Translate

segunda-feira, 31 de maio de 2021

JOVEM COZINHEIRA ESCREVE PEDIDO DE SOCORRO NUM GUARDANAPO


A funcionária enviou mensagem aos clientes denunciando que o chefe estaria a assediá-la e a tentar drogá-la.

Um casal foi surpreendido ao ver, no interior de um lanche que tinha encomendado, um guardanapo escrito com um pedido de socorro.

Uma funcionária pedia aos clientes que chamassem a polícia porque o patrão estava a assediá-la e a tentar drogá-la.

“Por favor, chame a polícia nesse endereço. Meu chefe está me assediando e está tentando me drogar. Sou cozinheira. Por favor, não é brincadeira”, pode ler-se no guardanapo.

O caso aconteceu esta sexta-feira, na cidade de Chapecó, no oeste do estado brasileiro de Santa Catarina.

O casal acabou por aceder ao pedido e chamar a polícia.

A funcionária, de 19 anos, denunciou às autoridades que o chefe, de 48, tentou agarrá-la durante o trabalho. Disse ainda que ele ofereceu-lhe 150 reais (23,50 euros) para que os dois mantivessem relações sexuais e propôs-lhe beber cocaína e vinho misturados, conta a Globo.

A Guarda Municipal realizou buscas e encontrou duas doses de cocaína.

O homem foi levado até à delegacia, onde foi registada a ocorrência, mas acabou por sair em liberdade. Vai ser aberto um inquérito para apurar o crime.

NOVO BANCO PASSA DE PREJUÍZOS A LUCROS DE 70,7 MILHÕES DE EUROS NO 1º TRIMESTRE


O Novo Banco teve lucros de 70,7 milhões de euros no primeiro trimestre, na primeira vez que apresenta resultados positivos e que comparam com prejuízos de 179,1 milhões de euros do mesmo trimestre de 2020.

A instituição considerou, nas contas divulgadas através da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), que os resultados mostram a "capacidade de geração de receitas apesar do atual contexto de pandemia".

Ainda nos primeiros três meses do ano, o banco constituiu 54,9 milhões de euros de imparidades para crédito, menos 60,5% do que no mesmo período de 2020. Do total de imparidades para crédito, 21,8 milhões de euros são imparidades para "riscos relacionados com a covid-19".

A semana passada, o ministro das Finanças disse que o Novo Banco deverá receber este ano mais 429 milhões de euros do Fundo de Resolução (FdR), ainda que abaixo dos 598 milhões de euros pedidos pelo Novo Banco. A validação final da injeção de capital ainda está a ser feita.

O Novo Banco nasceu em agosto de 2014 na resolução do Banco Espírito Santo (BES).

Em 2017, aquando da venda de 75% do banco à Lone Star, foi criado um mecanismo de capitalização contingente pelo qual o Fundo de Resolução se comprometeu a, até 2026, cobrir perdas com ativos tóxicos com que o Novo Banco ficou do BES até 3.890 milhões de euros.

O Novo Banco já consumiu até ao momento 2.976 milhões de euros de dinheiro público ao abrigo deste mecanismo de capitalização. Se a este valor se somarem os 429 milhões de euros referidos pelo ministro das Finanças, o Novo Banco passa a ter recebido 3.405 milhões de euros, ou seja, 87,5% do valor que estava previsto no mecanismo de capitalização.

FILHO DO BRASILEIRO WHINDERSSON NUNES MORRE DIAS APÓS O PARTO


O filho do brasileiro Whindersson Nunes morreu dois dias depois do parto, às 22 semanas de gestação.

Depois de no sábado o humorista ter anunciado o nascimento prematuro do primeiro filho, os representantes do youtuber confirmaram que o bebé, João Maria, morreu esta segunda-feira.

Whindersson Nunes partilhou no domingo nas redes sociais uma fotografia do recém-nascido, que se encontrava hospitalizado numa maternidade em São Paulo.

“Ontem conheci o meu filho e a primeira vez que encostei nele foi como se encostasse num pedaço de Deus. Há tanto tempo que não me sentia vivo. Até o pé é igual, mas ele é bem pequeninho porque veio um pouco antes do esperado”, pode ler-se na publicação.

“A mãe dele foi uma leoa. A natureza mostrou-me um lugar em que nunca estive, parado, e sem poder fazer nada, onde não tinha controle de nada, só ver ela passar por tudo aquilo que nós ouvimos falar todos os dias mas só passando mesmo para saber, obrigado por ser tão forte pelo meu maior presente”, acrescentou.

João Maria é o primeiro filho de Whindersson Nunes e Maria Lina.

ESCASSEZ DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO LEVA PREÇOS A DISPARAR 35%


As empresas de construção estão desde o início do ano a enfrentar uma escalada nos preços das matérias-primas, acima de 35% em alguns casos, situação que pode fazer disparar os custos das obras e, por consequência, das casas. A procura de materiais é elevada, mas bate-se com a escassez de oferta, o que está a provocar um efeito inflacionário.

Há falta de madeira para os trabalhos de carpintaria, de aço para a execução das estruturas dos edifícios, de PVC e alumínio para os tubos e janelas. O problema tem uma dimensão global. Em Portugal, as construtoras já admitem que, a manterem-se estas subidas, não será comportável assumirem o diferencial.

Tendência é para subir

Segundo Reis Campos, presidente da Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas (AICCOPN), os preços de referência do varão para betão, material essencial para as edificações, registaram já variações médias superiores a 35% devido à forte escalada nos mercados internacionais de matérias-primas. Aço, alumínio ou cobre "estão a atingir máximos históricos", sublinha. Este mês, o preço da tonelada de cobre em Londres aumentou 30% face ao início do ano.

O diretor-geral da gestora de obras GesConsult, Nuno Garcia, confirma que, desde janeiro, se verifica "um encarecimento progressivo de algumas matérias-primas, acentuado a partir de março, nomeadamente na madeira, aço e PVC, fruto de uma procura intensa não só da construção civil, mas de toda a indústria".

Segundo o gestor, as empresas estão a ser confrontadas com "uma subida de preços de entre 30% e 50%, com tendência para aumentar nos próximos meses". Os prazos das obras podem ficar comprometidos pelos atrasos nas entregas e os custos finais bastante inflacionados, frisa Nuno Garcia.

Atividade não parou

O setor da construção foi um dos poucos que se mantiveram ativos na pandemia. Como lembra Nuno Garcia, "o consumo de cimento aumentou 10,6% em 2020, uma percentagem que não se conhecia desde 2011". E já no 1.º trimestre do ano registou uma subida de 10,8% face ao homólogo.

Recorda que, logo no deflagrar da crise sanitária, as indústrias travaram a produção face à perspetiva de uma queda abrupta da procura, o stock foi consumido e, quando foi preciso repô-lo, os fabricantes ainda não estavam a trabalhar no ritmo normal.

Nuno Garcia admite que, a médio prazo, os preços dos materiais venham a sofrer um ajustamento em baixa, "mas não para os valores que tínhamos em janeiro deste ano". E lembra que os planos de recuperação e resiliência europeus poderão agravar a situação, uma vez que preveem apoios à construção de habitações, "que vão ficar mais caras".

José de Matos, secretário-geral da Associação Portuguesa dos Comerciantes de Materiais de Construção, defende que "ainda não é visível no mercado a falta" de produto, mas a "previsão é que essa situação venha a ocorrer nos próximos meses". Com a covid, muitas empresas fecharam ou reduziram a atividade em alguns mercados, o que contribuiu "para a escassez de determinados componentes, provocando atrasos na produção".

A bom ritmo

O último inquérito de conjuntura da APCMC, relativos ao 1.º trimestre de 2021, permitem concluir que 92,5% das empresas (armazenistas e retalhistas) consideram que o nível de atividade está bom ou satisfatório face aos últimos três meses de 2020.

Alta procura

O consumo de cimento em Portugal bateu um máximo mensal de 10 anos em março, aumentando 10,8% nos primeiros três meses, segundo a AICCOPN.

domingo, 30 de maio de 2021

VIDEO: MOMENTO ARREPIANTE NA INDY500: PNEU ACERTA NO CARRO DE CONOR DALY


                       Piloto norte-americano não ganhou para o susto.

Este domingo realizou-se uma das mais famosas corridas da América do Norte: as 500 milhas de Indianápolis. 

Uma corrida que ficou marcada por um incidente que terminou bem, graças à segurança oferecida pelos carros deste campeonato norte-americano. 

Depois de uma ida de Graham Rahal às boxes, o piloto da Rahal Letterman Lanigan Racing acabou por despistar-se por ter uma roda mal colocada no seu carro. O pneu ficou à solta em pista no traçado de Indianápolis e foi embater em Conor Daly. Felizmente, existe o Aeroscreen, recentemente implementado na IndyCar Series.

A viseira transparente em policarbonato, que foi introduzida em 2020, salvou o piloto norte-americano de ter um grave acidente. Fique com as imagens abaixo.

MULHER EXIGIU QUE MARIDO MATASSE JOVEM AO DESCOBRIR TRAIÇÃO


O Ministério Público do Brasil acusou um casal de matar uma jovem de 20 anos, com quem o suspeito manteve uma relação extraconjugal. Segundo a acusação, citada pelo G1, foi a mulher do suspeito que exigiu que este matasse Vitória, sendo essa a condição imposta para a continuidade da relação de ambos. 

O corpo da jovem foi encontrado carbonizado num bairro de Praia Grande, em São Paulo, no início de abril.

O suspeito, de 25 anos, era casado e mantinha um relacionamento com a vítima de quem ocultou o seu estado civil. 

De acordo com a acusação do Ministério Público, a morte da jovem foi premeditada pelo casal. Alegadamente, atraíram-na para um local afastado onde o homem a terá baleado na cabeça.

O casal voltaria ao local do crime para se desfazerem do telemóvel da vítima, momento em que decidiram atear fogo à jovem. 

Foram os familiares de Vitória que alertaram as autoridades para o seu desaparecimento. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o casal foi indiciado por feminicídio e ocultação de cadáver, estando ambos detidos preventivamente.

MILHÕES DE RATOS INVADEM AUSTRÁLIA. GOVERNO PREPARA EXTERMÍNIO SEM PRECEDENTES



Fogos de larga escala, inundações que ficam na memória, secas extremas e recorrentes e agora a Nova Gales do Sul, na Austrália, está a ser devastada por uma praga de ratos que o governo classificou como “absolutamente sem precedentes”.

Os principais estragos ocorrem durante a noite, quando milhões de roedores começam a surgir nas habitações provenientes de qualquer entrada possível. Os moradores acrescentam que parece que os tetos das casas ganham vida com o som que as patas dos animais fazem ao arranhar e raspar a infraestrutura. Há mesmo quem já culpabilize estes pequenos mamíferos por incêndios habitacionais, que terão sido provocados por curto-circuitos em cabos elétricos roídos.

Estamos numa situação crítica, se não reduzirmos significativamente o número de ratos até à primavera, vamos enfrentar uma crise económica e social sem precedentes nas áreas rurais da Nova Gales do Sul”, garante Adam Marshall, ministro da agricultura australiano.

Os agricultores que já avançaram com as plantações do próximo ano dizem que é como apostar na roleta russa.

O risco de que o a praga de ratos sobreviva ao inverno do hemisfério sul e acabe por devastar as colheitas de milho, cevada e canola é agora o principal medo destas zonas agrícolas da Nova Gales do Sul.

Simplesmente, plantámos e agora temos esperança”, afirmam.

As associações agrícolas australianas estimam que o elevado número de roedores provoque prejuízos superiores a mil milhões de dólares australianos, equivalente a cerca de 630 milhões de euros.

O plano de extermino já foi definido pelo governo da Austrália, que comprou cerca de cinco mil litros do veneno Bromadiolone à Índia (composto que era proibido no país). Contudo, o regulador ainda não aprovou que o químico começasse a ser aplicado.

Os críticos da solução extremada temem que o Bromadiolone mate não só a comunidade roedora, mas também animais que se alimentem destes ratos como águias ou animais de estimação.

Temos de recorrer a este plano, porque precisamos de algo equivalente a napalm que extermine os ratos até ao esquecimento”, explica o ministro da agricultura.

Durante o dia, a praga pode não parecer um problema de escala nacional, mas há noite o cenário é digno de um filme de terror. Os roedores multiplicam-se e surgem dos fardos de fenos, dos armazéns agrícolas, das habitações privadas, de qualquer lugar onde haja alimento para estes omnívoros que comem praticamente tudo. Aos primeiros raios de sol, os moradores depararam-se com milhares de ratos mortos, sobretudo, nas estradas pontilhadas por carcaças de animais que acabaram por ser atropelados.

Já o cheiro a urina e carne em putrefação é constante. Tanto de noite como dia, esta é mesmo uma das principais queixas da população.

Eles estão no sótão. Se a casa não estiver bem selada, surgem-nos na cama. Há pessoas a serem mordidas na própria cama”, diz Conn, um dos agricultores da região.

Há também quem garanta que numa única noite afogou propositadamente cerca de 7.500 ratos, mas a praga continua sem dar sinais de estar a diminuir.

Os depósitos de água também estão a ficar poluídos devido aos excrementos e cadáveres dos ratos.

Já há pessoas que estão a ficar doentes por culpa da água”, aponta Colin Tink, outro agricultor.

O investigador encarregue pelo governo australiano para encontrar soluções para a praga, Steve Henry, considera que é demasiado cedo para fazer qualquer tipo de previsão acerca dos danos sociais e económicos que os ratos estão a causar.

As pessoas estão cansadas de terem de lidar com os ratos”, avança o investigador.


VENDAS DE ARMAS NOS EUA ESTÃO A SUBIR NUM RITMO ALARMANTE

 


As vendas de armas nos Estados Unidos subiram 6,5% no ano passado, acelerando face ao crescimento de 5,3% registado em 2019, o que significa que há mais 17 milhões de norte-americanos armados.

De acordo com a agência espanhola de notícias, a Efe, que cita um estudo publicado no New York Times, as vendas de armas aceleraram desde o início da pandemia de covid-19, no princípio de 2020, com cerca de 20% das armas a serem adquiridas por pessoas que se estreiam como proprietários.

De acordo com as conclusões dos dados do estudo da Universidade Northeastern em colaboração com um centro de investigação de Harvard, isto significa que não só há mais armas, como há mais pessoas armadas.

Metade dos novos proprietários são mulheres, uma quinta parte são afro-americanos e outra quinta parte hispânicos, o que aponta para uma diversificação do perfil habitual do comprador de armas, que é homem e branco.

No total, estima-se que 39% das famílias nos Estados Unidos tenham pelo menos uma arma, acima dos 32% de 2016, aponta-se no estudo, que lembra que as vendas dispararam no início da pandemia de covid-19, com a verificação de antecedentes criminais um barómetro da compra de novas armas a chegar ao milhão por semana, o maior valor desde que se começaram a compilar os dados, em 1998.

Esta primavera, os números aumentaram para 1,2 milhões verificações de antecedentes criminais, de acordo com o FBI.

As vendas de armas estão a subir há anos nos Estados Unidos, havendo geralmente picos em anos de eleições ou depois de crimes mediáticos, mas os últimos dados apontam para um ritmo sem precedentes neste tipo de compras.

FALSOS RECENSEADORES TENTAM BURLAR EM ANTA E GUETIM


Duas mulheres têm contactado alguns idosos na União de Freguesias de Anta/Guetim, com o pretexto de estarem a efetuar os Censos. A Junta alerta para o facto de o recenseamento estar já concluído.

Ao JN, o autarca Nuno Almeida explica que a Junta de Freguesia "foi alertada para a presença de duas pessoas a fazerem-se passar por recenseadores dos Censos 2021, com o objetivo de entrar em casa dos cidadãos."

Diz que a situação já foi reportada às autoridades, que vão reforçar o patrulhamento e procurar evitar que a situação se repita.

"O recenseamento de Anta e de Guetim está concluído, com uma cobertura de 100% dos alojamentos, pelo que o trabalho dos recenseadores na rua está concluído", alerta.

"Se identificar algum comportamento suspeito, contacte de imediato as autoridades e, em caso algum permita a entrada de estranhos dentro da sua habitação", apela o autarca, referindo que, apesar das situações reportadas, não há registo de casos de burla, já que as pessoas contactadas estranharam o facto de terem de fornecer novamente os elementos necessários.

"Num caso disseram que a anterior recenseadora tinha sido despedida e que era necessário fazer tudo de novo", explicou Nuno Almeida.

As falsas recenseadoras têm também solicitado para entrarem dentro das habitações.

HOTEL DE 30 MILHÕES COM ROBÔS PARA SERVIÇO DE QUARTOS ABRIU NO PORTO ESTA SEXTA-FEIRA


O Porto ganhou um novo hotel esta sexta-feira com a inauguração do Yotel Porto, localizado na Rua de Gonçalo Cristóvão, perto da estação de Metro da Trindade. A unidade hoteleira de quatro estrelas conta com 150 quartos, um terraço, restaurante, espaços comuns para trabalhar e um ginásio.

O projeto representa um investimento de 30 milhões de euros por parte da United Investments Portugal (UIP) e aposta fortemente na componente tecnológica. A UIP, liderada por Carlos Leal, está integrada no Al-Bahar Investment Group e é proprietária do Pine Cliffs Resort, Sheraton Cascais Resort, Quinta Marques Gomes e Hyatt Regency Lisboa.

Assim, os hóspedes podem utilizar a aplicação (app) Yotel para fazer o check-in antecipadamente ou em quiosques self-service, bem como criar uma SmartKey nos smartphones. A app permite ainda alertar o pessoal do hotel se, por exemplo, é necessário limpeza adicional nos quartos e pode ser usada para controlar a iluminação e a televisão.

Alguns quartos selecionados contam com "uma SmartBed, uma cama completamente ajustável que permite poupar espaço", várias tomadas e pontos de carregamento de UBS, WiFi e Smart TVs de alta definição.


Mas um dos aspetos mais inovadores é o serviço de quartos efetuado por pequenos robôs que respondem a pedidos diversos, como a entrega de uma bebida ou toalhas extra.

"A abertura do primeiro Yotel na Península Ibérica após um período tão difícil para o setor é uma prova da dedicação da marca e o apoio e investimento contínuo da United Investments Portugal na indústria do turismo", refere o diretor-geral Nuno Godinho, citado em comunicado.

"Estou confiante que este hotel, com a sua visão inovadora e infraestrutura tecnológica, será um grande sucesso", acrescenta.

A marca Yotel está presente em cidades como Amesterdão, Boston, Dubai, Edimburgo, Glasgow, Istambul, Londres, Miami, Nova Iorque, Singapura, São Francisco e Washington.




VIDEO: MORREU PILOTO SUIÇO DE 19 ANOS QUE SOFREU ACIDENTE EM PROVA DE MOTO3


O piloto suíço Jason Dupasquier, de ascendência portuguesa, morreu. O jovem foi operado após um acidente sofrido, no sábado, na qualificação do Grande Prémio de Itália de Moto3, mas não resistiu aos ferimentos.

A morte do piloto de 19 anos foi confirmada este domingo.

Jason Dupasquier, de 19 anos, sofreu um acidente na qualificação, no sábado, que envolveu também o japonês Ayumu Sasaki e o espanhol Jeremy Alcoba, tendo sido assistido durante mais de 30 minutos na pista do circuito de Mugello, antes de ser transportado de helicóptero para o hospital Carregi, em Florença.

O piloto, que foi atingido por uma das motas após queda, foi submetido a uma cirurgia torácica durante a noite devido a uma lesão vascular. "As graves lesões cerebrais persistem. Ele continua nos cuidados intensivos em estado muito grave", tinha indicado esta manhã um porta-voz do hospital.

Dupasquier participava pelo segundo ano no Mundial de Moto3 do campeonato de motociclismo de velocidade. Era o 10.º classificado, com 27 pontos, após cinco corridas disputadas.


sábado, 29 de maio de 2021

CHELSEA VENCE MANCHESTER CITY E CONQUISTA LIGA DOS CAMPEÕES

 



O Chelsea venceu (1-0) o Manchester City, este sábado, no Estádio do Dragão, e conquistou a Liga dos Campeões pela segunda vez. Kai Havertz marcou o único golo do jogo, marcado pelas lesões de Thiago Silva e Kevin De Bruyne.

O Estádio do Dragão voltou a receber adeptos nas bancadas e voltou a pintar-se de azul graças a 14110 apoiantes, que deram um ambiente de casa cheia. No relvado, também não faltou espetáculo. De um lado, estava o Manchester City, campeão inglês, que procurava conquistar a primeira Liga dos Campeões. Do outro, o Chelsea, com uma época aquém do esperado mas que ainda podia ser salva com o título europeu. E foram mesmo os "blues" que acabaram por sorrir.

Naquela que foi a terceira final inteiramente inglesa da história, os portugueses Bernardo Silva, Rúben Dias e João Cancelo (que não jogou) tentavam aumentar para 15 o número de lusos que conseguiram erguer o troféu da Champions lista que tem nomes como Cristiano Ronaldo, Pepe, Paulo Sousa, Fábio Coentrão, Paulo Ferreira, Bosingwa, Raúl Meireles, Quaresma ou Figo mas acabaram mesmo por ver fugir a taça graças a Kai Havertz.

O alemão, que nunca tinha marcado na Champions, acabou por se estrear a marcar na melhor altura e ser o homem do jogo quando, aos 43 minutos, já depois de Thiago Silva ter saído por lesão, aproveitou um passe em profundidade de Mason Mount para bater Ederson.

Ainda antes do apito final, Kevin De Bruyne deixou o relvado em lágrimas após um choque com Rudiger. O belga ainda foi assistido e tentou regressar mas acabou por deixar o jogo, inconsolável.

O Chelsea conquistou, pela segunda vez, a Liga dos Campeões depois do sucesso em 2012 e da final perdida em 2008, tendo ainda no palmarés dois títulos na Liga Europa (2013 e 2019), dois na extinta Taça dos Clubes Vencedores de Taças (1971 e 1998) e uma Supertaça europeia (1998).

BORIS JOHNSON CASOU EM SEGREDO ESTE SÁBADO, DIZ IMPRENSA BRITÂNICA


O primeiro-ministro britânico terá casado, este sábado, com a companheira, Carrie Symonds, numa cerimónia secreta na Catedral de Westminster.

A notícia, que não mereceu comentários por parte do gabinete do chefe do Governo britânico, foi avançada pelos jornais "The Sun" e "Mail on Sunday", citados pela agência Reuters. Segundo ambas as publicações, os 30 convidados limite máximo no âmbito das restrições da pandemia foram convidados em cima da hora para a cerimónia, da qual nem os principais membros do gabinete do primeiro-ministro terão tido conhecimento.

A catedral católica foi repentinamente fechada às 13.30 horas. Meia hora depois, chegou de limusina a namorada de Boris Johnson, Carrie Symonds, com um longo vestido branco sem véu, escrevem os dois jornais britânicos. ​​​​​​​

Johnson, 56 anos, e Symonds, de 33, moram juntos em Downing Street desde que Johnson se tornou primeiro-ministro, em 2019. Em 2020, anunciaram que estavam noivos e que iam ser pais. O filho, Wilfred Lawrie Nicholas Johnson, viria a nascer em abril desse ano.

COVID-19 FOI "CRIADA" EM LABORATÓRIO NA CHINA, CONCLUEM CIENTISTAS EM IMPORTANTE DESCOBERTA


Em novo artigo científico de 22 páginas, publicado neste sábado (29), o cientista norueguês Dr. Birger Sørensen e o professor britânico Angus Dalgleish, concluiram que a Covid-19 ‘não tem ancestral natural confiável’ e que está ‘além de qualquer dúvida razoável’ de que o vírus foi criado por meio de ‘manipulação de laboratório’ na China.

O estudo, que deve ser publicado na revista científica Quarterly Review of Biophysics Discovery, está definido para fazer ondas entre a comunidade científica, já que a maioria dos especialistas negou veementemente até recentemente que as origens do COVID-19 não fossem uma infecção natural saltando de animais para humanos.

Enquanto analisavam amostras de COVID-19 no ano passado na tentativa de criar uma vacina, Dalgleish e Sørensen afirmam que descobriram ‘impressões digitais únicas’ no vírus que, segundo eles, só poderiam ter surgido da manipulação em um laboratório. Eles disseram que tentaram publicar suas descobertas, mas foram rejeitadas pelas principais revistas científicas que, na época, decidiram que o vírus passava naturalmente dos morcegos ou outros animais para os humanos.

Mais de um ano depois, importantes acadêmicos, políticos e a mídia finalmente mudaram de ideia e começaram a contemplar a possibilidade de o COVID-19 ter escapado do Instituto de Virologia de Wuhan na China um laboratório onde experimentos incluíam a manipulação de vírus para aumentar sua infecciosidade a fim de estudar seus efeitos potenciais em humanos.

O anúncio ocorreu após a revelação de que um relatório de inteligência anteriormente não divulgado foi feito à Casa Branca, alegando que vários pesquisadores do instituto Wuhan foram hospitalizados com doença em novembro de 2019. O documento foi descoberto esta semana pelo Wall Street Journal.

Autoridades de saúde dos EUA também foram criticadas por supostamente financiar experimentos controversos e arriscados de pesquisadores no laboratório de Wuhan.

Como teria de FATO originado a COVID-19?

No artigo de 22 páginas que será publicado na revista científica Quarterly Review of Biophysics Discovery, os cientistas descrevem sua ‘análise forense’ de meses de duração, olhando para os experimentos feitos no laboratório de Wuhan entre 2002 e 2019.

Vasculhando arquivos de periódicos e bancos de dados, Dalgleish e Sørensen juntaram como os cientistas chineses, alguns trabalhando em conjunto com universidades americanas, supostamente construíram as ferramentas para criar o coronavírus.

Muito do trabalho foi centrado em torno da polêmica pesquisa de ‘ganho de função’ temporariamente proibida nos Estados Unidos durante o governo Obama.

Ganho de função envolve ajustes de vírus que ocorrem naturalmente para torná-los mais infecciosos, de modo que possam se replicar em células humanas em um laboratório, permitindo que o efeito potencial do vírus em humanos seja estudado e melhor compreendido.

Dalgleish e Sørensen afirmam que os cientistas que trabalham em projetos de ganho de função pegaram uma ‘espinha dorsal’ de coronavírus natural encontrada em morcegos das cavernas chineses e uniram nela um novo ‘pico’, transformando-o no mortal e altamente transmissível SARS-Cov-2.

Um sinal revelador de suposta manipulação que os dois homens destacaram foi uma fileira de quatro aminoácidos que encontraram no pico SARS-Cov-2.

Em uma entrevista, Sørensen disse que todos os aminoácidos têm carga positiva, o que faz com que o vírus se adira firmemente às partes negativamente carregadas das células humanas como um ímã, tornando-se mais infeccioso.

Mas porque, como os ímãs, os aminoácidos carregados positivamente se repelem, é raro encontrar até três em uma linha em organismos que ocorrem naturalmente, enquanto quatro em uma linha é “extremamente improvável”, disse o cientista.

“As leis da física significam que você não pode ter quatro aminoácidos carregados positivamente em uma fileira. A única maneira de conseguir isso é fabricando-o artificialmente ‘, disse Dalgleish.

Seu novo artigo diz que essas características do SARS-Cov-2 são ‘impressões digitais únicas’ que são ‘indicativas de manipulação intencional’ e que ‘a probabilidade de ser o resultado de processos naturais é muito pequena.’

“Seria de se esperar que uma pandemia de vírus natural sofresse mutação gradual e se tornasse mais infecciosa, mas menos patogênica, o que muitos esperavam com a pandemia de COVID-19, mas que não parece ter acontecido”, escreveram os cientistas.

‘A implicação de nossa reconstrução histórica, postulamos agora além de qualquer dúvida razoável, do vírus quimérico propositalmente manipulado SARS-CoV-2 torna imperativo reconsiderar quais tipos de experimentos de ganho de função é moralmente aceitável empreender.

‘Devido ao amplo impacto social, essas decisões não podem ser deixadas apenas para cientistas pesquisadores.’

CAMIÃO ABANDONADO JUNTO AO SADO LEVANTA SUSPEITAS DE TRÁFICO DE DROGA


Um camião foi abandonado, esta madrugada de sábado, numa rampa utilizada por embarcações em Setúbal, junto ao rio Sado.

As autoridades acreditam que o camião tenha sido utilizado no tráfico de droga. A carga terá sido colocada numa embarcação rápida e os suspeitos fugiram.

Em outubro passado, um outro camião foi abandonado no mesmo local em circunstâncias idênticas sem que tivessem sido identificados os suspeitos.

JOVEM DESAPARECIDA HÁ DOIS ANOS ENCONTRADA ACIDENTALMENTE DEVIDO A LUZ DO CARRO AVARIADA


Uma adolescente alegadamente drogada e sequestrada pelo pai, no estado norte-americano do Tennessee, foi encontrada, esta sexta-feira, no estado do Alabama, depois de ter estado desaparecida quase dois anos.  

A descoberta acidental de Daphne Westbrook aconteceu na cidade de Samson, a 160 quilómetros do local onde foi originalmente dada como desaparecida, após a polícia ter mandado parar o carro que conduzia devido a um farol avariado.

De acordo com as autoridades, os polícias que a encontraram perceberam quem era a jovem no momento em que foram pesquisaram o nome da jovem nos computadores que trazem a bordo do veículo de patrulha. Segundo a jovem, Daphne estaria a dirigir-se para a praia com o seu cão no momento em que foi descoberta.

Parecia estar bem. Disse que estava a ir para a praia para se divertir. Ela disse que tinha acabado de fazer 18 anos e era uma pessoa livre”, relatou o chefe do departamento da polícia da cidade de Samsn, Jimmy Hill, em declarações ao site AL.com.

A jovem foi dada como desaparecida em Chattanooga, no estado do Tennessee, em outubro de 2019 e as autoridades dizem acreditar que o seu pai, John Westbrook, a deteve contra a sua vontade, mantendo a jovem sob o efeito de drogas.

A polícia garante que vai continuar as buscas por John Westbrook, na esperança de o conseguir levar à justiça. Quanto à jovem, as autoridades consideraram que esta “não se encontrava em perigo” e, por ser maior de idade, deixaram-na seguir em liberdade.

VIETNAME DETETA VARIANTE QUE MISTURA ESTIRPES INDIANA E BRITÂNICA


O ministro da Saúde do Vietname, Nguyen Thanh Long, anunciou, este sábado, a deteção no país de uma nova variante do vírus SARS-CoV-2 que mistura mutações originalmente detetadas na Índia e no Reino Unido.

"Mais especificamente, trata-se da variante indiana com mutações que originalmente pertencem à variante britânica", explicou o ministro, em declarações citadas por um meio de comunicação oficial.

A nova variante foi descoberta a partir da investigação da sequência do genoma do vírus em algumas novas infeções na Indochina, explicou o ministro, dizendo que ela pode ser mais infecciosa e resistente do que as variantes anteriores.

O Vietname registou a sua mais grave vaga de infeções nas últimas semanas, atingindo números recordes de novos casos diários, o que preocupa as autoridades, que até agora conseguiram conter a disseminação do novo coronavírus que provoca a doença covid-19.

Desde o início da quarta vaga, em 27 de abril, o Vietname registou cerca de 3.600 infeções na comunidade, para um total de 6.396 casos desde o início da pandemia, que provocaram 47 mortes.

O sucesso do Vietname na contenção da disseminação do vírus não foi replicado na campanha de vacinação, que está a avançar lentamente, com pouco mais de um milhão de vietnamitas inoculados, numa população de 96 milhões.

O regime comunista de Hanói limitou-se a apontar os problemas de abastecimento do mercado internacional para justificar a lentidão na compra de vacinas.

sexta-feira, 28 de maio de 2021

ASTRONAUTA ITALIANA VAI SER A PRIMEIRA MULHER EUROPEIA A COMANDAR ESTAÇÃO ESPACIAL


A astronauta italiana ​​​​​​​Samantha Cristoforetti será em 2022 a primeira mulher europeia a comandar a Estação Espacial Internacional (EEI), anunciou esta sexta-feira a Agência Espacial Europeia (ESA).

Segundo um comunicado da ESA, trata-se da segunda missão da astronauta na EEI ao serviço da ESA e "a sua experiência levará a tornar-se na primeira mulher europeia a comandar a Estação".

A ESA adianta que o papel atribuído a Samantha Cristoforetti que seguirá para a EEI em 2022 a bordo de uma nave da SpaceX com os astronautas norte-americanos Kjell Lindgren e Bob Hines resulta de um "acordo de princípio" estabelecido em 19 de maio pelos cinco parceiros da EEI (as agências espaciais europeia, americana, russa, japonesa e canadiana).

A data exata de lançamento da missão ainda está por definir.

Samantha Cristoforetti, de 44 anos, faz parte do corpo ativo de sete astronautas da ESA e é a única mulher, tendo sido selecionada na campanha de recrutamento de 2008-2009.

"Espero usar a minha experiência no espaço e na Terra para liderar uma equipa particularmente brilhante em órbita", afirmou a astronauta italiana, citada pela ESA, num comentário à sua nomeação como comandante da Estação Espacial Internacional em 2022.

Antes de Samantha Cristoforetti, a EEI apenas teve como comandantes quatro astronautas europeus, todos homens. O belga Frank De Winne foi o primeiro, em 2009.

A ESA tem em curso uma nova campanha de recrutamento de astronautas, com a qual pretende aumentar o número de mulheres no espaço e ter um efetivo reforçado para futuras missões à Lua ou mesmo a Marte.

Estão abertas vagas para quatro a seis astronautas permanentes e para 20 astronautas de reserva, incluindo pela primeira vez um astronauta com alguma deficiência física. O processo para a apresentação de candidaturas termina em 18 de junho e os "eleitos" deverão ser conhecidos em outubro do próximo ano.

A Estação Espacial Internacional é um laboratório científico e a "casa" de astronautas na órbita da Terra, de onde está a uma altitude de cerca de 400 quilómetros.

Samantha Cristoforetti foi a primeira pessoa a fazer um café expresso com "vista" para o planeta, na EEI, onde esteve pela primeira vez entre 2014 e 2015 (cerca de seis meses).

PADRE RECUSA FAZER FUNERAL DE IDOSA QUE NÃO PAGOU A CÔNGRUA


"Uma pessoa que representa a Igreja não pode ser assim", atira, revoltada, Emanuela Cerqueira, com as lágrimas nos olhos. "Dói-lhe" muito não ter conseguido fazer à avó a sua "velhinha" o funeral que ela queria.

Maria da Conceição Ferreira Maia morreu a 13 de maio em casa em Guilhabreu, Vila do Conde. O padre, Carlos Duarte, recusou fazer-lhe o funeral. Diz que a idosa não pagava a côngrua (donativo anual à Igreja), mas um diferendo antigo com o genro de Conceição faz, há mais de 50 anos, toda a família pagar as "favas".

"Disse-nos que não fazia o funeral, porque ela não pagava a côngrua. Explicamos-lhe que ela esteve anos e anos emigrada em França. Só estava a viver em Portugal com a minha prima desde 3 de maio. A minha prima tem a côngrua de 2020 paga 25 euros, mais 13,5 euros. Mostramos-lhe os recibos da paróquia e o atestado da junta. Insistiu que não fazia. Perguntamos se podíamos pedir a outro padre para fazer a cerimónia. Não deixou. Quisemos pagar o que fosse. Não aceitou", conta.

A revolta cresce quando explica as horas "com um corpo morto em casa", "a correr de lado para lado", porque o padre lhe "recusou a igreja".

A avó, devota de Nossa Senhora de Fátima, morreu precisamente a 13 de maio. A "coincidência" deixou a família ainda mais indignada por não lhe poder fazer o funeral religioso e "digno" que Maria da Conceição desejava.

Um diferendo com mais de cinco décadas

"O genro e a filha não pagam os direitos paroquiais e não estão nada ligados à igreja. Além disso, o sr. não respeita a vizinhança da igreja. Tem um terreno aqui mesmo, todo maltratado e com umas cruzes e uns sinais estranhos", afirmou, ao JN, o padre Carlos Duarte.

O pároco, de 92 anos, que está há 59 à frente da paróquia de S. Martinho, em Guilhabreu, admite que, por ali, "há outros casos" de quem "não frequenta a igreja e não paga os direitos". Admite o diferendo antigo com António Sousa (mais conhecido por Patrício) que já motivou, "inclusive, um processo judicial" e mais não diz.

Helena Arezes, mulher de António Sousa, diz que o "marido foi excomungado pelo padre quando tinha 12 anos". Volvidos 54 anos, a "guerra" continua.

A "gota de água" terá sido uma pequenina capela, erguida por António Azevedo (o Inácio), num terreno de Patrício, mesmo ao lado da igreja. Carlos Duarte não gostou. Diz ainda que o terreno, mesmo no sopé da igreja, "dá mau aspeto" e põe em perigo de derrocada o adro da igreja.

Emanuela só lamenta que "toda a família continue a pagar as favas", mais de cinco décadas depois. "Não fui batizada, porque o meu padrinho era o meu tio e o padre não deixou. Não fui aceite na catequese. O padrinho do filho mais velho da minha prima é S. Lázaro. O padre também não aceitou os padrinhos. Ela própria foi batizada numa freguesia vizinha. Não é justo!".

Diocese diz que a "côngrua não é obrigatória"

A diocese já recebeu a exposição da família e está a averiguar o caso. O padre Jorge Duarte diz que a recusa de um funeral pelo não pagamento é "desproporcional". Acredita que "há outras razões, que não o dinheiro" e esclarece: "A côngrua é um dever das pessoas. É a fonte de financiamento da maior parte das paróquias, sobretudo as mais rurais, mas é uma indicação. Não é obrigatória. Na minha paróquia (em Gaia), por exemplo, tenho 40 ou 50 famílias que pagam em 30 mil pessoas. A ser assim, não fazia nenhum funeral por ano".

A "indicação" é que cada paroquiano dê um dia de salário por ano para assegurar o salário do pároco e todas as despesas da paróquia.

"A Igreja recomenda justamente o contrário: a proximidade, o acompanhamento e a solidariedade de quem está a sofrer pela perda de um ente querido e não uma atitude de exclusão", disse, ao JN, o padre Jorge Duarte, da diocese do Porto.

PSP FALA EM "DISPOSITIVO APROPRIADO À SITUAÇÃO" PARA FINAL DA CHAMPIONS


Paula Penedo, comandante da Polícia de Segurança Pública (PSP) do Porto, considerou esta sexta-feira à tarde, em conferência de Imprensa, "apropriado" o dispositivo montado para a final da Liga dos Campeões, entre Manchester City e Chelsea, que trouxe milhares de adeptos dos dois clubes à cidade Invicta.

"Temos um dispositivo de segurança montado. Os ingleses que nos visitaram, quer sejam adeptos ou não, são livres de frequentarem as nossas esplanadas e é isso que temos visto. Há um acréscimo de ingleses porque vêm ver o jogo. mas tem tudo decorrido dentro da normalidade, frequentam as esplanadas e a cidade do Porto", anotou a comandante da PSP do Porto.

E prosseguiu: "É uma grande operação de segurança, neste momento temos como grande prioridade a segurança, a ordem pública e as regras covid-19. Sensibilizamos as pessoas para o fazerem, mas o facto de estarem a consumir, a comer ou a beber, podem não estar com máscara".

Paula Penedo não se mostrou surpreendida com a quantidade de britânicos que inundaram as ruas da Invicta e não grande relevo aos incidentes na noite anterior.

"Sabíamos o número de adeptos ingleses que iam chegar, temos isso previsto, temos o nosso policiamento adequado ao número de pessoas que nos vão visitar nestes dias. Ontem (quinta-feira) houve uma escaramuça, é verdade. Isso é inevitável e poderá acontecer, mas estamos preparados para isso, temos um forte dispositivo policial. Temos reforços de todo o país, inclusive da UEP, que veio reforçar o comando do Porto, temos a colaboração da Polícia Municipal do Porto. Estamos com um dispositivo apropriado a esta situação", salientou a responsável pelo Comando do Porto.

Por seu lado, Lysander Strong, da Polícia Metropolitana britânica, que viajou para o Porto a fim de acompanhar os adeptos, realçou que estes "tiveram de exibir testes PCR negativos para poderem entrar no avião e vir para Portugal".

"Vai haver ecrãs gigantes nas fan zones de cada clube para os simpatizantes que não tiverem bilhete poderem assistir à partida", acrescentou.

quarta-feira, 26 de maio de 2021

TENTOU ASSASSINAR HOMEM QUE JÁ BALEOU HÁ TRÊS ANOS


Foi condenado por tentar matar um indivíduo a tiro em 2019 e há poucos dias voltou-se a cruzar com a vítima na Praça dos Poveiros, no Porto, onde o reencontro acabou aos tiros. O agressor, de 22 anos, que estava com a pena suspensa, foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) do Porto. O Tribunal colocou-o em prisão domiciliária.

O caso aconteceu a meio da tarde do passado dia 18 de maio. O agressor, que tinha sido condenado a quatro anos e meio, com suspensão de pena, estava sentado numa esplanada.

A vítima, de 25 anos, que estava acompanhada da namorada e de uma amiga, avistou-o. Decidiu ir tirar satisfações. É que na altura do primeiro processo tinha passado mês e meio internado e terá ficado revoltado por o seu agressor ter beneficiado de uma suspensão de pena.

O reencontro terminou em pancadaria. Mas o agressor acabaria por sacar uma pistola. A vítima e as duas mulheres fugiram em direção a um parque de estacionamento situado nas imediações da Praça dos Poveiros. Entretanto, o indivíduo terá disparado vários tiros em direção às vítimas, sem nunca as atingir.

"Só não os atingindo por motivos alheios à sua vontade", adianta a PJ.

Mas o homem armado não demoveu e perseguiu as vítimas no interior no parque de estacionamento. Mas a chegada de várias pessoas levou o homem a desistir.

Entretanto, fugiu mas a investigação da PJ conseguiu localizá-lo e prendê-lo. Responde por tentativa de homicídio e posse de arma ilegal.

"VOCÊS LEVAM UMA BOMBA A BORDO": DISSE O CONTROLADOR AO PILOTO DA RYANAIR


A decisão de desviar o voo da Ryanair para a Bielorrússia não foi iniciativa do piloto mas da torre de controlo. É o que prova a transcrição de comunicações. Antes de declarar "mayday", o piloto perguntou várias vezes de onde vinha a informação.

O piloto da Ryanair que no domingo fazia o voo 4978, de Atenas, na Grécia, para Vilnius, na Lituânia, e foi obrigado a aterrar de emergência em Minsk, na Bielorrússia, questionou repetidamente a torre de controlo sobre a suposta ameaça de bomba. E perguntou várias vezes de onde vinha a informação. Só quando lhe disseram que "o código de alerta é vermelho" é que acedeu alterar a rota.

Nesse momento, já um avião de guerra Mig estava a escoltar o Boeing 737-8AS da Ryanair, um voo comercial que levava 171 passageiros a bordo, incluindo o jornalista de 26 anos Roman Protasevich.

Alegadamente, quatro agentes de segurança russos, também seguiam a bordo com a função de vigiar o jornalista. Quando o aparelho pousou em Minsk, as autoridades bielorrussas do KGB prenderam Roman, assim como a sua namorada russa Sofia Sapega, de 23 anos. Esta seria a verdadeira razão para o desvio do voo.

Mundo condena desvio

O grave incidente foi genericamente condenado no mundo ocidental, com os 27 países da União Europeia a decidirem sanções económicas, interdição de aviões bielorrussos no espaço europeu e de voos europeus na Bielorrússia. O ato foi mesmo considerado um "sequestro de Estado" e uma "ação de pirataria" que terá por detrás uma ordem direta do ditador Alexandre Lukashenko, de quem Roman Protasevich é um crítico ativo.

A transcrição divulgada pela Reuters difere de trechos anteriormente difundidos pela TV estatal da Bielorrússia, que atribuía alguns dos comentários do piloto ao controlador. O canal de televisão argumentou então que tinha sido o piloto a pedir para aterrar de emergência em Minsk, o que não se revelou ser verdade.

Leia a seguir excertos da transcrição das comunicações entre o controlador do voo e o piloto do avião Ryanair 4978.

"Vocês levam uma bomba a bordo"

Controlador: Minsk

Piloto: Sim, diga.

Controlador: Para seu conhecimento, temos informações de serviços especiais de que vocês levam uma bomba a bordo e pode ser ativada em Vilnius.

Piloto: Aguarde.

Piloto: OK. Pode repetir a mensagem?

Controlador: Repito, para seu conhecimento, temos informações de serviços especiais de que vocês levam uma bomba a bordo e pode ser ativada em Vilnius.

Piloto: Entendido. Aguarde.

Controlador: Por motivos de segurança, recomendamos que aterre no UMMS (código do aeroporto de Minsk).

Piloto: OK. Compreendido, dê-nos uma alternativa, por favor.

Piloto quer saber mais detalhes da bomba

Piloto: A bomba, a mensagem direta da bomba, de onde veio? De onde obtiveram essa informação?

Controlador: Aguarde, por favor.

Piloto: Diga.

Controlador: O pessoal da segurança do aeroporto informa que recebeu um e-mail.

Piloto: Entendido. Foi a equipa de segurança do aeroporto de Vilnius ou da Grécia?

Controlador: Este e-mail foi partilhado com vários aeroportos.

Piloto: Entendido. Aguarde.

Piloto: Mais uma vez, essa recomendação de desviar o voo para Minsk de onde veio? De onde veio? Da companhia? Das autoridades do aeroporto de partida ou das autoridades do aeroporto de chegada?

Controlador: Estas são as nossas recomendações.

Piloto: Pode repetir?

Controlador: Estas são as nossas recomendações.

Piloto: (impercetível).

Piloto: Disse que essa é a vossa recomendação?

Piloto concorda finalmente e aterra em Minsk

Controlador: Comunique a sua decisão, por favor.

Piloto: Preciso de resposta à pergunta. Qual é o código de alerta: (impercetível) verde, amarelo, âmbar ou vermelho?

Controlador: Aguarde.

Controlador: Eles dizem que o código de alerta é vermelho.

Piloto: Entendido, nesse caso solicitamos manutenção da posição atual.

Controlador: Entendido, mantenha a sua posição.

Piloto: OK, mantenho posição atual.

Piloto: Estamos a declarar uma emergência. MAYDAY, MAYDAY, MAYDAY RYR 1TZ. É nossa intenção desviar o voo para o aeroporto de Minsk.

Controlador: RYR 1TZ MAYDAY. Entendido. Aguarde instruções.

Jornalista continua detido

Após aterrar de emergência em Minsk, capital da Bielorrússia, o jornalista Roman Protasevich e a namorada Sofia Sapega saíram escoltados por quatro alegados agentes de segurança russos. Todos os outros passageiros e tripulantes foram evacuados, as bagagens retiradas e vistoriadas por polícias e cães. Só oito horas depois o voo Ryanair 4978 pôde seguir viagem em direção a Vilnius, na Lituânia.

Roman Protasevich continua detido em Minsk e poderá ser acusado de "crimes contra o Estado, terrorismo e organização de tumultos massivos". As penas pelos alegados crimes podem variar entre os 15 anos de prisão e a condenação à morte.

Na terça-feira, as autoridades bielorrussas divulgaram um vídeo em que Roman Protasevich admitirá ter participado em manifestações. O jornalista surge com ar deprimido, tem hematomas na cara e faltar-lhe-ão alguns dentes disse o seu pai, Dmitri Protasevich, que sublinha que o filho "falou sob coação" e que "está a ser torturado".

Sofia Sapega, namorada de Roman, também continua detida e é acusada de "crimes contra o Estado cometidos entre agosto e setembro de 2020", justamente quando eclodiram manifestações por toda a Bielorrússia, mas sobretudo na capital Minsk, contra Alexandre Lukashenko.

O presidente bielorrusso, que está no poder desde 1995 e é considerado, à luz dos países democráticos do ocidente, um ditador, terá cometido fraude nas eleições presidenciais, que diz ter vencido por mais de 80% dos votos.

VÍDEO: EXPLOSÃO EM PARQUE INDUSTRIAL NA ALEMANHA CAUSA UM MORTO E 16 FERIDOS

Pelo menos uma pessoa morreu, 16 ficaram feridas e cinco estão desaparecidas depois de uma explosão que ocorreu esta terça-feira num parque ...