google.com, pub-4886806822608283, DIRECT, f08c47fec0942fa0

tradutor com bandeiras. Google Translate

domingo, 10 de janeiro de 2021

PACTO DE CONFIANÇA NO NATAL NÃO FUNCIONOU E NÃO HÁ ALTERNATIVA AO CONFINAMENTO GERAL


O Presidente da República admitiu este sábado que o pacto de confiança com os portugueses "não funcionou", dado o agravamento da pandemia de covid-19 depois do Natal.

No debate frente a Ana Gomes para as Eleições Presidenciais, Marcelo Rebelo de Sousa foi mais assertivo em relação ao agravamento das medidas.

Não há alternativa ao confinamento geral", afirmou o Presidente recandidato, no dia em que o Governo avançou que o país vai entrar num novo confinamento na próxima semana.

Sobre as medidas pouco restritivas no Natal, Marcelo sublinhou que ouviu todos partidos sobre esse assunto e todos concordaram com o alívio, "alguns ainda" de forma mais "permissiva".

A decisão teve o efeito que teve. O pacto de confiança com os portugueses não funcionou, assumo a responsabilidade", admitiu.

Já sobre a possibilidade das escolas não fecharem portas num novo confinamento, o Presidente sublinhou que é o "grupo de menor risco", mas que ainda não está decidido que continuem abertas.

A situação nos lares de idosos foi também a debate, à qual Marcelo Rebelo de Sousa referiu que "a coordenação entre a saúde e a segurança social não correu bem" e sugeriu que tem havido "uma elevação das expectativas em relação à vacinação".

Na resposta à pandemia já disse que assumo a responsabilidade do que correu mal", reiterou Marcelo.

Sem comentários:

GOVERNO MEXEU COM HONRA DA CHINA E ISSO NÃO SAI DE GRAÇA, DIZ PROFESSOR SOBRE INSUMO DE VACINAS

Após dar o pontapé na campanha de  vacinação  no domingo passado, o Brasil agora se vê envolvido em dificuldades para conseguir manter o rit...