google.com, pub-4886806822608283, DIRECT, f08c47fec0942fa0

tradutor com bandeiras. Google Translate

domingo, 8 de novembro de 2020

MELANIA VAI PEDIR O DIVÓRCIO A DONALD TRUMP

 


                         Deverá fazê-lo assim que sair da Casa Branca.

Donald Trump perdeu as eleições nas presidenciais norte-americanas e segundo a imprensa internacional poderá igualmente perder a mulher, Melania Trump. 

Tal como recorda o jornal britânico Daily Mail, a primeira-dama dos Estados Unidos não conseguiu conter as lágrimas - de desgosto - em 2016, quando Donald Trump foi então eleito presidente.

Ou seja, Melania viu-se obrigada a manter-se num relacionamento por causa desta conquista, mesmo estando contra a sua vontade. 

Mas agora, uma vez que o marido deixou de ser presidente, não tem mais nada que a prenda.

Segundo revelou a antiga assessora Omarosa Manigault Newman, o casamento de 15 anos terá terminado: "A Melania está a contar os minutos até ele deixar o cargo para que se possa divorciar", notou. "Se tentasse levar em frente a derradeira humilhação de sair enquanto ele estava a exercer, acabaria por ser punida", acrescentou. 

A mesma publicação adianta igualmente que a mulher de Trump já estará a pensar nos pormenores do divórcio. Isto, sabendo que teria de respeitar as condições impostas no acordo pré-nupcial. Uma delas deverá impedir que publique um livro ou dê entrevistas sobre o relacionamento, tal como aconteceu com Marla Maples, a segunda mulher de Trump. 

Importa notar que sempre existiram rumores que davam conta de que o casamento entre os dois estava a passar por vários problemas. Aliás, a falta de cumplicidade entre ambos foi visível em vários compromissos públicos, nos quais Melania se recusava a dar a mão ao marido.


Sem comentários:

FUNCIONÁRIO DE ISABEL II ADMITE ROUBO DE OBJETOS DO PALÁCIO DE BUCKINGHAM NO VALOR DE MAIS DE 100 MIL EUROS

Um funcionário da  rainha Isabel II  está em maus lençóis. Após ter sido acusado de roubo,  Adamo Canto  declarou-se culpado e admitiu ter r...