google.com, pub-4886806822608283, DIRECT, f08c47fec0942fa0

tradutor com bandeiras. Google Translate

quinta-feira, 7 de janeiro de 2021

CONGRESSO CONFIRMA VITÓRIA DE BIDEN COM 306 VOTOS


O Congresso dos Estados Unidos ratificou esta quinta-feira a vitória de Joe Biden nas eleições presidenciais de novembro, na última etapa antes de ser empossado em 20 de janeiro.

O vice-presidente republicano, Mike Pence, validou o voto de 306 grandes eleitores a favor do democrata contra 232 para o presidente cessante, Donald Trump, no final de uma sessão das duas câmaras, marcada pela invasão de apoiantes de Trump e que semeou o caos no Capitólio, em Washington.

Este passo, uma simples formalidade no processo eleitoral, tornou-se uma revolta, "quase uma sedição", nas palavras de Joe Biden, quando apoiantes de Trump invadiram o Capitólio, interrompendo os debates de várias objeções aos resultados nos estados do Arizona, Pensilvânia, Geórgia, Michigan e Nevada, apresentadas pelos legisladores republicanos e todas rejeitadas.

De acordo com a lei norte-americana, para desencadear um debate e uma votação no Congresso sobre a possibilidade de recusar o resultado num estado é preciso contar com pelo menos um representante e um senador que apoiem a ideia.

Durante o cerco e a invasão do Capitólio, na quarta-feira, pelo menos quatro pessoas morreram, 14 polícias ficaram feridos, dois deles em estado grave, e foram efetuadas mais de meia centena de detenções, de acordo com a polícia local.

A presidente da Câmara de Washington, Muriel Bowser, prolongou o estado de emergência pública na capital por mais 15 dias, até depois da tomada de posse do presidente eleito, Joe Biden, agendada para 20 de janeiro.

Sem comentários:

QUATRO JOGADORES E PRESIDENTE DO PALMAS MORREM EM ACIDENTE AÉREO

      Piloto também não sobreviveu após queda e explosão da aeronave A queda de um avião de pequeno porte, logo após a decolagem, na manhã d...