tradutor com bandeiras. Google Translate

segunda-feira, 5 de outubro de 2020

CRISE PODE DURAR ANOS MAS NÃO SERÁ RESOLVIDA COM DITADURAS DIZ MARCELO




Presidente da República deixa críticas a quem procura tirar proveito próprio de um estado excecionalmente difícil.

O Presidente da República pede convergência no essencial para superar a crise sanitária e economia no país.                                                                                                                                                     Marcelo Rebelo de Sousa deixou esta mensagem na cerimónia comemorativa do 110.º aniversário da Implantação da República, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, em Lisboa, defendendo que é preciso "continuar a compatibilizar a diversidade e o pluralismo com a unidade no essencial".

"O que nos diz este 5 de Outubro é que temos de continuar a resistir, a prevenir, a cuidar, a inovar, a agir em liberdade, a saber compatibilizar a diversidade com a convergência no essencial, a sobrepor o interesse coletivo aos meros interesses pessoais", afirmou.

No discurso do 5 de Outubro, Marcelo Rebelo de Sousa admite que o período de crise pode durar anos, mas garante que não será resolvido com ditaduras. Diz mesmo que não são a solução para esta crise e que as diferenças devem ser respeitadas.

"Temos de continuar a compatibilizar e vamos continuar a compatibilizar a diversidade e o pluralismo com a unidade no essencial."



 

Sem comentários:

"OS CIDADÃOS MUÇULMANOS NÃO SÃO PERSEGUIDOS" EM FRANÇA

  O principal interlocutor dos poderes públicos franceses para o Islão, Mohamed Moussaoui, considerou hoje que os muçulmanos em França "...