Translate

Mostrar mensagens com a etiqueta HOMICÍDIO. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta HOMICÍDIO. Mostrar todas as mensagens

quarta-feira, 4 de agosto de 2021

EMPRESÁRIO BRASILEIRO MORTO A TIRO PELO FILHO QUE GARANTE TER REAGIDO EM DEFESA DA MÃE


Fabricio Cesar de Oliveira, um dos homens mais ricos do Brasil, foi morto na casa de luxo da família, em Valinhos. O filho, de 14 anos, disse à polícia que as agressões eram constantes.

Um empresário brasileiro foi morto a tiro, esta terça-feira, pelo filho, de 14 anos, que tentava defender a mãe durante uma discussão do casal. O crime ocorreu na casa de luxo da família, na cidade de Valinhos.

De acordo com a imprensa brasileira, Fabricio Cesar de Oliveira, que era colecionador de armas e automóveis de luxo, tentou entrar no carro para pedir ajuda, mas não resistiu aos ferimentos. Ao ouvirem os três disparos, os vizinhos da família alertaram as autoridades, que encontraram o corpo na garagem.

A polícia, que encontrou oito armas de fogo na residência, levou a mulher e o adolescente para prestarem depoimento. De acordo com o jovem, Fabricio era extremamente violento não só com a esposa, que agredia constantemente, mas também com os filhos.

Fabrício era presidente da Câmara de Comércio Brasil-China e um dos homens mais ricos do Brasil.

sábado, 13 de março de 2021

MULHER MORTA À FACADA NO PORTO PELA EX-COMPANHEIRA

 


Uma mulher, com 26 anos, foi este sábado de manhã morta à facada, na rua Benjamim Gouveia, no Porto. A homicida terá sido a ex-companheira.

A informação recolhida pelo JN, no local, dá conta de que o incidente terá resultado de uma discussão entre duas mulheres.

A alegada agressora, com 31 anos, entregou-se na esquadra da PSP do Bom Pastor, no Porto.

O alerta foi dado às 6 horas deste sábado. O corpo, que estava na via pública, foi retirado pelas autoridades.

O caso está agora na Polícia Judiciária (PJ).

segunda-feira, 2 de novembro de 2020

ESTÁ DETIDO O SUSPEITO DE MATAR A EX-COMPANHEIRA EM GRIJÓ

                                 


O homem de 62 anos suspeito de matar a ex-companheira com uma arma de fogo em Grijó, concelho de Vila Nova de Gaia, na quarta-feira, foi detido pela Polícia Judiciária (PJ).

Em comunicado, a PJ indica que o detido, de 62 anos de idade, terá efetuado "dois disparos contra a vítima", a ex-companheira com 42 anos de idade, "tendo depois atentado contra a própria vida".

A PJ refere que o arguido escondeu a arma de fogo usada antes de ser socorrido, mas esta foi já localizada.

O homem, vendedor de fruta, encontra-se hospitalizado, mas não corre perigo de vida, aguardando ser ouvido em primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

A GNR revelou na quarta-feira que um homem matou, com um disparo de arma de fogo, a ex-companheira em Vila Nova de Gaia, tendo sido detido numa altura em que estaria a tentar o suicídio com a mesma arma.

terça-feira, 27 de outubro de 2020

HOMEM MATA EX COMPANHEIRA EM GRIJÓ, VILA NOVA DE GAIA, E TENTA SUICÍDIO

 



Um homem matou a tiro a ex-companheira, de 41 anos, esta terça-feira, em Grijó, Gaia. Depois, tentou suicidar-se em Nogueira da Regedoura, na Feira.

O suspeito, que estaria separado da mulher há uma semana, não aceitou a separação. Abordou-a, esta manhã, junto ao carro, na Rua da Figueirinha, em Grijó, e disparou um tiro, que se revelou fatal. Depois tentou matar-se da mesma forma, em Nogueira da Regedoura, tendo sido transportado ainda com vida para o hospital.

O casal, que tinha em comum uma filha de 12 anos e mantinha um negócio de venda de fruta junto à Igreja de Nogueira, já estaria desavindo há algum tempo, dizem os vizinhos. Depois da separação, o presumível homicida foi viver para casa da filha mais velha da ex-companheira, fruto de uma relação anterior, confirmou o JN.

O homem que deu o alerta às autoridades tinha sido avisado por um transeunte sobre um incidente. "Peguei na motorizada e vim ver o que se passava. Quando cheguei ao carro, ainda pensei que era um acidente, mas depois vi o vidro partido e suspeitei que devia haver mais alguma coisa. Vi a senhora junto ao volante, fui para casa e alertei as autoridades", contou ao JN o vizinho Manuel Silva.

INTERVENÇÃO NA PONTE DO FREIXO DURANTE MÊS E MEIO PODE CONDICIONAR TRÂNSITO

A Infraestruturas de Portugal está a proceder à colocação de barreiras de proteção nas laterais da Ponte do Freixo, podendo os trabalhos, co...