Translate

domingo, 6 de junho de 2021

FRANÇA VOLTA A SER LIVRE PARA TODOS


A França vai abrir totalmente as suas fronteiras para residentes da União Europeia (UE) já a partir desta quarta-feira, 9 de junho.

Apenas os viajantes vacinados provenientes da Grã-Bretanha e dos Estados Unidos precisarão de um teste de covid negativo para entrar no país. Quem for cidadão da UE está dispensado de tal formalidade se tiver a vacinação completa.

As medidas fazem parte dos planos de França para começar a facilitar os controlos de fronteira e ajudar a indústria do turismo.

“Temos que conciliar a liberdade de mobilidade com a necessidade de segurança”, reforçou o ministro do Turismo, Jean-Baptiste Lemoyne, em declarações à estação de televisão BFM. “Nada seria pior do que entrar em mais uma onda de covid porque não fomos cuidadosos o suficiente”, alertou.

A notícia da reabertura das fronteiras é um alívio para o setor de turismo, que teme que os testes de coronavírus, gratuitos em França mas que podem custar 100 euros ou mais noutros países, possam dissuadir os visitantes estrangeiros.

A partir de 1 de julho, a França reconhecerá o passaporte sanitário europeu, que comprova a inoculação contra o coronavírus e permite viagens dentro da UE.

Recentemente, Paris anunciou que pretende implementar o uso do documento antes mesmo dos restantes parceiros da União Europeia.

Para pessoas não vacinadas que vêm de zonas laranja, apenas viagens essenciais, como emergências médicas ou familiares, serão permitidas, disse o Governo francês.

Os viajantes desses países precisarão fornecer testes de covid-19 negativos, vacinados ou não, e deverão ficar em quarentena de sete a dez dias à chegada a França.

Sem comentários:

RICARDO SALGADO PROPÕE PAGAR 11 MILHÕES DE EUROS PARA ARQUIVAR O PROCESSO

Ricardo Salgado está disposto a pagar para que seja arquivado o processo que teve origem na Operação Marquês e que o vai levar a julgamento ...