preocupante".

segunda-feira, 6 de dezembro de 2021

VENDA DE ARMAMENTO ATINGE RECORDE EM TEMPO DE PANDEMIA


A venda de armamento em 2020, pelas 100 maiores empresas internacionais, totalizou 469 mil milhões de euros, o que representa um aumento de 1,3% face ao ano anterior, mesmo em tempo da pandemia de covid-19.

Os dados constam do relatório sobre comércio de armas e serviços militares, divulgado pelo Instituto Internacional de Pesquisa sobre a Paz de Estocolmo (SIPRI na sigla em inglês), e revelam que foi batido um novo recorde.

Segundo o SIPRI, em 2020 a faturação das cem maiores empresas do setor militar e da Defesa foi de 531 mil milhões de dólares (cerca de 469 mil milhões de euros), dos quais mais de metade diz respeito a empresas norte-americanas.

Significa que foi registado um aumento de 1,3% face a 2019, tendo em conta ainda que em 2020 a economia global sofreu uma contração de 3,1%, devido aos efeitos da propagação da covid-19, recorda aquele instituto.

"As despesas militares subiram em grande parte do mundo e em alguns casos os governos aceleraram os pagamentos à indústria do armamento, de forma a mitigar o impacto da crise provocada pela covid-19", afirmou a investigadora Alexandra Marksteiner, do SIPRI, citada no comunicado divulgado pelo instituto.

Os Estados Unidos mantêm a hegemonia mundial, com 41 empresas entre as 100 maiores cotadas neste mercado, representando 54% do total de faturação em 2020, ou seja, 285 mil milhões de dólares (cerca de 251 mil milhões de euros).

As cinco maiores empresas do setor são norte-americanas: Lockheed Martin, Raytheon, Boeing, Northrop Grumman e General Dynamics.

Destaque ainda para a presença de cinco empresas chinesas de comércio de armas, totalizando, em 2020, 66 mil milhões de dólares (59 mil milhões de euros) de faturação, o que representa uma fatia de 13% do total registado pelo SIPRI.

Na lista das cem empresas, 26 são do continente europeu, somando 109 mil milhões de dólares de faturação (96 mil milhões de euros) em 2020.

O SIPRI registou ainda uma quebra de 6,5% na soma das vendas das nove empresas russas presentes naquela lista, diminuindo a faturação de 28,2 mil milhões de dólares para 26,4 mil milhões.

ENCONTRADA COCAÍNA NO PARLAMENTO BRITÂNICO


Foram encontrados vestígios de cocaína no Palácio de Westminster, segundo avançou, este domingo, o "The Sunday Times". As alegações surgem na semana em que o primeiro-ministro inglês se prepara para lançar um plano de combate ao consumo e tráfico de drogas ilegais no País.

O jornal britânico cita um estudo que investigou doze espaços do edifício do Parlamento, em Londres. Segundo os investigadores, em onze desses locais, havia vestígios de cocaína, uma droga habitualmente associada a políticos, empresários e celebridades. Lindsay Hoyle, presidente da Câmara dos Comuns, mostrou-se preocupado com situação e garantiu que quer ver "a aplicação plena e efetiva da lei", com sérias sanções para todos os que desrespeitarem as regras.

A notícia surge quase em simultâneo com o anúncio, de Boris Johnson, de um novo plano a dez anos para travar o consumo de drogas. Entre as medidas planeadas, estão retirar passaportes e cartas de condução aos infratores, recolher obrigatório e punições severas para os traficantes.

O primeiro-ministro promete o maior investimento de todos os tempos no tratamento e recuperação de pessoas com adições, bem como um maior financiamento para as 50 autoridades locais que enfrentam diariamente graves problemas relacionados com drogas em cidades como Middlesbrough, Blackpool e Liverpool.

Neste momento, há mais de 300 mil pessoas viciadas em heroína e crack em Inglaterra, algumas associadas a crimes de furto, roubo e homicídio.

VÍDEO MOSTRA PERSEGUIÇÃO A BARCO COM DROGA EM ESPANHA COM O APOIO DA GNR


A perseguição começou quando agentes do Serviço Marítimo da Guarda Civil, em serviço de patrulhamento entre Ayamonte e a Isla Cristina, detetaram uma embarcação com duas pessoas a aproximar-se de uma lancha rápida com de 12 metros de comprimento e três motores, características semelhantes às utilizadas no tráfico marítimo de haxixe.

Perante a possibilidade de se tratar de um transbordo em alto mar, os agentes decidiram abordar os suspeitos, que encetaram a fuga na lancha rápida. Para trás, ficou a outra embarcação, já sem os dois ocupantes.

Os suspeitos ignoram as ordens de paragem e foram perseguidos durante cerca de vinte minutos. Enquanto fugiam, os tripulantes lançavam ao mar fardos de haxixe e jerricans de combustível. Os agentes acabaram por conseguir travar a fuga, a 15 milhas náuticas da costa espanhola, entrar no barco e deter os seis ocupantes.

Depois, a Guardia Civil pediu apoio à UCC, que, através do Destacamento de Controlo Costeiro de Olhão, no Algarve, colaborou no transporte dos detidos para terra. Apesar de parte da droga ter sido lançada ao mar, as autoridades conseguiram recuperar dezenas de fardos de haxixe, com um peso total de 2,5 toneladas.

domingo, 5 de dezembro de 2021

AVIÃO RUSSO TERÁ SIDO OBRIGADO A DESVIAR-SE DE APARELHO ESPIÃO DA NATO


A Rússia anunciou, este domingo, que "uma catástrofe foi evitada" quando um avião comercial foi obrigado a mudar a sua trajetória para se desviar de um aparelho de espionagem da NATO sobre o mar Negro.

"Uma catástrofe foi evitada, mas isto não quer dizer que os Estados Unidos e a Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO) possam continuar a arriscar vidas com toda a impunidade", disse, em comunicado, a porta-voz da diplomacia russa, Maria Zakharova.

Segundo a agência russa de aviação civil (Rosaviatsia), o incidente ocorreu na sexta-feira de manhã, quando o avião espião "desceu de forma rápida", atravessando uma rota aérea que figurava no plano de voo de um Airbus da companhia russa Aeroflot que fazia a ligação entre Telavive e Moscovo, com 142 pessoas a bordo.

"A direção e a altitude do avião civil foram imediatamente modificadas", explicou a Rosaviatsia num comunicado citado pela agência AFP, segundo o qual a tripulação do avião de espionagem não respondeu às mensagens dos controladores aéreos.

Segundo a agência russa Interfax, o avião russo mergulhou 500 metros para se afastar do aparelho de reconhecimento, que os pilotos conseguiam ver desde o 'cockpit'.

Um outro aparelho mais pequeno, um jato CL-650 que fazia um voo entre a estância balnear russa de Sotchi e Skopje, também modificou a sua trajetória devido ao avião espião, segundo a Rosaviatsia.

"A atividade acrescida dos voos de aparelhos da NATO junto das fronteiras da Rússia representa um risco de incidentes perigosos envolvendo aparelhos civis", disse a agência de aviação civil russa, acrescentando que irá "protestar" por via diplomática.

A Rosaviatsia não precisou a nacionalidade do aparelho de espionagem, mas no seu comunicado Zakharova acusou a força aérea norte-americana de "representar um risco para a aviação civil ".

Os meios de comunicação russos noticiaram que caças russos tinham sido enviados na sexta-feira para o mar Negro para escoltar dois aviões de reconhecimento norte-americanos.

Nem a aliança atlântica nem os EUA reagiram ainda a estas acusações.

O incidente ocorre num contexto de tensão crescente entre a Rússia e os países ocidentais, que acusam Moscovo de colocar tropas na fronteira da Ucrânia com vista a uma invasão.

A Rússia desmente estas acusações e acusa os países da NATO de multiplicarem "provocações", nomeadamente com os recentes exercícios militares perto das suas fronteiras no mar Negro.

SOBE PARA 13 O NÚMERO DE MORTOS EM ERUPÇÃO VULCÂNICA NA INDONÉSIA


O número de mortos da erupção do vulcão Semeru da Indonésia aumentou de um para 13, disse a agência de gestão de catástrofes, numa altura em que os socorristas continuam a revistar a área.

"O número de mortos é agora 13. Os socorristas recuperaram mais corpos", disse o porta-voz da agência Abdul Muhari.

As imagens mostraram uma vasta pluma de fumo cinzento a subir da cratera do vulcão depois das 15 horas locais de sábado, desencadeando o pânico entre os residentes das aldeias próximas que fugiram enquanto a área mergulhava na escuridão durante a tarde.

A aldeia de Lumajang estava coberta por uma espessa camada de lava e cinza fria, segundo os repórteres da AFP, e os residentes de uma dúzia de aldeias tiveram de ir para abrigos e mesquitas para passar a noite.

Pelo menos 57 pessoas foram feridas na erupção, 41 das quais sofreram queimaduras, disse a agência de gestão de catástrofes num comunicado.

O Monte Semeru, o pico mais alto de Java, situa-se a 3676 metros. Imagens da agência meteorológica e geofísica da Indonésia mostraram cinzas a cair no Oceano Índico.

A última grande erupção da Semeru foi em dezembro de 2020. Também provocou a fuga de milhares de pessoas e cobriu aldeias inteiras.

A Indonésia situa-se no "Anel de Fogo" do Pacífico, onde o encontro de placas continentais causa uma elevada atividade sísmica. O arquipélago do sudeste asiático tem quase 130 vulcões ativos dentro das suas fronteiras.

No final de 2018, a erupção de um vulcão entre as ilhas de Java e Sumatra provocou um deslizamento de terra subaquática e um tsunami, matando cerca de 400 pessoas.

MARCELO DISSOLVE PARLAMENTO E CONVOCA ELEIÇÕES PARA 30 DE JANEIRO


Marcelo Rebelo de Sousa assinou este domingo o decreto que procede à dissolução da Assembleia da República e à convocação de eleições legislativas para o dia 30 de janeiro de 2022.

informação foi publicada no portal oficial da Presidência da República.

Nos termos da Constituição, no período em que o Parlamento se encontra dissolvido funciona a Comissão Permanente da Assembleia da República, composta pelo presidente, pelos vice-presidentes e por deputados indicados por todos os partidos, de acordo com a respetiva representatividade parlamentar.

Marcelo já tinha dado conta de que ia "esticar até ao limite" a dissolução para que os últimos diplomas aprovados tivessem tempo de chegar a Belém.

Esta é a oitava dissolução da Assembleia da República desde o 25 de Abril de 1974 e acontece na sequência do chumbo do Orçamento do Estado para 2022, na votação na generalidade, em 27 de outubro, com votos contra de PSD, BE, PCP, CDS-PP, PEV, Chega e Iniciativa Liberal.

DENTISTA ITALIANO USA BRAÇO FALSO PARA EVITAR VACINA E CONSEGUIR CERTIFICADO


Um dentista na Itália enfrenta possíveis acusações criminais após tentar ser vacinado contra o coronavírus num braço falso feito de silicone, noticia, este sábado, a imprensa italiana.

Uma enfermeira na cidade de Biella, Filippa Bua, contou ao jornal italiano Corriere della Sera ter percebido de imediato que algo estava errado quando um homem apresentou o membro falso para vacinação na quinta-feira.

"Quando destapei o braço, senti a pele fria e pegajosa e a cor muito clara", afirmou a enfermeira, explicando que inicialmente pensou que o homem de 57 anos tinha um membro amputado e havia oferecido o braço errado por engano, mas quando levantou a camisa viu um braço de silicone.

"Percebi imediatamente que o homem estava a tentar evitar a vacinação utilizando uma prótese de silicone, na qual esperava que eu injetasse a droga", contou ainda Filippa Bua.

A enfermeira adiantou que o homem acabou por reconhecer que não queria ser vacinado, mas apenas obter o certificado digital de vacinação, que a partir de segunda-feira é necessário no país para entrar em restaurantes, cinemas ou teatros.

O homem, segundo a imprensa, já tinha sido suspenso do trabalho por recusar ser vacinado.

Segundo a enfermeira, foi com cortesia que o homem deixou o centro de vacinação após o fracasso da tentativa.

"Entendemos que esta não era apenas uma situação surreal, mas uma tentativa real de fraude", afirmou a enfermeira, explicando ter sido entregue documentação aos seus superiores para que relatem o caso às autoridades, que foi entregue aos promotores.

Embora a vacinação em Itália abranja 85% da população atualmente elegível, com 12 anos ou mais, a faixa etária entre os 30 e os 59 anos tem demonstrado ser a mais resistente à vacinação, com quase 3,5 milhões de pessoas ainda sem as primeiras doses da vacina.

A covid-19 provocou pelo menos 5.233.111 mortes em todo o mundo, entre mais de 263,61 milhões infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 18.492 pessoas e foram contabilizados 1.157.352 casos de infeção, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.

Uma nova variante, a Ómicron, classificada como "preocupante" pela Organização Mundial da Saúde (OMS), foi detetada na África Austral, mas desde que as autoridades sanitárias sul-africanas deram o alerta, a 24 de novembro, foram notificadas infeções em cerca de 30 países de todos os continentes, incluindo Portugal.

sábado, 4 de dezembro de 2021

IRÃO REALIZA TESTE DE MÍSSIL NAS PROXIMIDADES DE INSTALAÇÕES NUCLEARES


O Irão realizou um teste num dos sistemas de mísseis na região de Natanz, perto de instalações nucleares no centro do país.

Citando uma fonte militar e os media locais, a agência France Presse noticiou que o teste provocou uma explosão, que foi sentida a cerca de 20 quilómetros do complexo nuclear Chahid Ahmadi-Rochan.

"Um dos sistemas de mísseis da região foi testado para avaliar a prontidão no terreno, e não há nada a temer", afirmou o comandante da defesa aérea da região de Natanz, em declarações à televisão estatal do Irão.

O teste foi realizado numa altura em que decorrem as negociações sobre o nuclear iraniano, em Viena.

O designado JCPOA (Plano de Ação Conjunto Global), concluído em 2015 entre o Irão e seis potências (Estados Unidos, Rússia, China, França, Reino Unido e Alemanha), e na presença da União Europeia, está moribundo desde 2018, após a administração do então presidente dos EUA, Donald Trump, ter decidido a sua retirada unilateral do acordo e impor a Teerão um verdadeiro bloqueio económico através de pesadas sanções.

O acordo de 2015 oferecia a Teerão um levantamento de parte das sanções em troca de uma redução drástica do seu programa nuclear, colocado sob o controlo da Organização das Nações Unidas.

Em resposta à decisão de Trump, o Irão optou por renunciar aos seus compromissos, e agora exige o fim das sanções como primeira medida para o regresso aos compromissos de 2015.

O atual presidente norte-americano, Joe Biden, admitiu por sua vez disponibilidade para regressar ao acordo, caso o Irão reimponha as suas restrições nucleares.

FRANCISCA VAN DUNEM TOMA POSSE COMO MINISTRA DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA


O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, deu, este sábado, posse a Francisca Van Dunem como ministra da Administração Interna, que acumulará essas funções com as de ministra da Justiça nesta fase final da governação.

Francisca Van Dunem tomou posse na Sala dos Embaixadores do Palácio de Belém, em Lisboa, numa cerimónia restrita em que estiveram presentes o primeiro-ministro, António Costa, e o ministro exonerado, Eduardo Cabrita, que se demitiu na sexta-feira.

Nesta cerimónia foram reconduzidos nos respetivos cargos os dois secretários de Estado da equipa de Eduardo Cabrita no Ministério da Administração Interna: Antero Luís, secretário de Estado Adjunto e da Administração Interna, e Patrícia Gaspar, secretária de Estado da Administração Interna.

Eduardo Cabrita anunciou o seu pedido de demissão de ministro da Administração Interna na sexta-feira à tarde, depois de o Ministério Público ter acusado de homicídio por negligência o motorista do carro que o transportava em 18 de junho deste ano envolvido num acidente na A6 em que morreu um trabalhador que realizava trabalhos na berma da autoestrada.

De acordo com a acusação, o motorista do ministro conduzia um "veículo automóvel em violação das regras de velocidade e circulação previstas no Código da Estrada e com inobservância das precauções exigidas pela prudência e cuidados impostos por aquelas regras de condução".

A substituição do ministro da Administração Interna acontece num momento em que a Assembleia da República está prestes a ser dissolvida, com eleições legislativas antecipadas marcadas para 30 de janeiro de 2022, na sequência do chumbo do Orçamento do Estado para 2022, e o XII Governo Constitucional, chefiado por António Costa, se encontra em final de mandato, até à posse do novo executivo.

No final desta cerimónia de posse no Palácio de Belém, ninguém prestou declarações aos jornalistas.

Este sábado, no Parque das Nações, em Lisboa, antes desta cerimónia, o primeiro-ministro e secretário-geral do PS considerou que a até agora ministra da Justiça "com facilidade vai assumir a pasta da Administração Interna por um período de quase dois meses até às eleições", numa "solução de transição".

À margem de um Congresso da Associação Nacional de Autarcas do PS, António Costa prometeu que, se continuar a governar após as legislativas de 30 de janeiro, será com "um novo modelo de Governo, mais curto, mais ágil", referindo que tencionava fazer isso "imediatamente a seguir ao Orçamento".

Na declaração que fez aos jornalistas na sexta-feira à tarde, Eduardo Cabrita lamentou a "trágica perda irreparável" provocada pelo acidente na A6 em 18 de junho, e disse não querer que o Governo, o primeiro-ministro e o PS fossem penalizados por um "aproveitamento político absolutamente intolerável" que, no seu entender, existe em relação a este caso.

Logo de seguida, António Costa confirmou a demissão do ministro e anunciou que "nos próximos dias" indicaria o nome do seu sucessor.

Segundo o primeiro-ministro, "o que determinou o comportamento do ministro foi o entendimento de que havendo um inquérito em curso não devia ter qualquer tipo de ação que condicionasse de qualquer forma que fosse o normal exercício das autoridades judiciarias e o funcionamento normal do estado de direito".

De noite, o Presidente da República comunicou que tinha aceitado as propostas do primeiro-ministro de exoneração de Eduardo Cabrita de ministro da Administração Interna e da sua substituição pela ministra da Justiça, Francisca Van Dunem.

GÉMEOS RECÉM-NASCIDOS MORTOS PELA MÃE EM CASCAIS


A PSP encontrou, esta tarde de sábado, dois recém-nascidos mortos numa casa em Cascais. Ao que tudo indica terão sido mortos pela própria mãe.

Os corpos dos bebés foram encontrados no interior de uma casa, em Cascais. Segundo explicou fonte oficial da PSP, um dos recém-nascidos estava dentro de um saco do lixo e o outro estava na cama.

Ao que tudo indica tratar-se-á de um duplo infanticídio. A mãe das crianças foi hospitalizada.

VÍDEO: MILHARES FOGEM DE NUVEM GIGANTE DE CINZA LANÇADA POR VULCÃO NA INDONÉSIA


Milhares de pessoas fugiram das suas casas após o vulcão indonésio Semeru, no leste de Java, ter entrado, este sábado, em erupção, cobrindo a região com uma espessa camada de fumo e cinzas.

As imagens impressionantes publicadas nas redes sociais pelos habitantes locais mostram uma densa chuva de cinza vulcânica, que chega a tapar os raios solares, reporta a "BBC".

Segundo o canal britânico, uma pessoa morreu e há dezenas de queimados. A zona está ser evacuada e há pelo menos uma estrada e uma ponte que terão ficado destruídas.

Não há por enquanto vítimas a registar, segundo a agência nacional indonésia de catástrofes naturais.

As autoridades, no entanto, evacuaram várias localidades quando fluxos de lava as alcançaram e destruíram uma ponte na região de Lumajang.

"Várias regiões foram mergulhadas na escuridão após terem ficado cobertas por cinzas vulcânicas", disse o porta-voz da agência, Abdul Muhari, acrescentando que foram construídos abrigos em "várias localidades de Lumajang".

Imagens de vídeo difundidas pela agência mostram os habitantes, entre os quais crianças, a correr para os abrigos no momento da erupção, que ocorreu perto das 15 horas.

As autoridades estabeleceram um perímetro de segurança de cinco quilómetros em torno da cratera.

A última grande erupção do Semeru data de dezembro de 2020 e provocou também a fuga de milhares de pessoas, tendo coberto localidades inteiras.

A Indonésia encontra-se no "anel de fogo do Pacífico", onde se regista cerca de 85% da atividade sísmica mundial.

Este arquipélago do sudeste asiático tem quase 130 vulcões ativos no seu território.




sexta-feira, 3 de dezembro de 2021

COSTA ACEITA PEDIDO DE DEMISSÃO DE CABRITA: "RESPEITOU O TEMPO DA JUSTIÇA"


António Costa aceitou a demissão de Eduardo Cabrita e aponta para os próximos dias a indicação de um substituto.

O primeiro-ministro aceitou o pedido de exoneração de Eduardo Cabrita do cargo de ministro da Administração Interna (MAI), anunciado pelo governante demissionário esta sexta-feira, no âmbito da investigação ao atropelamento mortal na A6. Vai indicar ao Presidente da República, nos próximos dias, uma personalidade que possa assumir as funções até às eleições.

Questionado pelos jornalistas, a partir do Porto de Leixões, em Matosinhos, onde está em visita, António Costa assegurou que o pedido de demissão foi iniciativa de Cabrita, a quem agradeceu pelos "seis anos de colaboração enquanto ministro-Adjunto e ministro da Administração Interna", bem como pelos "resultados e ganhos em termos de segurança nos últimos quatro anos", nomeadamente no que diz respeito à redução dos índices de criminalidade, do número de incêndios e da área ardida.

"O senhor ministro Eduardo Cabrita respeitou o tempo da Justiça", disse o chefe de Governo, justificando a altura da tomada da decisão com a fase do processo judicial. "Só agora é que foi concluído o inquérito", explicou, considerando que "o Governo fez o que lhe competia: respeitar as instituições e deixar que funcionassem"

O ministro da Administração Interna "entendeu que, estando a decorrer um inquérito sobre a responsabilidade de um acidente de automóvel, não devia tomar nenhuma iniciativa que perturbasse as investigações" nem significasse a antecipação de qualquer conclusão. "Teve o entendimento de que, havendo um inquérito em curso, não deveria tomar nenhuma ação que condicionasse o exercício das autoridades judiciárias e o funcionamento do Estado de Direito", acrescentou.

163 quilómetros por hora

As declarações de António Costa acontecem pouco depois de Eduardo Cabrita ter anunciado a decisão de abandonar o cargo, na sequência da dedução de acusação do Ministério Público contra o motorista do carro onde seguia e que atropelou mortalmente um trabalhador, imputando-lhe a prática de um crime de homicídio por negligência e de duas contraordenações.

De acordo com o despacho da acusação, a que o JN teve acesso e que nunca se refere a Eduardo Cabrita, o arguido Marco Pontes conduzia o veículo a 163 quilómetros por hora no momento do acidente, "em violação das regras de velocidade e circulação previstas no Código da Estrada e com inobservância das precauções exigidas pela prudência e cuidados impostos por aquelas regras de condução". Como resultado da conduta do arguido, o veículo embateu num trabalhador que atravessava a via, provocando-lhe lesões que determinaram a morte.

"QUEM O AVISA" SAIBA ONDE VÃO ESTAR OS RADARES EM DEZEMBRO

 


QUEM O AVISA. DEZEMBRO - OPERAÇÕES DE CONTROLO DE VELOCIDADE - RADAR


AÇORES

05/dez/21 07h00 Av. Natália Correia - São Pedro - Ponta Delgada

06/dez/21 15h00 Eixo Sul - Ponta Delgada

07/dez/21 15h00 Calhetas - Rabo de Peixe - Ribeira Grande

09/dez/21 07H00 ER - Santa Bárbara - Angra do Heroísmo

10/dez/21 08h00 ER 1 - Lajes do Pico - Lajes do Pico

15/dez/21 08h00 Av. 25 de Abril - Angústias - Horta

17/dez/21 08h00 ER 1 - freguesia das Bandeiras - Madalena do Pico

20/dez/21 07h00 ER 3 - São Roque - Ponta Delgada

21/dez/21 15h00 Rua São Gonçalo - S. Pedro - Ponta Delgada

22/dez/21 15h00 Av. Alberto I Príncipe do Mónaco - Ponta Delgada

23/dez/21 07H00 ER - Serretinha, freguesia da Feteira - Angra do Heroísmo


AVEIRO

03/dez/21 08H00 Av. Europa - Aveiro

09/dez/21 09H00 Av. 32 - Espinho

09/dez/21 14H00 Rua Cima de Vila - Ovar

10/dez/21 09H00 Rua Dr. Manuel Laranjeira - Santa Maria da Feira

10/dez/21 14H00 Av. da Liberdade - São João da Madeira

13/dez/21 08H00 Av. Universidade - Aveiro

14/dez/21 14H00 Av. Europa - Aveiro

20/dez/21 08H00 Av. Europa - Aveiro


BEJA

07/dez/21 09H00 Rua Francisco Miguel Duarte - Beja

14/dez/21 09H00 Rua Manuel Joaquim Delgado - Beja

21/dez/21 09H00 Rua Zeca Afonso - Beja

28/dez/21 09H00 Av. Salgueiro Maia - Beja


BRAGA

02/dez/21 14H30 Av. Rio de Janeiro - Guimarães

13/dez/21 08H00 Viaduto do Queimado - Barcelos

14/dez/21 14H30 Circular Urbana - Guimarães

15/dez/21 15H00 Av. Frei Bartolomeu Mártires - Braga

22/dez/21 14H30 Circular Urbana - Guimarães

29/dez/21 15H00 Variante do Cávado - Braga

29/dez/21 15H00 Variante EN 14 - V.N. de Famalicão


BRAGANÇA

03/dez/21 08H30 EN 15 - Mirandela

07/dez/21 08H30 EN 217 Samil - Bragança

21/dez/21 08H30 Av. Olimpio Guedes Andrade - Mirandela

28/dez/21 08H30 Rua de Vinhais - Bragança


CASTELO BRANCO

06/dez/21 10H00 Av. da Europa - Castelo Branco

27/dez/21 08H00 Alameda Pêro da Covilhã - Covilhã

28/dez/21 09H00 Av. Dia de Portugal - Castelo Branco

31/dez/21 08H00 Av. Cidade Rio de Janeiro - Covilhã


COIMBRA

02/dez/21 14H30 Av. Fernando Namora - Coimbra

07/dez/21 09H00 Av. da Lousã - Coimbra

15/dez/21 14H30 Av. Inês de Castro - Coimbra

21/dez/21 09H00 IC 2 - Banhos Secos (Sul/Norte) - Coimbra

23/dez/21 09H00 Rua da Boucinha/Vale Figueira - Coimbra

30/dez/21 09H00 Av. da Guarda Inglesa - Coimbra


ÉVORA

02/dez/21 09H00 EN 18 Bairro do Frei Aleixo - Évora

14/dez/21 09H00 Av. Lino de Carvalho - Évora

17/dez/21 09H00 EN 18 - Estremoz

20/dez/21 09H00 ER 114-A  Estrada de Arraiolos - Évora

29/dez/21 09H00 CM 1094 Estrada do Bairro de Almeirim - Évora


FARO

03/dez/21 09H00 Av. de Castro Marim - Vila Real de Santo António

09/dez/21 09H00 Prolongamento da Rua Almirante Cândido dos Reis - Tavira

14/dez/21 09H00 Av. V6 - Portimão

16/dez/21 10H00 Av. Fonte Coberta - Lagos

17/dez/21 09H00 Rua da Cruz Vermelha Portuguesa - Tavira

20/dez/21 09H00 Av. V6 - Portimão

21/dez/21 09H00 Av. de Castro Marim - Vila Real de Santo António

28/dez/21 09H30 Estrada Moinho da Palmeira - Faro


GUARDA

06/dez/21 08H00 Estrada Municipal 577 - Guarda

10/dez/21 08H00 Via Cintura Externa da Guarda

20/dez/21 08H00 Estrada Municipal 577 - Guarda

29/dez/21 14H00 Via Cintura Externa da Guarda

LISBOA

06/dez/21 14H00 Av. da Índia - Lisboa

09/dez/21 21H00 EN 10 (VFX/Alhandra) - Alhandra 

13/dez/21 09H00 Rua Almirante Gago Coutinho - Ramada

13/dez/21 14H00 Av. Nicolau Breyner - Loures

14/dez/21 09H00 Av. Marginal em Cascais

15/dez/21 14H30 R. Bica da Costa - Queluz

16/dez/21 07H00 Av. da República - Oeiras

16/dez/21 14H00 Av. Condes de Carnide - Lisboa

21/dez/21 14H00 Av. Calouste Gulbenkian - Lisboa

22/dez/21 08H00 Estrada dos Salgados - Amadora


MADEIRA

02/dez/21 08H00 Estrada Monumental - Funchal

06/dez/21 13H00 VR 1 (Este/Oeste) - Câmara de Lobos

06/dez/21 14H00 Rua da Ribeira de João Gomes - Funchal

13/dez/21 14H00 VR 1 - Caniço - Santa Cruz

15/dez/21 08H00 Caminho de Santa Quitéria - Funchal

20/dez/21 14H00 Estrada dos Marmeleiros com a Rua Cidade Santos - Funchal

27/dez/21 07H00 VE 4 - Meia Légua - Ribeira Brava


PORTALEGRE

03/dez/21 08H00 Av. do Dia de Portugal - Elvas

08/dez/21 15H00 EN 373 - Elvas

17/dez/21 08H00 Av. de Badajoz - Portalegre

29/dez/21 08H00 Av. de Badajoz - Portalegre


PORTO

02/dez/21 08H00 Rua Luís de Camões - Valbom - Gondomar

06/dez/21 20H00 Estrada da Circunvalação - 10012 - Porto

07/dez/21 14H00 Av. D. João II - Oliveira Douro

10/dez/21 08H00 EM 556 C/ Rua Gabriel Cardoso Miranda - Santo Tirso

13/dez/21 20H00 Estrada da Circunvalação - 10964 - Porto

15/dez/21 14H00 Rua Ribeiro Cambado - Valongo

17/dez/21 08H00 Estrada D. Miguel - Gondomar

20/dez/21 14H00 Estrada da Circunvalação - 14022 - Matosinhos

27/dez/21 08H00 Av. Dr. Antunes Guimarães - Leça da Palmeira

28/dez/21 14H00 Rua Gomes Amorim - A-Ver-Mar - Povoa Varzim

30/dez/21 08H00 Av. Marechal Gomes da Costa - Porto


SANTARÉM

03/dez/21 08H00 Av. dos Bombeiros Voluntários - Ourém

07/dez/21 08H00 Barreira Alva  - Torres Novas

07/dez/21 14H00 Av. D. Manuel I - Abrantes

10/dez/21 08H30 Rua Serpa Pinto - Cartaxo

13/dez/21 08H00 EN 110 - Alvito  - Tomar

18/dez/21 08H00 Circular Urbana (N/S) - Santarém

22/dez/21 08H00 Rua Eng. Ferreira Mesquita - Entroncamento


SETÚBAL

06/dez/21 15H00 Rua Capitães de Abril - Barreiro

16/dez/21 10H30 Av. 1º Dezembro 1640 - Seixal

20/dez/21 16H00 Estrada da Graça - Setúbal

30/dez/21 09H00 Estrada do Seixalinho - Montijo


VIANA DO CASTELO

03/dez/21 21H00 Av. do Meio - Viana do Castelo

20/dez/21 09H30 Rua Agostinho José Taveira - Ponte de Lima

28/dez/21 20H00 Av. 25 de Abril - Areosa - Viana do Castelo


VILA REAL

06/dez/21 14H00 Av. da Unesco - Vila Real

07/dez/21 14H00 Rua Rainha D. Mafalda - Chaves

16/dez/21 09H00 Av. Dr. Mário Soares - Chaves

20/dez/21 09H00 Rua Gaspar Sameiro - Vila Real

29/dez/21 14H00 Av. da Europa - Vila Real

30/dez/21 14H00 Rua da Paz - Chaves


VISEU

03/dez/21 14H00 Av. Dr. Alexandre Alves- Viseu

07/dez/21 08H30 Av. da Europa - Viseu

08/dez/21 10H00 Av. D. Egas Moniz - Lamego

13/dez/21 10H00 Av. D. Egas Moniz - Lamego

15/dez/21 08H30 Av. Prof. Reinaldo Cardoso - Viseu

28/dez/21 08H30 Av. Dr. Alexandre Alves - Viseu

TRÊS DOSES DA VACINA DA PFIZER SÃO EFICAZES CONTRA VARIANTE OMICRON

A vacina contra a covid-19 desenvolvida pelas empresas Pfizer e BioNTech "ainda é eficaz" contra a variante ómicron do vírus com &...