Translate

Mostrar mensagens com a etiqueta BENFICA. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta BENFICA. Mostrar todas as mensagens

domingo, 13 de dezembro de 2020

CEO DO BENFICA: "SE NÃO HOUVER VENDAS NÃO TEREMOS CAPACIDADE..."


CEO do Benfica aponta o caminho, pedindo mais à equipa, nomeadamente no que toca às competições internacionais. Entre as dificuldades financeiras devido à covid-19, afirma que as transações terão de fazer parte do projeto de 2020/21 devido ao falhanço na Liga dos Campeões.

Em entrevista comemorativa pelos 12 anos de "BTV", Domingos Soares de Oliveira afirma que o Benfica está em crescendo mas longe do que pode alcançar desportivamente. "Já passaram seis meses desde que retomámos as competições e começa a criar-se uma dinâmica de força. Ainda não estamos onde queremos, podemos e devemos estar. Nenhum de nós, a começar pela equipa técnica e jogadores, diz que este é o Benfica que tem a dimensão do Benfica. Todos temos a consciência de que iremos fazer mais. Estamos num processo de crescendo e acredito que será possível regressar às grandes exibições do Benfica e, assim que possível, com público", considerou o CEO encarnado.

A saída de Rúben Dias após o Benfica ficar fora da Liga dos Campeões foi, como reconhecido, uma necessidade. E a estratégia de vender ativos na temporada 2020/21 será para manter: "Vamos ter o ano mais difícil das nossas vidas ao nível da geração de receitas e adaptação da estrutura de custos. Para explicar, temos três ou quatro fontes básicas de receitas. Os direitos televisivos mantém-se, perdemos as receitas europeias, cerca de 75 por cento por não nos termos qualificado para a Champions. As receitas de bilhética desapareceram e as de merchandising estão reduzidas a mínimo. Temos um conjunto de impactos que são significativos daqui até ao final do ano. Se não houver venda de passes de jogadores até ao final do ano não teremos capacidade para apresentar resultados em linha com o que aconteceu nos últimos anos. Efetivamente, a situação é mais complicada. Lançámos um empréstimo obrigacionista e do ponto de vista de tesouraria temos uma situação mais estável", acalmou no final.

Também a contratação de Pedro Pinto, ex-jornalista da TVI, para diretor de comunicação do clube foi explicada. "Queremos uma mensagem cada vez mais positiva. Não vamos inaugurar uma nova fase de comunicação, porque seria pôr em causa o que fizemos, mas queremos evoluir. Tenho relação de admiração com João Gabriel e Luís Bernardo. Fizeram ambos um trabalho excecional. No caso, Luís Bernardo viveu o período mais difícil comunicacionalmente pelos ataques de que o Benfica foi alvo. Tivemos uma estratégia de combate. Agora queremos uma afirmação da marca para um público-alvo distinto."

segunda-feira, 30 de novembro de 2020

JORGE JESUS: "MARITIMO NÃO PRECISA DE FAZER ISTO, UM ANTIJOGO PERMANENTE"


Apesar do triunfo por 2-1, Jorge Jesus, treinador do Benfica, mostrou-se bastante crítico da atuação do Marítimo, na deslocação das águias, esta segunda-feira, aos Barreiros, no encerramento da oitava jornada.

"O Marítimo não precisa de fazer isto, um antijogo permanente. Enquanto não está a perder não quer jogar. Guarda-redes no chão, a perder tempo, faltas atrás de faltas, jogadores a mandarem-se para o chão, isto não é qualidade para se jogar com responsabilidade no campeonato português", atacou o técnico das águias, continuando: "Quando estavam a perder quiseram jogar, e aí até jogaram melhor que o Benfica. O fundamental foi a vitória, num estádio muito bonito, com uma equipa do Benfica com muita qualidade, durante uma hora".

Sobre a exibição do conjunto lisboeta, Jorge Jesus salientou que "o jogo foi uma equipa durante um hora, até fazer 2-1 com muita qualidade". "Na primeira parte foi impressionante a qualidade, depois de ter feito 2-1, aí sim, deixou de ser essa equipa, passou a ser equipa emocionalmente a defender um bocado o resultado".

E prosseguiu: "O relvado também estava difícil. O resultado é o mais importante, ganhar é sempre bom, num campo difícil, contra um adversário que já ganhou a um rival forte, demonstrando que Marítimo quando quer jogar bem joga bem".

O treinador das águias comentou também o erro de Otamendi que deu o golo inaugural aos insulares. "Foi um erro individual, mas isso faz parte do jogo. Não podemos cometer esses erros. Quando erras uma vez é uma coisa, quando erras mais vezes é outra. A minha confiança é a mesma que tínhamos quando o fomos buscar. Esteve bem no jogo, mas esteve mal naquela decisão, que foi grave. Mas teve uma voz de comando muito grande, a minha experiência diz-me que eu perceba estes erros. Era muito mais grave um jogador errar taticamente do que tecnicamente. Se fosse um erro do que quero taticamente, aí cobro. Erro técnico não", anotou Jorge Jesus.

quinta-feira, 23 de julho de 2020

ADEPTOS DO BENFICA INSATISFEITOS COM A CONTRATAÇÃO DE JORGE JESUS



Mensagens deixadas junto ao Estádio da Luz, mostram o descontentamento dos adeptos do Benfica para com o presidente do clube, Luís Filipe Vieira, os adeptos não estão contentes com a contratação de Jorge Jesus.

Em uma faixa faixa pode ler-se:
Em 11907, 8 foram para lá e não voltaram, hoje,sem orgulho, Judas voltou... Cosme, vês no que isto se tornou?



Também se pode ler:
A democracia, os valores e a mística na rua da amargura... Eis o Benfica da estrutura.

domingo, 19 de julho de 2020

RUI RIO DIZ QUE ESPERA "APOIO PÚBLICO SOCIALISTA À DISPENDIOSA CONTRATAÇÃO" DE JORGE JESUS



No Twitter Rui Rio comentou a contratação de Jorge Jesus pelo Benfica.

"Aguardemos agora noticias sobre o apoio socialista à dispendiosa contratação do novo treinador do Benfica", disse Rui Rio.





Profile photo, opens profile page on Twitter in a new tab

JOVEM DE 21 ANOS É ATACADA A FACADAS PELO PRÓPRIO PAI

Um homem, de 42 anos, é suspeito de matar a facadas a própria filha nesta segunda-feira(12) em Rodeio, no Vale do Itajaí, em  Santa Catarina...