tradutor com bandeiras. Google Translate

terça-feira, 13 de outubro de 2020

SE TEM PRODUTOS DO IKEA QUE JÁ NÃO UTILIZA PODE VENDÊ-LOS À MARCA

 


Este ano a Black Friday vai ser diferente, pelo menos para a IKEA. A empresa lançou uma campanha, a partir da qual vai comprar de volta peças de mobiliário da marca aos seus clientes, para dar uma 'segunda vida' a estes produtos.

 "O objetivo é dar uma segunda vida e uma nova casa a estes produtos indesejados, com pouca utilidade ou que se tornaram irrelevantes, através do seu reaproveitamento para venda em segunda mão", refere a IKEA, em comunicado. 

Assim, a campanha #BuyBackFriday irá decorrer entre os dias 24 de novembro e 3 de dezembro, sendo que esta é uma das ações que o grupo está a implementar de modo a "transformar o seu negócio e a promover serviços circulares e de consumo sustentável, em parceria com os seus clientes".

Por cada venda, o cliente receberá um cartão presente IKEA que pode depois ser utilizado em qualquer loja IKEA Portugal no prazo de um ano da data da sua entrega.

"O valor de compra dependerá do tipo de artigo e do seu estado de conservação, podendo ir até 50% do preço original do produto. No período da campanha #BuyBackFriday, os membros IKEA Family que venderem os seus móveis IKEA, além do valor que lhes for atribuído, recebem ainda 50% adicional desse valor", sublinha a empresa. 

Sem comentários:

"OS CIDADÃOS MUÇULMANOS NÃO SÃO PERSEGUIDOS" EM FRANÇA

  O principal interlocutor dos poderes públicos franceses para o Islão, Mohamed Moussaoui, considerou hoje que os muçulmanos em França "...