Translate

Mostrar mensagens com a etiqueta MALAWI. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta MALAWI. Mostrar todas as mensagens

sábado, 8 de maio de 2021

ERIC ANIVA, O HOMEM QUE VIOLOU MAIS DE 100 MENORES A TROCO DE DINHEIRO E É PORTADOR DE VIH


É um caso que deixou o mundo em choque e a questionar que outros rituais "primitivos e desumanos" possam existir. Eric Aniva confessou durante uma entrevista para a BBC, em 2016, que era pago pelas respetivas famílias para ter relações sexuais com raparigas menores num ritual tradicional.

O homem, que na altura tinha 45 anos, contou que já tinha tido relações sexuais com, pelo menos, 104 mulheres. Nas regiões remotas do sul de Malawi, o ato não é visto como violação, mas como uma espécie de "limpeza" sexual.

“A maioria das pessoas com quem dormi são meninas, meninas que frequentam a escola. Algumas têm apenas 12 ou 13 anos, mas eu prefiro que sejam mais velhas. Todas elas têm o prazer de me ter como hiena, contou Eric, na altura, revelando que cada "hiena" (homens contratados) recebe entre quatro e sete dólares (entre 3,6 e 6,3 euros).

Em Nsanje, onde Eric nasceu, as menores eram obrigadas, após a sua primeira menstruação, a ter relações sexuais durante um período de três dias para para assinalar a passagem para a adolescência. Se recusassem, as comunidades acreditavam que doenças ou algum infortúnio fatal poderia assombrar as suas famílias ou a aldeia.

“Não havia mais nada que eu pudesse ter feito. Tive de fazer isso pelo bem dos meus pais. Se eu tivesse recusado, os meus familiares poderiam ser atacados com doenças até mesmo com a morte então eu estava com medo", disse Maria, uma das menores que passou pelo ritual.

O mesmo ritual era feito em viúvas e mulheres que abortassem. Por exemplo, se um homem morre a tradição exige que a esposa do falecido tenha sexo com um "hiena" antes que possa enterrar o marido.

Os preservativos não eram permitidos. Eric, que tinha sexo desprotegido, revelou que tinha VIH e que quando o contratavam, mencionava-o aos pais das meninas. O homem tem cinco filhos e, na altura, disse que não sabia quantas mulheres e meninas já tinha engravido.

Depois da reportagem de Eric Aniva ter sido emitida, o presidente daquele país africano, Peter Mutharika, emitiu um mandado de detenção, uma vez que o Malawi criminaliza o sexo com pessoas com menos de 16 anos.

O "hiena" foi preso em julho de 2016 e foi condenado a dois anos de trabalhos forçados. “Ousei revelar o que tenho praticado, mas a minha detenção, processo e até mesmo prisão não impedirão outros de praticar um costume que existe há mais de 100 anos”, disse Aniva fora do tribunal. No ano passado, Eric disse a um jornal local que iria levar o governo a tribunal por condená-lo por uma prática cultural. Até à data, não se sabe se foi com esse processo para a frente.

RICARDO SALGADO PROPÕE PAGAR 11 MILHÕES DE EUROS PARA ARQUIVAR O PROCESSO

Ricardo Salgado está disposto a pagar para que seja arquivado o processo que teve origem na Operação Marquês e que o vai levar a julgamento ...