Translate

Mostrar mensagens com a etiqueta BANCA. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta BANCA. Mostrar todas as mensagens

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2021

QUATRO BANCOS PORTUGUESES SOMAM LUCROS SUPERIORES A MIL MILHÕES DE EUROS


Instituições reforçaram provisões em 1300 milhões para enfrentar eventuais perdas futuras.

Num ano marcado pela pandemia, quatro dos maiores bancos em Portugal lucraram mais de 1100 milhões de euros. Trata-se de uma quebra de 813 milhões de euros face aos resultados alcançados em 2019. Nesse ano, os quatro bancos - Caixa Geral de Depósitos, Millennium bcp, Banco BPI e Santander - lucraram quase 2000 milhões de euros.

Por detrás da quebra nos lucros em 2020 estão provisões totais de 1300 milhões de euros que os bancos constituíram para fazer face a eventuais perdas futuras, nomeadamente as relacionadas com créditos de clientes. "Continuamos sem ter visibilidade sobre a profundidade e duração desta crise", disse ontem Miguel Maya, presidente-executivo do BCP, na divulgação dos resultados anuais do banco.

O FIM DAS MORATÓRIAS

Os quatro bancos registam mais de 20 mil milhões de euros em moratórias ativas. Grande parte termina em setembro, mês em que acaba o prazo da moratória pública. Analistas temem que nessa altura possa disparar o nível de crédito malparado na Banca. "Estou preocupado. O mais importante vai ser o que vai acontecer a partir de março", disse Filipe Garcia, economista da IMF - Informação de Mercados Financeiros. Os clientes têm até ao fim de março para aderir a moratórias no crédito. Mas algumas moratórias de clientes começam a vencer. Os banqueiros têm defendido medidas para ajudar as empresas e famílias que não consigam retomar os pagamentos das respetivas prestações do crédito quando terminar o prazo das suas moratórias.

Uma das dúvidas é se as almofadas que os bancos estão a pôr de lado serão suficientes para cobrir eventuais perdas com incumprimento de clientes.

Menos 90 balcões e saída de 926 funcionários

No total, os quatro bancos que já apresentaram as contas anuais cortaram 926 postos de trabalho em termos líquidos, em 2020, e fecharam 90 agências bancárias. O BPI foi o que fechou mais balcões (55). Seguiu-se o BCP (27) e a Caixa (8). O banco público foi o que perdeu mais trabalhadores em 2020, com a saída de 517, em termos líquidos. O BPI perdeu 218 e o BCP 191 funcionários.

EXTRADITADO PARA CABO VERDE HOMEM QUE MATOU AGENTE DA PSP EM 2005 NA AMADORA

O cidadão cabo-verdiano cumpriu em Portugal 17 dos 23 anos de prisão a que tinha sido condenado pelo homicídio de Irineu Diniz. O homem que ...