google.com, pub-4886806822608283, DIRECT, f08c47fec0942fa0

tradutor com bandeiras. Google Translate

terça-feira, 5 de janeiro de 2021

FUNCIONÁRIOS DA SEGURANÇA SOCIAL GANHARAM UM MILHÃO DE EUROS EM BURLA COM IMIGRANTES


Cinco funcionários da Segurança Social são 23 dos arguidos que vão a julgamento, em Fevereiro de 2021, num processo de corrupção, em que só um destes funcionários, do Areeiro, em Lisboa, terá lucrado mais de 800 mil euros ao atribuir o número de segurança social a cidadãos oriundos sobretudo da Índia, Paquistão e Bangladesh.

De acordo com o Público, o Ministério Público acusa os cinco funcionários da Segurança Social obtiveram ganhos ilegais superiores a um milhão de euros, que defende que sejam declarados perdidos a favor do Estado.

Segundo o MP, o arguido que terá lucrado mais de 800 mil euros criou 4969 números de identificação da Segurança Social (NISS) para estrangeiros sem a devida documentação e a troco de dinheiro, entre 100 a 200 euros por cada número. Nas buscas à sua casa, em junho de 2017, a Polícia Judiciária encontrou 57.700 euros em dinheiro, escondidos (três maços de notas), no teto da casa de banho, cerca de 11.140 euros no carro e 1200 euros numa carteira.

Sem comentários:

HOTEL EM MESÃO FRIO PODE LEVAR O DOURO A PERDER ESTATUTO DE PATRIMÓNIO DA HUMANIDADE

Parecer técnico da Unesco abre caminho a uma futura exclusão do Douro vinhateiro do património mundial, devido a um hotel de cinco estrelas ...