Translate

sexta-feira, 4 de junho de 2021

HOMEM DAVA COMPRIMIDOS À ENTEADA DE SETE ANOS PARA ABUSAR DELA


Um indivíduo, de 39 anos, foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) de Lisboa por suspeitas de ter abusado da enteada, então com sete anos, a quem dava comprimidos para a deixar sonolenta.

De acordo com informações reunidas pelo JN, os abusos aconteceram em Cascais, durante dois anos, entre 2016 e 2018. O indivíduo começou a viver com a mãe da criança quando esta era ainda bebé.

Da relação, nasceu outra criança, mas entretanto, o casal separou-se e a regulação do poder paternal ditou uma guarda partilhada da filha de ambos.

Sempre que a meia-irmã ia ver o pai, a vítima também o visitava. Tinha sido ele quem a criara e era a ele que a criança chamava pai.

A enteada começou a ser abusada quando tinha sete anos. Para não encontrar obstáculos, o padrasto administrava sedativos à menor. Ao fim de cerca de dois anos, a vítima disse à mãe que não queria mais visitar o padrasto e a mulher desconfiou. A criança acabou por denunciá-lo, mas o indivíduo negou e ninguém informou as autoridades.

A filha de ambos continuou a viver alternadamente em casa do pai. Mas, recentemente, o indivíduo começou a dar-lhe os mesmos medicamentos que administrava à enteada.

A criança denunciou esse facto na escola e à mãe. Com receio de que pudesse sofrer os mesmos abusos que a meia-irmã, o caso foi comunicado à PJ.

Foram reunidas provas suficientes para o deter e para que o tribunal o colocasse em prisão preventiva.

Sem comentários:

RICARDO SALGADO PROPÕE PAGAR 11 MILHÕES DE EUROS PARA ARQUIVAR O PROCESSO

Ricardo Salgado está disposto a pagar para que seja arquivado o processo que teve origem na Operação Marquês e que o vai levar a julgamento ...