Translate

domingo, 24 de outubro de 2021

SALÁRIO MÍNIMO, PENSÕES E CRECHES: AS CEDÊNCIAS DO GOVERNO À ESQUERDA


Comissão Política do PS acredita que na aprovação do Orçamento do Estado.  

O primeiro-ministro anunciou na sexta-feira à noite, na Comissão Política do PS, um conjunto de medidas para acrescentar à proposta do Orçamento do Estado para 2022.

Entre as cedências à Esquerda do Governo estão o aumento do salário mínimo, um novo aumento das pensões e creches gratuitas.

A nível laboral, o secretário-geral do PS quer aumentar a renumeração do trabalho suplementar e incentivar a contratação coletiva.

No salário mínimo, quer chegar aos 705 euros em 2022, aos 750 em 2023 e aos 850 em 2025.

Nas pensões, a Comissão Política do PS comprometeu-se, por escrito, a um aumento extraordinário das pensões até ao valor de 1.097 euros a partir de janeiro e a aumentar o mínimo de existência em 200 euros.

Na saúde, a ideia é criar a carreira de Técnico Auxiliar de Saúde e um regime de dedicação plena para médicos do Serviço Nacional de Saúde.

O Governo quer ainda aumentar do mínimo de existência em 200 euros e creches gratuitas em 2022 para o primeiro ano.

Sem comentários:

TRÊS DOSES DA VACINA DA PFIZER SÃO EFICAZES CONTRA VARIANTE OMICRON

A vacina contra a covid-19 desenvolvida pelas empresas Pfizer e BioNTech "ainda é eficaz" contra a variante ómicron do vírus com &...