Translate

terça-feira, 23 de novembro de 2021

NATO E ALIADOS CORREM CONTRA O TEMPO PARA RECUPERAR CAÇA SUPERSÓNICO ANTES DA RÚSSIA


 EUA, Reino Unido e NATO querem garantir que a Rússia não deita mão aos destroços de um caça supersónico, que caiu no Mar Mediterrâneo. A NATO receia que Moscovo possa chegar primeiro e apoderar-se da tecnologia do F-35B, apesar de dizer o contrário.

"Não estamos preocupados porque estamos a trabalhar nisso neste momento. Houve preocupação quando o avião caiu, mas o piloto está seguro e isso é o mais importante", acrescentou o comandante-adjunto supremo das forças da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO). O general Tim Radford não quis revelar aos jornalistas, que estão a bordo do porta-aviões, mais detalhes sobre a operação de salvamento.

 

Vamos recuperá-lo primeiro (do que a Rússia), garanto-vos”, disse o general Simon Doran, o mais alto graduado americano a bordo do porta-aviões britânico.

O piloto do caça, que opera no maior porta-aviões do Reino Unido, conseguiu ejetar-se e voltar ao navio em segurança.

“Incidente verdadeiramente lamentável”

jato F-35B suscita muita curiosidade e cobiça. Variante da quinta geração de F-35, este modelo é capaz de fazer uma aterragem vertical e uma descolagem curta. Fabricado pela americana Lockheed Martin, o F35-B é dotado da tecnologia Stealth, cujo material especial na fuselagem e formato assimétrico para absorver ondas de radar ou refleti-las, permite que o avião opere em espaço aéreo hostil sem ser detetado pelo inimigo.

Por estes motivos, a perda de um F-35B é um “incidente verdadeiramente lamentável, um revés”, admitiu Steven Moorhouse, que chefia um dos nove navios no Mediterrâneo, acrescentando que “a fiabilidade deste aparelho e a nossa confiança nele e no projeto estão intactas”.

O Reino Unido tem 21 destes caças furtivos, a maior parte destinados aos porta-aviões HMS Queen Elizabeth e HMS Prince-of-Wales.

Por “razões operacionais”, a visita do príncipe Carlos ao porta-aviões, que estava próximo de Alexandria, no Egito, prevista para a passada sexta-feira, foi cancelada.

Sem comentários:

COSTA ACEITA PEDIDO DE DEMISSÃO DE CABRITA: "RESPEITOU O TEMPO DA JUSTIÇA"

António Costa aceitou a demissão de Eduardo Cabrita e aponta para os próximos dias a indicação de um substituto. O primeiro-ministro aceitou...