Translate

terça-feira, 23 de novembro de 2021

PASTILHA ELÁSTICA PODE REDUZIR PROPAGAÇÃO DA COVID-19?


É o que sugere um estudo feito por um grupo de investigadores da Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos.

Uma pastilha elástica experimental com uma proteína que retém partículas de Covid-19 pode reduzir a propagação da SARS-CoV-2 ao reduzir a carga viral na saliva. Esta é a convicção de um estudo feito por um grupo de investigadores da Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, publicado na revista científica Molecular Therapy e citado pela Reuters.

A pastilha elástica, de sabor totalmente convencional, tem uma proteína (ACE2), que se encontra na superfície das células, que o vírus utiliza para invadir as células e, de seguida, infetá-las. 

Em experiências em laboratório usando amostras de saliva retiradas das zaragatoas realizadas a indivíduos infetados, os investigadores verificaram que as partículas do vírus se ligaram aos recetores ACE2 na pastilha elástica. Isso fez com que a carga viral nas amostras tenha caído mais de 95%.

Os investigadores garantem que a pastilha pode ser armazenada a temperatura ambiente durante anos e que o ato de mascar não danifica as moléculas da proteína ACE2.

Sem comentários:

COSTA ACEITA PEDIDO DE DEMISSÃO DE CABRITA: "RESPEITOU O TEMPO DA JUSTIÇA"

António Costa aceitou a demissão de Eduardo Cabrita e aponta para os próximos dias a indicação de um substituto. O primeiro-ministro aceitou...