Translate

quinta-feira, 28 de abril de 2022

ENERGÉTICAS EUROPEIAS PREPARAM-SE PARA CEDER ÀS EXIGÊNCIAS DE PUTIN


Algumas das maiores empresas energéticas da União Europeia (UE) estão a preparar um novo sistema de pagamento do gás russo, por forma a cumprirem as exigências do Kremlin e conseguirem pagar em rublos, noticia o "Financial Times".

Os críticos dizem que esta atitude vai prejudicar o efeito das sanções da UE, ameaçar a unidade do bloco e entregar milhares de milhões em dinheiro à Rússia.

Segundo o jornal, distribuidores de gás na Alemanha, Áustria, Hungria e Eslováquia planeiam abrir contas em rublos no Gazprombank na Suíça para satisfazer a exigência russa. Entre eles encontram-se dois dos maiores importadores de gás russo: Uniper, com sede em Düsseldorf, e OMV, com sede em Viena.

A italiana Eni, outro grande cliente da Gazprom, está ainda a avaliar as suas opções, uma vez que tem até ao final de maio para fazer o seu pagamento.

Os preparativos seguem a suspensão de entregas de gás por parte da Gazprom para a Polónia e Bulgária por não terem feito o pagamento em rublos.

A UE tem tentado contrariar as exigências de Vladimir Putin, presidente russo. “É importante preservar a unidade da UE nesse sentido e, como disse a presidente von der Leyen, não devemos ceder a esse tipo de chantagem”, disse Valdis Dombrovskis, vice-presidente executivo da Comissão Europeia.

Sem comentários:

RÚSSIA FAZ NOVA AMEAÇA NUCLEAR: KREMLIN ADMITE LANÇAR O MÍSSIL BALÍSTICO INTERCONTINENTAL "SATAN II"

leksey Zhuravlyov, deputado da Duma (câmara baixa do parlamento), fez uma nova ameaça nuclear contra o ocidente. Zhuravlyov foi entrevistado...