Translate

quinta-feira, 8 de julho de 2021

PORTUGAL TEM O SEXTO PASSAPORTE MAIS FORTE DO MUNDO


O passaporte português ocupa a sexta posição do Henley Passport Index, divulgado pela agência Bloomberg.

O ranking compara o acesso de 199 passaportes a 227 destinos, em termos necessidade ou não de um visto prévio.

No grupo de Portugal estão Suécia, França, Holanda e Irlanda, cujos passaportes permitem a entrada sem visto em 188 destinos.

A lista tem o Japão isolado no primeiro lugar, com 193 destinos, seguido por Singapura (192) e Coreia do Sul e Alemanha (191).

Os europeus Itália, Finlândia, Espanha e Luxemburgo, com 190 destinos, ocupam o quarto lugar e mesmo antes de Portugal surge o par Dinamarca e Áustria, com 189.

A seguir ao grupo de Portugal, aparecem Bélgica, Nova Zelândia, Suíça, Reino Unido e EUA.

Os últimos lugares são ocupados por Síria (114.º), com 29 destinos, Iraque (115.º), com 28, e Afeganistão, com 26.

Henley Passport Index é produzido pela firma de advocacia Henley & Partners, que define a sua atividade como a de “planeamento de residência e cidadania”, com base em informação fornecida pela Associação Internacional do Transporte Aéreo.

O presidente executivo da Henley & Partners, Juerg Steffen, lembra que “a pandemia corroeu a força dos passaportes premium.” Tudo devido às várias limitações à circulação internacional.

Juerg Steffen dá o exemplo do Japão, cujo passaporte só é admitido sem vistos prévios em 80 destinos, ao nível do passaporte saudita, ocupa o 71º lugar no ranking sem influência do coronavírus.

O mesmo acontece com o passaporte francês, que só tem entrada livre em 82 destinos, ao nível do documento da Papua Nova-Guiné.

Pior surge a Alemanha, cujos nacionais não precisam de visto de facto só em 81 destinos.

Sem comentários:

ISABEL DOS SANTOS AFASTADA DA GALP POR UM TRIBUNAL ARBITRAL DA HOLANDA

Ações que saem da mão de Isabel dos Santos têm um valor que ronda os 700 milhões de dólares. De acordo com um comunicado da Sonangol, o trib...