google.com, pub-4886806822608283, DIRECT, f08c47fec0942fa0

tradutor com bandeiras. Google Translate

Mostrar mensagens com a etiqueta FRANÇA-COVID-19. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta FRANÇA-COVID-19. Mostrar todas as mensagens

quinta-feira, 29 de outubro de 2020

O CUSTO ESTIMADO PELAS MEDIDAS DE CONTENCÃO EM FRANÇA É DE 15 MIL MILHÕES POR MÊS

 



Vamos reforçar todos os dispositivos de ajuda", afirmou o governante, especificando que seis mil milhÔes respeitam a fundos de solidariedade, sete mil milhÔes para desemprego parcial (o designado 'lay-off'), mais de mil milhÔes para exoneraçÔes de contribuiçÔes sociais e outro tanto para assumir custos de empresas com alugueres.

Le Maire afirmou que, "por precaução" e para considerar o conjunto de custos relacionados com a crise sanitĂĄria atĂ© ao final do ano, vai haver uma retificação do orçamento de 2020, para acrescentar 20 mil milhĂ”es de euros.

O governo francĂȘs detalhou hoje, em conferĂȘncia de imprensa, as condiçÔes do novo confinamento, com duração prevista atĂ© 01 de dezembro, se bem que vĂĄ haver uma reapreciação da situação dentro de 15 dias, para ver se os comĂ©rcios considerados nĂŁo essenciais podem abrir.

"O objetivo central do confinamento Ă© proteger os franceses e preservar o sistema sanitĂĄrio", disse o primeiro-ministro, Jean Castex, que avançou as exceçÔes do confinamento.

Os franceses sĂł podem sair de casa para fazer compras de primeira necessidade ou atividade fĂ­sica individual dentro de um perĂ­metro de um quilĂłmetro em torno das suas casas.

As novas exceçÔes permitem saĂ­das para acompanhar as crianças Ă s escolas, que vĂŁo permanecer abertas, mas o governo reduziu a idade mĂ­nima para o uso obrigatĂłrio de mĂĄscaras, passando-a para seis anos.

TambĂ©m se pode sair de casa para ir trabalhar, mas sĂł se nĂŁo se puder recorrer ao teletrabalho, que volta a ser de uso generalizado atĂ© ao fim do confinamento.

Hoje, foram anunciados em França 36.437 novas infeçÔes.

pandemia de covid-19 jĂĄ provocou mais de 1,1 milhĂ”es de mortos e mais de 44,5 milhĂ”es de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agĂȘncia francesa AFP.

quarta-feira, 14 de outubro de 2020

DECLARADO ESTADO DE EMERGÊNCIA E RECOLHER OBRIGATÓRIO EM FRANÇA

 



França voltou a decretar o estado de emergĂȘncia sanitĂĄria devido a um agravamento da pandemia no paĂ­s, reportam os meios de comunicação locais. A medida entra em vigor a partir das 00h00 do dia 17 de outubro. 

Esta medida excecional, jĂĄ adotada entre 23 de março e 10 de julho, darĂĄ mais margem ao Governo francĂȘs para adotar medidas de resposta Ă  pandemia do novo coronavĂ­rus.

"Tendo em conta a sua propagação em territĂłrio nacional, a Covid-19 constituĂ­ um desastre sanitĂĄrio que coloca em perigo, pela sua natureza e gravidade, a saĂșde da população", pode ler-se no relatĂłrio do Conselho de Ministros, citado pelo Le Monde.

Em entrevista Ă  televisĂŁo francesa, esta quarta-feira, o presidente Emmanuel Macron, anunciou que o recolher obrigatĂłrio vai ser aplicado a nove regiĂ”es francesas a partir de sĂĄbado e pode vir a durar atĂ© seis semanas. Macron considerou que o recolher obrigatĂłrio Ă© "pertinente", mas que um novo confinamento seria "desproporcional".

O recolher obrigatĂłrio vai ser instaurado das 21h00 Ă s 06h00 a partir de sĂĄbado na regiĂŁo de Ăźle de France (regiĂŁo parisiense), LilleRuĂŁo, Saint-Etienne, Toulouse, Lyon, GrenobleAix-en-Provence e Montpellier

segunda-feira, 20 de julho de 2020

A PARTIR DESTA SEGUNDA FEIRA 20 DE JULHO É OBRIGATÓRIO MASCARA OU 135 EUROS DE MULTA



A partir de hoje Ă© obrigatĂłrio o uso de mascara em todos os  locais pĂșblicos fechados como lojas, bancos, transportes e outros estabelecimentos particulares. Se nĂŁo usar arrisca uma multa de 135 euros.

A medida tinha sido anunciada pelo Presidente Emmanuel Macron para o dia 1 de Agosto mas, devido a indicadores da evolução da pandemia em França, foi avançada para hoje segunda-feira 20/07/2020, pelo novo chefe do Governo, Jean Castex, segundo o jornal Le Parisien.



POLÍCIA DO CAPITÓLIO DETEVE HOMEM COM ACREDITAÇÃO FALSA E FORTEMENTE ARMADO

A polĂ­cia do CapitĂłlio deteve na sexta-feira um homem que tentou entrar no perĂ­metro cercado do centro de Washington, nos Estados Unidos, co...