google.com, pub-4886806822608283, DIRECT, f08c47fec0942fa0

tradutor com bandeiras. Google Translate

Mostrar mensagens com a etiqueta MAU TEMPO. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta MAU TEMPO. Mostrar todas as mensagens

quinta-feira, 3 de dezembro de 2020

PROTEÇÃO CIVIL ALERTA PARA AGRAVAMENTO DAS CONDIÇÕES METEOROLÓGICAS



A Proteção Civil alertou esta quinta-feira para um agravamento das condiçÔes meteorológicas nas próximas 48 horas, prevendo-se um aumento da intensidade do vento, precipitação, a descida da temperatura e o aumento da agitação marítima na costa ocidental.

Em comunicado, a Autoridade Nacional de EmergĂȘncia e Proteção Civil (ANEPC) refere que estĂĄ previsto o aumento da intensidade do vento partir de hoje, diminuindo nas terras altas a partir da manhĂŁ de sexta-feira e, no litoral, a partir da manhĂŁ de sĂĄbado, com rajadas atĂ© 75 km por hora na costa ocidental e atĂ© 95 km por hora nas terras altas.

EstĂĄ ainda prevista a formação de geada, em especial no interior norte e centro, a descida da temperatura, assim como precipitação a partir de hoje, podendo ser pontualmente forte na sexta-feira no norte e centro, com condiçÔes favorĂĄveis Ă  ocorrĂȘncia de trovoada e granizo.

Segundo a ANEPC, poderĂĄ ocorrer queda de neve a partir da tarde de hoje acima de 1400 metros de altitude, descendo para os 600 metros de altitude a partir da madrugada de 4 de dezembro, assim como um aumento da agitação marĂ­tima na costa ocidental, com ondas de noroeste, que poderĂŁo atingir mais de sete metros na sexta-feira.

Face a esta previsĂŁo, a ANEPC recomenda Ă  população que garanta a desobstrução dos sistemas de escoamento das ĂĄguas pluviais, que adote uma condução defensiva, face Ă  possibilidade de formação de lençóis de ĂĄgua e gelo nas vias, que evite circular em vias com acumulação de neve e que tenha especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas sujeitas a inundaçÔes rĂĄpidas.

UNIÃO EUROPEIA PEDE À RÚSSIA QUE LIBERTE "IMEDIATAMENTE" NAVALNY

O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, considerou este domingo "inaceitåvel" a detenção do opositor russo Alexei Navaln...