Translate

sexta-feira, 16 de julho de 2021

VIDEO: TVI APANHA MINISTRO DO AMBIENTE A 200 KM/H NA A2


Segunda-feira, 5 de julho, 15:30. Este é um dos casos em que as imagens falam por si. Num BMW Série 5 de 2021 seguia o ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, quase a 160 km/h na estrada nacional, com o piso em mau estado, que dá acesso à A2, à saída de Beja.

O limite máximo permitido nesta estrada, por estar fora das localidades, é de 90 km/h. Significa isto que estamos perante uma contraordenação grave, perda de dois pontos na carta de condução e uma coima entre os 120 e os 600 euros.

Mais à frente, e já na auto-estrada, a aceleração é evidente. Primeiro, nos 170, depois nos 190 e, finalmente, o carro que leva o ministro do Ambiente atinge os 200 km/h e assim permanece durante vários quilómetros.

Numa situação normal, esta infração muito grave prevê a perda da carta de condução por um período mínimo de dois meses e máximo de dois anos, a perda de 4 pontos da carta e ainda uma coima entre os 300 e os 1.500 euros.

Só depois de quase uma hora a infringir o código da estrada, e já a 200 km/h, é que o motorista liga as luzes para assinalar marcha de urgência, sem qualquer justificação. Afinal, é apenas um ministro a sair de um evento e a regressar a Lisboa onde já não tinha qualquer agenda. Ou seja, Matos Fernandes não ia em qualquer serviço urgente de interesse público, como prevê a lei para casos excecionais.

Marcou presença num evento para assinalar a reabilitação da Estação de Tratamento de Águas (ETA) do Roxo, em Aljustrel, nessa segunda-feira. O BMW Série 5 deste ano, cuja versão mais básica começa nos 60 mil euros, é conduzido pelo motorista do gabinete do ministro.

Contactado pela TVI, o Matos Fernandes disse que não tem memória de ter andado a 200 km/h na auto-estrada e a 160 na nacional.

Não tenho qualquer memória de os factos relatados terem sucedido. Se forem verdade, não deveriam ter acontecido e nunca deles me apercebi. Reconheço que, por vezes, e com a sinalização de emergência ligada, sei que os limites de velocidade são ultrapassados, apenas por razões de trabalho e para não chegar tarde a compromissos profissionais. Comprometo-me a estar mais atento em situações futuras."

João Pedro Matos Fernandes disse ainda que tem um excelente motorista profissional, que já vem de outros governos.

Sem comentários:

JOVEM QUE MATOU OITO PESSOAS EM TRÊS SPAS ASIÁTICOS CONDENADO A PRISÃO PERPÉTUA

Um homem acusado de matar oito pessoas, a maioria mulheres de ascendência asiática, em salões de massagens na área de Atlanta, nos EUA, decl...