Translate

segunda-feira, 14 de junho de 2021

BIDEN PEDE "TEMPO" PARA APAGAR RASTO POLÍTICO DE TRUMP


Durante a visita à Europa, as diferenças entre os dois Presidentes norte-americanos têm sido notórias.

Joe Biden diz que os Estados Unidos da América estão de regresso. O Presidente norte-americano foi a figura central da cimeira da NATO e as diferenças para o seu antecessor, Donald Trump, já saltam à vista.

Aos impacientes por mudanças rápidas na política externa, Joe Biden pede tempo. “120 dias, dê-me um desconto. Eu preciso de tempo”, respondeu aos jornalista que o questionava sobre as sanções da era Trump que ainda estão em vigor.

Em Bruxelas, os quatro anos da presidência de Trump ainda estão frescos: as críticas desabridas aos aliados e as exigências em aumentar o orçamento militar para 4% do PIB. E ainda a foto de família, em que Trump fez questão de ficar à frente.

Na cimeira da NATO, o Presidente usou um tom conciliador para tentar a união dos 30 países contra a China e a Rússia, consideradas por Washington as duas maiores ameaças ao equilíbrio mundial.

Também na cimeira do G7, Biden marcou as mudanças no comportamento e tentou apagar o fogo das guerras comerciais abertas pelo antecessor aos produtos europeus e ao aço chinês.

Mas as comparações são inevitáveis nos encontro protocolares com a Rainha de Inglaterra. Biden foi um presidente respeitoso que se encontrou com a soberana britânica e, no final, não resistiu a fazer uma comparação com a própria mãe.

 Trump falhou nos protocolos de Buckingham: começou por chegar atrasado, ficou mais tempo que o previsto no chá marcado para o castelo de Windsor e andou à frente e não ao lado da rainha na revista à Guarda Real.

Donald Trump, que celebrou 75 anos esta semana, mantém a promessa de voltar a luta nas Presidenciais de 2024. Por outro lado, Joe Biden faz questão de cumprir promessas eleitorais e apagar o rasto político do anterior ocupante da Casa Branca.

Sem comentários:

ISABEL DOS SANTOS AFASTADA DA GALP POR UM TRIBUNAL ARBITRAL DA HOLANDA

Ações que saem da mão de Isabel dos Santos têm um valor que ronda os 700 milhões de dólares. De acordo com um comunicado da Sonangol, o trib...