Translate

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2021

MATA MULHER LUSODESCENDENTE A TIRO E TENTA SUICIDAR-SE EM ESPANHA


Um homem matou a tiro a mulher, de origem portuguesa, nos arredores de Madrid, durante a madrugada de domingo. Este é, desde o início do ano, o segundo homicídio em contexto de violência doméstica a abalar a região.

Era cerca da 1 hora de domingo. O serviço de emergência recebeu várias chamadas a darem conta de uma agressão com arma de fogo contra uma mulher, numa rua do município de Majadahonda. O agressor, identificado apenas como J. A., cidadão espanhol, na casa dos 60 anos, tinha disparado uma bala contra o peito da mulher, Alicia, cerca de 10 anos mais nova. Os primeiros a chegar ao local foram os agentes da Polícia Municipal, que encontraram a mulher caída no chão, sem roupa e em paragem cardiorrespiratória, reportam o "El Mundo" e o "ABC".

As manobras de reanimação das equipas mobilizadas para o local não tiveram sucesso e Alicia, de uma família de origem portuguesa, viria a morrer cerca de uma hora depois, em consequência da perda de sangue sofrida. Além de ter assistido à morte da mãe, a filha do casal, de 22 anos, também foi atingida, tendo ficado com um ferimento ligeiro na perna.

Depois de ter atirado contra a mulher, o suspeito ter-se-á barricado na casa de ambos, tentando pôr termo à vida com três tiros da espingarda usada no crime. Está internado em estado grave no hospital.

Não havia queixas formais de maus-tratos, embora, diz o "El Mundo" com base nos testemunhos de vizinhos, a vítima já tivesse contado que era violentada pelo marido. De acordo com a imprensa espanhola, este homicídio foi o segundo em contexto de violência machista a registar-se na região de Madrid desde o início do ano.

Sem comentários:

TRUMP ADMITE VOLTAR A CANDIDATAR-SE À PRESIDÊNCIA DOS EUA

  Ex-Presidente norte-americano recusa-se a assumir a derrota nas eleições. O ex-Presidente norte-americano Donald Trump admitiu no domingo ...