google.com, pub-4886806822608283, DIRECT, f08c47fec0942fa0

tradutor com bandeiras. Google Translate

terça-feira, 12 de janeiro de 2021

BOLSONARO DIZ QUE PREPARA DECRETOS PARA FACILITAR ACESSO A ARMAS DE FOGO


BRASÍLIA – O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira, 11, que prepara trĂȘs decretos para facilitar o acesso a armas de fogo a grupos de Colecionadores, Atiradores e Caçadores (CACs).

Ao conversar com apoiadores que o esperavam nas imediaçÔes do PalĂĄcio da Alvorada, Bolsonaro disse que houve crescimento recorde na venda de armamentos, mas destacou que a alta precisa ser mais robusta. “NĂłs batemos recorde o ano passado, em relação a 2019. Mais de 90% na venda de armas. EstĂĄ pouco ainda, tem que aumentar mais. O cidadĂŁo de bem, hĂĄ muito tempo, foi desarmado”, disse ele.

Segundo a PolĂ­cia Federal, 179.771 novas armas foram registradas no PaĂ­s no ano passado, o que representa aumento de 91% com relação ao nĂșmero de 2019.

O presidente foi questionado por um dos apoiadores sobre novos decretos de interesse dos CACs e respondeu que deve publicar as normas ainda nesta semana. “Tem trĂȘs decretos para sair. Acho que saem essa semana, dois ou trĂȘs decretos. Eu nĂŁo posso ir alĂ©m da lei, vai facilitar mais coisas para vocĂȘs”, afirmou.

Envolvido na disputa para emplacar aliados na eleição que vai renovar a cĂșpula do Congresso, em fevereiro, Bolsonaro levou o tema aos apoiadores. Disse que a tramitação do projeto que pretende aprovar sobre o tema dependerĂĄ do prĂłximo presidente da CĂąmara. Bolsonaro apoia a candidatura do deputado Arthur Lira (Progressistas-AL), chefe do CentrĂŁo. O principal adversĂĄrio de Lira Ă© Baleia Rossi (MDB-SP).

O presidente encerrou dizendo a um dos apoiadores que se apresentou como caminhoneiro que, se dependesse sĂł do chefe do Executivo, a categoria jĂĄ “teria porte de arma hĂĄ muito tempo”.

O vídeo com as declaraçÔes foi publicado em um canal bolsonarista no YouTube. Bolsonaro cumprimentou seguidores e posou para fotos com aliados e não tratou da covid-19 durante a interação, apesar de o País ter registrado mais de 200 mil mortes pela doença. Além disso, governo vem sendo criticado em relação à demora no início da vacinação. Ele e os apoiadores que aparecem na gravação não usavam måscaras.

O governo vem tomando uma série de medidas para ampliar o acesso de pessoas comuns a armas de fogo. Para o presidente, a população fica mais segura quando cidadãos estão armados.

Uma das providĂȘncias mais polĂȘmicas foi a revogação de trĂȘs portarias do ExĂ©rcito que, na prĂĄtica, dificultavam o acesso do crime organizado a muniçÔes e armamentos extraviados das forças policiais. Como mostrou o EstadĂŁo, a decisĂŁo foi tomada para atender a “administração pĂșblica e Ă s mĂ­dias sociais”.

Sem comentĂĄrios:

ATÉ AO FINAL DE FEVEREIRO PODEM MORRER MAIS SETE MIL PESSOAS EM PORTUGAL

Especialistas dizem que esta Ă© uma previsĂŁo otimista, que pode ser ultrapassada caso nĂŁo seja decretado um confinamento geral mais apertado....