Translate

Mostrar mensagens com a etiqueta MUNDO. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta MUNDO. Mostrar todas as mensagens

terça-feira, 13 de abril de 2021

JAPÃO VAI DESPEJAR NO MAR ÁGUA TRATADA MAS AINDA RADIOATIVADA DE FUKUSHIMA, CHINA E COREIA ALARMADAS


Foi removida a maior parte dos elementos radioativos, mas a medida é controversa.

O Governo japonês decidiu hoje que a água processada armazenada na central nuclear de Fukushima será descarregada no Oceano Pacífico, após tratamento para remover a maior parte dos elementos radioativos.

A controversa medida visa resolver a acumulação de água radioativa na instalação nuclear, um dos problemas mais urgentes no complexo processo de desativação da central que foi danificada pelo terramoto e tsunami de março de 2011.

O primeiro-ministro japonês, Yoshihide Suga, tomou hoje a decisão após consultas com o operador da central, Tokyo Electric Power, o regulador nuclear japonês, a Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA) e as autoridades locais em Fukushima, entre outras partes.

A libertação controlada de água da fábrica foi a medida que as autoridades japonesas tinham optado desde o início do ano passado, considerando-a a mais viável entre uma série de outras opções tecnicamente mais complexas.

A decisão tinha sido adiada devido à oposição do Governo de Fukushima e das associações de pescadores locais, que acreditam que o derrame poderia prejudicar ainda mais as suas atividades económicas.

As autoridades japonesas consideram que o derrame não irá gerar qualquer risco para a saúde humana porque os níveis de trítio libertados no mar ficarão abaixo das normas sanitárias nacionais - a misturar com a água do mar - e defendem que esta é uma prática comum na indústria nuclear de outros países.

A instalação de Fukushima Daiichi tem um sistema de processamento de água que remove a maioria dos materiais radioativos considerados perigosos, com exceção do trítio, um isótopo natural mas de baixa concentração.

Mais de 1,25 milhões de toneladas de água processada são armazenadas nas instalações da Daiichi, e espera-se que a capacidade para o seu armazenamento se esgote no outono do próximo ano ao ritmo atual a que está a ser gerada.

CHINA E COREIA DO SUL ALARMADAS COM DESCARGA NO MAR DE ÁGUA RADIOATIVA DE FUKUSHIMA

Antes mesmo de formalmente tomada a decisão, a China disse ter comunicado a sua "séria preocupação" ao Japão, pedindo ao governo do primeiro-ministro Yoshihide Suga que tome uma decisão que acautele o interesse público global, bem como a saúde e segurança dos cidadãos chineses.

Segundo o Ministério das Relações Exteriores da China, "o Japão não pode menosprezar ou ignorar" as críticas globais sobre a questão, e "não deve prejudicar mais o meio ambiente marinho, a segurança alimentar e a saúde humana".

Citado pela agência Kyodo, um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores sul-coreano, disse na segunda-feira que despejar água radioativa de Fukushima "afetaria direta e indiretamente a segurança das pessoas e do meio ambiente vizinho".

"Seria difícil aceitar o despejo da água no mar se o lado japonês tomar uma decisão sem consulta suficiente", disse o porta-voz, salientando que Coreia do Sul "responderá fortalecendo a cooperação" com a Agência Internacional de Energia Atómica.

O Governo japonês já tinha afirmado que não era possível adiar a decisão por mais tempo, dado que a capacidade de armazenagem dos tanques de água na central, que continuam a receber líquido usado para arrefecer combustível nuclear, deverá esgotar-se em 2022, 11 anos depois de a central ter sido gravemente afetada por um terramoto e tsunami.

sábado, 10 de abril de 2021

PELO MENOS 14 POLÍCIAS MORTOS EM ATAQUE DE GUERRILHAS NO MYANMAR


Pelo menos 14 polícias perderam a vida este sábado no noroeste do Myanmar (antiga Birmânia) durante um ataque coordenado por várias guerrilhas étnicas, noticiaram meios de comunicação locais.

O ataque, que deixou pelo menos cinco oficiais feridos e dois desaparecidos, aconteceu às primeiras horas do dia no estado de Shan, disse uma testemunha ao portal de notícias Irrawaddy.

Segunda esta fonte, o ataque foi lançado pelos grupos rebeldes Exército Arakan, Exército de Libertação Ta'ang e Exército Nacional da Aliança Democrática, guerrilhas étnicas que em finais de março lançaram um ultimato à junta militar pela repressão das manifestações em rejeição do golpe de Estado de 01 de fevereiro. Até ao momento, nenhum dos grupos reivindicou a ofensiva.

Estes três grupos armados emitiram previamente um comunicado conjunto, no qual advertiam o Exército birmanês de que se não cessasse as ações violentas e não satisfizesse as exigências da população colaborariam com os dissidentes nos protestos da chamada "Revolução da Primavera".

Os rebeldes ameaçaram anular o acordo de cessar-fogo se continuar a matança indiscriminada de manifestantes.

Pelo menos 618 pessoas perderam a vida durante a repressão dos protestos exercida pelas forças de segurança, segundo dados obtidos pela Associação para a Assistência de Presos Políticos (AAPP), que adverte que o número pode ser significativamente maior, devido à dificuldade de corroborar os dados.

Na cidade de Bago, a cerca de 70 quilómetros a noroeste de Rangun, as forças de segurança lançaram na sexta-feira artefactos explosivos e causaram um número indeterminado de mortos e feridos, apontam meios de comunicação locais.

O Irrawaddy também informa que hoje grupos armados do Exército para a Independência de Kachin e a União Nacional Karen lançaram uma série de ataques contra o regime, em resposta à alegada matança perpetrada pelas autoridades de Bago.

A violência das autoridades, no entanto, não chega para intimidar o lado do movimento de dissidência civil e hoje registaram-se protestos em várias cidades ao longo do país.

Os militares birmaneses justificaram o golpe de Estado com uma alegada fraude nas eleições de novembro, nas quais venceu e revalidou o poder o partido liderado por Aung San Suu Kyi, detida desde o início do motim, com o aval dos observadores internacionais, escreve a agência EFE.

sábado, 3 de abril de 2021

DIVULGADOS ONLINE DADOS PESSOAIS DE MAIS DE 500 MILHÕES DE UTILIZADORES DO FACEBOOK


Os dados pessoais de mais de 500 milhões de utilizadores da rede social Facebook, incluindo números de telefone e endereços de correio eletrónico, foram divulgados "online" este sábado num fórum de 'hacking', noticiou a revista Business Insider.

De acordo com a revista, um utilizador do fórum publicou os números de telefone e os dados pessoais de 533 milhões de utilizadores do Facebook.

Os dados expostos incluem informações pessoais de utilizadores do Facebook de 106 países, incluindo mais de 32 milhões de registos nos EUA, 11 milhões no Reino Unido, e 6 milhões na Índia. Incluem os seus números de telefone, identidade do Facebook, nomes completos, localizações, datas de nascimento, biografias e - em alguns casos - endereços de correio eletrónico.

Os dados divulgados são antigos e um porta-voz do Facebook disse à revista que foram roubados devido a uma vulnerabilidade, que a empresa corrigiu em 2019.

Apesar disso, Alon Gal, da empresa especializada em informações de cibercrime Hudson Rock, a primeira a descobrir a dimensão dos dados roubados, alertou que estes ainda podem fornecer informações valiosas para os criminosos informáticos.

"Uma base de dados deste tamanho, contendo a informação privada, tal como números de telefone de muitos utilizadores do Facebook, levaria certamente maus elementos a tirar partido dos dados para realizar ataques ou tentativas de hacking", disse, citado pela Insider.

Segundo Gal, a sua empresa descobriu os dados divulgados pela primeira vez em janeiro, quando um utilizador no fórum de 'hacking' anunciou que um "bot" (programa pirata) poderia fornecer números de telefone de centenas de milhões de utilizadores do Facebook em troca de um valor em dinheiro, tendo verificado que os dados eram legítimos.

Agora, todo o conjunto de dados foi publicado gratuitamente no mesmo fórum de 'hacking', tornando-os amplamente disponíveis a qualquer pessoa com conhecimentos rudimentares de dados.

ESTA NÃO É A PRIMEIRA VEZ QUE ALGO DO GÉNERO ACONTECE

Esta não foi a primeira vez que uma quantidade tão grande de informação de utilizadores do Facebook foi exposta online.

A vulnerabilidade da rede social, que foi descoberta em 2019 permitiu que milhões de números de telefone de pessoas fossem retirados dos servidores do Facebook.

A empresa prometeu anteriormente reforçar a segurança depois do escândalo com a empresa Cambridge Analytica, que divulgou dados de 80 milhões de utilizadores, violando os termos de serviço do Facebook, para visar os eleitores com anúncios políticos nas eleições de 2016 nos Estados Unidos.

De acordo com Alon Gal, de um ponto de vista de segurança, não há muito que o Facebook possa fazer para ajudar os utilizadores afetados pela violação, uma vez que os seus dados já estão expostos, mas acrescentou que o Facebook poderia notificar os utilizadores para que estes pudessem permanecer vigilantes para possíveis esquemas de "phishing" (roubo de dados).

"Os indivíduos que se inscrevem numa empresa respeitável como o Facebook estão a confiar-lhes os seus dados e o Facebook é suposto tratar os dados com o máximo respeito", disse Gal. "A fuga de informação pessoal dos utilizadores é uma enorme quebra de confiança e deve ser tratada em conformidade", sublinhou.

IDOSA FALTA A VACINAÇÃO E POLÍCIA DESCOBRE QUE MARIDO GUARDAVA O SEU CORPO HÁ MAIS DE 10 ANOS


Perante a vacinação contra a Covid-19 em marcha em todo o mundo, os idosos são os primeiros a serem chamados. Na Escócia, alguns enfermeiros de Aberdeen estranharam a ausência de uma idosa de 80 anos e soaram os alarmes. A história escondia um caso insólito.

Christina Malley não compareceu à primeira dose da vacina e perante isto, alguns enfermeiros deslocaram-se à sua casa. O marido, Daniel Malley, de 78 anos, explicou que a mulher viajava fora do país, mas os profissionais de saúde não ficaram convencidos e bateram à porta de vizinhos. Nas casas à volta, a maior parte das pessoas desconhecia que Daniel era casado, a outra parte não a via há vários anos, pelo menos desde 2009.

"Eu moro aqui há anos e nunca o vi com a mulher", disse um dos vizinhos, citado pelo Daily Report. A chamada para a polícia tornou-se necessária. As autoridades descobriram o corpo de Christina Malley escondido em casa. A idosa pode estar morta há 12 anos.

Uma fonte ao The Evening Express adiantou que o marido se sentia muito solitário, "não aceitando que a mulher tinha partido". "Manteve o corpo dentro da casa porque não queria ficar separado da mulher, nem em vida, nem tragicamente, na morte", revelou a fonte.

A polícia abriu uma investigação ao caso.

sexta-feira, 2 de abril de 2021

"BANHO DE SANGUE IMINENTE". NAÇÕES UNIDAS TEMEM GUERRA CIVIL EM MYANMAR


As Nações Unidas alertam para uma possível guerra civil em Myanmar, já que nenhum dos lados dá sinais de recuo. As manifestações sucedem-se no país e os confrontos com os militares já fizeram mais de 500 mortos.

Entretanto, a ex-líder birmanesa foi acusada pela Junta Militar de violar uma lei de proteção de segredos de Estado. A ex-líder, que está impedida de fazer declarações desde que foi detida pelo exército, já estava acusada de corrupção e de incitar distúrbios públicos.

A revelação acontece no mesmo dia em que a Junta Militar ordenou, até novas instruções, que as operadoras suspendessem as ligações de Internet. Um novo corte que ameaça paralisar as comunicações.

A Junta Militar que derrubou a chefe de Governo civil Ang San Suu Kyi tem reprimido de forma violenta as manifestações diárias que pedem o regresso da democracia e a libertação de antigos líderes.

Numa declaração unânime, o Conselho de Segurança da ONU já veio condenar firmemente a morte de civis. O risco de uma guerra civil sem precedentes levou mesmo a enviada especial da Nações Unidas a Myanmar a alertar para "um banho de sangue iminente".

segunda-feira, 29 de março de 2021

CÃO DE RUA ROUBA VÁRIAS VEZES O MESMO PELUCHE E ACABA POR RECEBÊ-LO DE PRESENTE

 


Dos Estados Unidos da América chega a história de Sisu, um cão de rua que continuava a roubar o mesmo peluche de uma loja. Após cinco "roubos", o animal acabou por receber um presente.

A loja Dollar General em Kenansville, na Carolina do Norte, contactou os serviços de controlo animal devido aos contínuos roubos de Sisu. O cão de rua já tinha visitado a loja cinco vezes para roubar sempre o mesmo peluche.

De acordo com a CNN, o funcionário que ficou encarregue de o ir buscar à loja acabou por presentear o animal com o unicórnio roxo.

Esta segunda-feira, o departamento estatal publicou nas redes sociais uma fotografia do Sisu agarrado ao seu novo brinquedo, e a história do animal tornou-se viral.

Com a publicação nas redes sociais, o cão tornou-se famoso e foi adotado um dia depois, de acordo com os serviços.

domingo, 28 de março de 2021

VIDEO: BOLA DE FOGO CRUZOU O CÉU DE CASTILLA-LA MANCHA E ANDALUZIA ESTA MADRUGADA


Uma brilhante bola de fogo cruzou o céu de Castilla-La Mancha e Andaluzia esta madrugada, um fenómeno que ocorreu quando uma rocha proveniente de um asteroide entrou na atmosfera terrestre, a cerca de 96 mil quilómetros/hora.

O fenómeno foi gravado pelos detetores da rede de Meteoros do Sudoeste Europeu que opera no Observatório Astronómico La Hita, em Toledo, segundo informou a Fundação AstroHita.

Estes detetores trabalham no projeto SMART, coordenado desde o Instituto de Astrofísica da Andaluzia, com o objetivo de monitorizar continuamente o céu para registar e estudar o impacto contra a atmosfera terrestre de rochas provenientes de distintos objetos do sistema solar.

A bola de fogo também foi gravada pelos detetores que este mesmo projeto de pesquisa instalou nos observatórios de Sierra Nevada (Granada), Calar Alto (Almería), La Sagra (Granada), Sevilha e Madrid (Universidade Complutense).

O fenómeno foi analisado pelo responsável pelo projeto, o astrofísico José María Madiedo, do Instituto de Astrofísica da Andaluzia, que determinou que a rocha que originou esta bola de fogo entrou na atmosfera a cerca de 96.000 quilómetros por hora na Andaluzia, especificamente no nordeste da província de Jaén.

Devido a esta alta velocidade, o súbito atrito com o ar fez com que a rocha ficasse incandescente a uma altura de cerca de 82 quilómetros, e essa incandescência foi a que gerou a brilhante bola de fogo que, devido a sua grande luminosidade, podia ser vista de mais 500 quilómetros de distância.

A bola de fogo, de acentuado tom esverdeado, avançou na direção nordeste e sobrevoou Castilla-La Mancha, extinguindo-se sobre o sudoeste da província de Albacete a uma altitude de cerca de 29 quilómetros.

FALHOU NOVA TENTATIVA DE DESENCALHAR NAVIO NO VANAL DO SUEZ


Uma nova tentativa, esta noite, de retirar o navio porta-contentores de 400 metros de comprimento encalhado há cinco dias no Canal do Suez voltou a fracassar, segundo um dos operadores daquela travessia marítima.

Esperava-se que a operação fosse bem-sucedida com a lua cheia e a grande maré alta, esperadas para esta noite, mas "infelizmente, o estado da maré não ajudou a levantar o Ever Given", escreveu na sua conta no Twitter a empresa especializada em serviços de logística em diferentes canais e estreitos do mundo Leth Agencies, citada pela agência espanhola de notícias Efe.

O navio, do tamanho de um arranha-céus, atravessou-se no Canal do Suez, no Egito, devido, de acordo com as primeiras investigações, a fortes ventos e uma tempestade de areia, na noite de terça para quarta-feira, o que obrigou já à paragem de 326 outros navios na rota de navegação mais movimentada do mundo, segundo as autoridades locais.

Segundo a Leth Agencies, a Autoridade do Canal de Suez, que administra a rota marítima egípcia, vai hoje novamente tentar descarregar o navio, com a ajuda de rebocadores.

Na tentativa de movimentar o navio, sem sucesso, foram utilizados 14 rebocadores, dragas e escavadoras para remover a areia em redor da proa do Ever Given.

O capitão de um dos rebocadores, envolvidos na operação, disse sábado terem conseguido deslocar a proa do navio cerca de 17 metros para norte, para onde navegava quando colidiu com uma das margens.

De acordo com a gestora de cargas, a multinacional Bernhard Schutle Shipmanagement (BSM), outros dois rebocadores devem hoje juntar-se à operação.

Por sua vez, a armadora Maersk, a principal operadora no Canal de Suez, lembrou que, mesmo depois de libertado, vai demorar entre três e seis dias a desfazer o grande engarrafamento que se gerou no canal, que liga o Mar Vermelho ao Mediterrâneo, e que é a rota marítima mais curta entre a Ásia e a Europa.

Algumas embarcações já estão a desviar a sua rota para o Cabo da Nova Esperança, para contornar a África, apesar de percorrer esta rota precisar de mais dias de navegação.

Com capacidade para 224 mil toneladas de carga, o porta-contentores de 400 metros, da empresa de Taiwan Evergreen, que tem bandeira do Panamá, bloqueou o canal e a passagem de 10% do comércio mundial e de 25% dos contentores de carga.

VINTE AVIÕES CHINESES RONDARAM ESPAÇO AÉREO DE TAIWAN APÓS ACORDO COM EUA


Um número recorde de 20 aviões de combate chineses rondaram sexta-feira o espaço aéreo de Taiwan, depois de assinado em Washington um acordo de cooperação marítima entre os Governos norte-americano e taiwanês.

Segundo o Ministério da Defesa Nacional de Taiwan, os aparelhos do Exército de Libertação do Povo, da República Popular da China, envolvidos nas manobras foram dez caças J-16, dois caças J-10, quatro bombardeiros H-6K, dois Y-8 anti-submarino, um KJ-500 de vigilância e um Y-8 de reconhecimento tático.  

A Força Aérea de Taiwan respondeu colocando no ar caças para seguir os movimentos dos aviões chineses, lançando alertas através da rádio e mobilizando defesas aéreas. 

Desde que em setembro de 2020 a Defesa taiwanesa começou a publicar dados sobre os movimentos da força aérea chinesa na sua Zona de Identificação Aérea, a penetração de aparelhos hoje registada foi a maior. 

Na quinta-feira, Taiwan e Estados Unidos assinaram um memorando de entendimento para criação de um Grupo de Trabalho da Guarda Costeira, na sequência da recente aprovação pela China de uma Lei da Guarda Costeira que autoriza o uso de força contra navios estrangeiros em águas em que é reclamada a soberania chinesa, como é o caso de Taiwan.

A 19 de fevereiro, quando legisladores norte-americanos apresentaram no Senado e na Câmara dos Representantes uma proposta de lei para contrariar o uso de força pela China contra Taiwan, nove aviões chineses rondaram o espaço aéreo de Taiwan, e no dia seguinte 11.

Num debate no Parlamento taiwanês na quinta-feira, o ministro da Defesa Chiu Kuo-cheng afirmou que o desenvolvimento de capacidade balística de longo alcance se mantém uma prioridade e que o desenvolvimento, a cargo do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia Chung-Shan, "nunca parou". 

Leng Chin-hsu, diretor-adjunto do Instituto, revelou que um míssil terrestre de longo alcance está em produção e outros três em desenvolvimento.

Numa inversão na tradicional política de primazia à capacidade de defesa de Taiwan face a uma possível invasão da China - que reclama a soberania do território e nunca excluiu o uso de força militar para "reunificar" a ilha - a presidente taiwanesa Tsai Ing-wen estabeleceu como prioridade o desenvolvimento de capacidade dissuasora "assimétrica". 

O desenvolvimento de mísseis de longo alcance dá a Taiwan a capacidade de atingir alvos no interior da China.

quinta-feira, 25 de março de 2021

VIDEO: JOVEM PORTUGUÊS ENTRE OS DETIDOS NUMA FESTA ILEGAL EM MADRID


Um português está entre seis jovens postos em liberdade a aguardar decisão judicial por suspeitas de reterem contra a sua vontade quatro jovens italianas, e tentar abusar de uma delas, disse à agência Lusa fonte da polícia espanhola.

A Polícia Nacional espanhola prendeu inicialmente na madrugada de domingo seis jovens estrangeiros - quatro franceses, um italiano e um português -- que levaram quatro raparigas italianas para uma festa ilegal com cerca de 50 jovens realizada num apartamento turístico no bairro do Pacífico, em Madrid, e por tentarem abusar sexualmente de uma delas, segundo a mesma porta-voz.

As forças da ordem foram alertadas por uma vizinha, que ouviu uma mulher "a gritar por socorro", e quando chegaram ao apartamento, cerca das 5 horas da madrugada de domingo passado, estava a tocar música muito alta, sem que ninguém tivesse aberto a porta, apesar da insistência da polícia. Os bombeiros foram chamados e tiveram de cortar as barras de proteção de uma das janelas e partir um vidro para entrar no apartamento.

No interior encontraram, além do grupo de cerca de 50 jovens, quatro raparigas, que revelaram ter sido convidadas com outras jovens a entrar e a participar na festa ilegal, mas que tinham sido impedidas de abandonar a casa e trancadas num quarto. Além disso, a certa altura, um dos jovens detidos avançou para uma das mulheres com a intenção de lhe tocar, tendo ela conseguido libertar-se.

Os seis jovens presos, com idades entre 22 e 28 anos, foram acusados de terem alegadamente cometido delitos de resistência e desobediência à polícia, e um deles também de tentativa de abuso sexual e ameaças.

Os seis detidos foram entretanto postos em liberdade e aguardam agora que a justiça espanhola os notifique para prestarem declarações sobre o ocorrido.

Espanha registou até quarta-feira 3.241.345 casos de covid-19 e 74.064 óbitos.

Durante as férias da Páscoa será aplicado um dispositivo mínimo em todo o território espanhol para conter a pandemia, podendo cada uma das comunidades aplicar medidas mais restritivas.

As medidas gerais incluem, entre outras, a proibição de viajar entre comunidades autónomas e um recolher obrigatório entre as 22:00 e as 06:00, bem como limitar as reuniões em espaços públicos ou privados a um máximo de quatro pessoas.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.745.337 mortos no mundo, resultantes de mais de 124,8 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

COM MAIS DE 150 NAVIOS RETIDOS, É JÁ CONSIDERADA UMA DAS MAIORES CRISES EM 150 ANOS NO CANAL DO SUEZ


É já considerada uma das maiores crises nos últimos 150 anos do Canal do Suez. Por causa de um porta-contentores encalhado, está bloqueada há dois dias a mais importante rota de navegação mundial. O bloqueio provocou já a subida do preço do barril de petróleo.

As últimas fotos de satélite revelam o Ever Given exactamente no mesmo local onde encalhou na passada terça-feira. Por causa do bloqueio do porta-contentores, registos marítimos atualizados indicam que há já mais de 150 navios às voltas ou ancorados, impedidos de navegar entre o Mar Vermelho e o Mediterrâneo.

O Ever Given foi arrastado e encalhou por causa das rajadas de vento forte provocadas por uma tempestade de areia.

As autoridade egípcias que controlam o Canal aceitaram já a ajuda internacional. Soluções previstas podem passar por descarregar contentores para repor a flutuabilidade deste verdadeiro gigante dos mares.

Com 200 mil toneladas, 400 metros de comprimento e 59 de largura, tinha zarpado da China e Roterdão era o porto de destino.

Esta é já considerada uma das maiores crise nos 150 anos do Canal do Suez. Por aqui, passam 10% do comércio global e sete por cento das exportações de petróleo.

Volume 90%
 

quarta-feira, 24 de março de 2021

VIDEO: PESCADOR SALVA CRIANÇA PRESA EM BLOCO DE GELO NO MEIO DE UM RIO


Na Ucrânia, um pescador salvou uma criança que estava num bloco de gelo no meio de um rio, com a ajuda da sua cana de pesca.

O momento foi gravado pelo próprio pescador, num vídeo depois publicado nas redes sociais.

Os oito minutos de imagens mostram Richard Gorda a lançar a cana de pesca, com um peso na ponta, à criança que tinha ficado presa num bloco de gelo, a dezenas de metros da margem. Segundo o The Guardian, aconteceu no rio Desenka, em Kiev.

As imagens mostram o homem a puxar a cana e a criança a aproximar-se, ainda em cima do bloco de gelo.

As temperaturas em Kiev rondam, nesta altura do ano, os 0° e uma queda ao rio podia ter representado um desfecho fatal.


domingo, 21 de março de 2021

CHINA SUSPENDE VOOS DA AUSTRIAN AIRLINES APÓS DETETAR CINCO CASOS POSITIVOS

 


As autoridades chinesas suspenderam por duas semanas os voos da Austrian Airlines em direção a Xangai após terem detetado no início do mês cinco passageiros infetados com a covid-19 num voo para esta cidade, informaram hoje diversos 'media'.

A Administração da Aviação Civil da China (CAAC) informou a companhia aérea que cinco pessoas testaram positivo nos controlos efetuados à sua chegada à China, segundo assinalou o portal suíço de aviação Aero Telegraph, uma informação também divulgada pelos 'media' austríacos.

A proibição, que afeta dois voos, um por semana, vai prolongar-se até 09 de abril.

Quem pretender viajar diretamente da Áustria para Xangai deverá apresentar testes negativos PCR e de anticorpos antes de embarcar, ambos inferiores a um período de 48 horas e que devem ser certificados pela embaixada da China em Viena.

Segundo a companhia aérea austríaca, os cinco positivos eram passageiros em trânsito que chegaram ao aeroporto de Viena provenientes de diversos destinos e onde embarcaram em direção à China, indicou a Austrian Airlines ao Aero Telegraph.

Os passageiros em trânsito devem também submeter-se a esse processo de controlo na Áustria.

Diversas companhias aéreas, incluindo a Aeroflot russa, a Ethiad dos Emirados Árabes Unidos ou a Ethiopian Airlines foram afetadas no passado pela suspensão provisória dos seus voos, medida que a China aplica quando são detetados cinco ou mais passageiros infetados com covid-19 num voo.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.710.382 mortos no mundo, resultantes de mais de 122,7 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

SURFISTA DE 22 ANOS MORRE APÓS SER ATINGIDA POR UM RELÂMPAGO


Katherine Díaz, surfista da seleção de El Salvador, foi atingida por um relâmpago durante um treino na praia El Tunco, no centro de El Salvador.

Milton Flores, gerente administrativo da Federação de Salvador de Surf, descreveu o trágico acontecimento como "algo repentino e fulminante".

"Quando ela estava a entrar no mar para surfar, de repente caiu um raio e só a vimos a cair. Prestámos-lhe assistência imediatamente", contou Flores, acrescentando ainda que a desportista já tinha falecido quando chegou ao centro de saúde local.

"Katherine era uma líder nata da equipa e do surf de Salvador. Foi um duro golpe emocional e desportivo", acrescentou.

Katherine Díaz praticava surf desde os nove anos de idade, tendo participado no Mundial Júnior em 2012 e no Mundial Open 2013, no Panamá. Participou também no Qualify Series da WSL, em El Salvador, nos anos 2015 e 1016.

DOIS HOMENS CONDENADOS À MORTE POR CRIME DE VIOLAÇÃO QUE INDIGNOU O PAQUISTÃO


A violação ocorreu em de setembro de 2020, durante a noite, quando os agressores aproveitaram a falta de gasolina do veículo da mulher para a roubar e a violarem em frente aos seus filhos.

Um tribunal no Paquistão condenou hoje à morte dois réus acusados de violação em grupo a uma mulher, à frente dos seus filhos, que tinha ficado sem gasolina na viatura em que viajava, um ato que indignou o país.

"Os réus Abid Ali y Shafgat Ali foram condenados à morte por violação, pelo juiz antiterrorista Arshad Hussain", informou à EFE o Procurador-Geral adjunto da província de Punjab, onde aconteceu o crime.

Abdul Jabbar esclareceu que os dois sujeitos condenados à morte podem recorrer da sentença, junto de um tribunal superior.

Ambos os réus também foram condenados a pagar cerca de 2.240 dólares (cerca de 1.900 euros), cada um, por várias acusações de ameaças e roubo.

A violação ocorreu em 09 de setembro do ano passado, durante a noite, na estrada Lahore-Sheikhupura, em Punjab, quando os agressores aproveitaram a falta de gasolina do veículo da mulher, para a roubar e a violarem, em frente aos seus filhos.

Um ato que despertou indignação no Paquistão e que cresceu depois de um oficial da polícia da capital regional de Lahore, Umer Sheikh, condenar a violação e perguntar à família da vítima, durante uma entrevista na televisão, como é que tinha permitido que ela saísse à noite.

"Ninguém na nossa sociedade deveria permitir que as nossas irmãs e filhas viajassem sozinhas tão tarde", afirmou Umer Sheikh, de acordo com o jornal local The Express Tribune.

Centenas de pessoas, a maioria mulheres, saíram às ruas em várias cidades do Paquistão para protestar por "a violência patriarcal contra a mulher"., segundo indicavam as convocatórias.

Entre as reivindicações das organizações que convocaram o protesto estava a petição às autoridades para garantir justiça em caso de abusos, com investigações efetivas e processos judiciais rápidos, além da responsabilização do alto comando policial que culpou a mulher, baseando-se em "mitos" comuns.

sexta-feira, 19 de março de 2021

INSTAGRAM QUER CRIAR PLATAFORMA DIRIGIDA ÀS CRIANÇAS


A utilização da rede social Instagram tem um limite mínimo de idade e só quem tem mais de 13 anos pode criar um perfil na aplicação de partilha de imagens. Mas essa limitação poderá deixar de existir: os gestores do Instagram estão a planear a criação de uma plataforma dedicada a crianças com menos de 13 anos.

A informação foi divulgada através de uma comunicação interna da empresa, enviada aos funcionários pelo vice-presidente do Instagram, Vishal Shah, e a que o BuzzFeed teve acesso.

“Tenho o prazer de anunciar que vamos no futuro, temos identificado trabalho com jovens como uma prioridade para o Instagram e adicionámos à nossa lista de prioridades H1. Vamos construir um novo pilar para a juventude dentro do Grupo de Produto da Comunidade para focar duas coisas: (a) a aceleração do nosso trabalho de integridade e privacidade para garantir a experiência mais segura possível para os adolescentes e (b) a construção de uma versão do Instagram que permita às pessoas com menos de 13 anos usarem o Instagram com segurança pela primeira vez”, pode ler-se na nota.

O projeto de criação desta nova plataforma estará a cargo de Pavni Diwanju, vice-presidente do Facebook - empresa que detém o Instagram - desde dezembro. Antes de integrar a equipa de Mark Zuckerberg, Diwanju trabalhou com a Google, onde supervisionou produtos direcionados para as crianças, como é o caso do YouTube Kids.

As crianças são uma faixa etária de interesse para o gigante norte-americano. Numa entrevista ao BuzzFeed, Adam Mosseri, responsável pelo Instagram, afirma que "mais e mais crianças" querem integrar esta rede social e reconhece a dificuldade em verificar as idades dos utilizadores da plataforma. A limitação de idade tem por base um formulário preenchido pelo próprio utilizador.

“Nós temos muito a fazer aqui. Mas uma parte da solução é criar uma versão do Instagram para jovens ou crianças, onde os pais têm transparência ou controlo. Isso é uma das coisas que estamos a explorar”, explicou o responsável.

UM MERCADO ABAIXO DOS 13 ANOS

O Instagram para crianças não é a primeira vez que o Facebook lança uma plataforma dedicada a crianças: em 2017, a empresa lançou o Messenger Kids, um rede de conversação direcionada a crianças entre os seis e os 12 anos.

Este produto motivou uma carta enviada por 95 advogados a Mark Zuckerberg, onde pediam que o produto fosse descontinuado devido às consequências do uso excessivo de aparelhos digitais e redes sociais têm nas crianças.

Para manter a segurança das crianças, a plataforma apenas permite a interação com utilizadores previamente aprovados pelos pais. No entanto, o Messenger Kids acabou por ser alvo de um bug, em 2019, que permitiu a milhares de crianças juntarem-se em grupos de conversação com utilizadores não autorizados.

O problema foi identificado na criação de grupos de conversação, onde um utilizador poderia convidar amigos aprovados para uma conversas onde estavam também utilizadores que não tinham recebido o aval dos encarregados de educação.

sábado, 13 de março de 2021

EMIGRANTE PORTUGUÊS MORRE EM ACIDENTE DE CARRO NO LUXEMBURGO


Um cidadão português, de 40 anos, morreu, este sábado de manhã, num acidente de carro no Luxemburgo, onde residia.

A colisão frontal entre dois veículos ligeiros aconteceu às 7.47 horas, na estrada N7, entre Lipperscheid e Fridhaff, no norte do grão-ducado, noticiou o "Jornal do Luxemburgo".

O condutor do outro automóvel sofreu ferimentos graves. As causas do acidente estão ainda por apurar.

O emigrante residia, segundo a mesma fonte, em Landscheid, também no norte do Luxemburgo.

domingo, 7 de março de 2021

SUIÇA APROVA EM REFERENDO PROIBIÇÃO DO USO DE VÉU INTEGRAL


A Suíça aprovou este domingo em referendo, com 51,2% dos votos, a proibição do uso de véu integral, avança a Agência France-Presse (AFP), uma medida que uns dizem ser contra o islamismo radical e outros consideram xenófoba e sexista.

Os resultados avançados pelo Governo federal indicam que a iniciativa que proíbe o uso de peças de vestuário que cubram integralmente o corpo venceu com 51,2% dos votos e na maioria dos cantões suíços.

Ainda que o texto da iniciativa não mencione claramente o tipo de vestuário a que se refere, durante a campanha ficou claro que se pretende proibir o uso de burca, uma peça de vestuário que cobre todo o corpo, apenas com uma abertura rendilhada nos olhos, usado por algumas mulheres muçulmanas, bem como do niqab, que é semelhante à burca, mas sem a peça rendilhada.

MEDIDA FOI APOIADA POR GRUPOS FEMINISTAS

A medida foi proposta pelo partido de direita UDC (Union Demócratique de Centre, ou União Democrática do Centro, em tradução livre) e foi apoiada por grupos feministas e por um setor dos eleitores da esquerda laica.

Citado pela agência de notícias francesa, o presidente da UDC, Marco Chiesa, congratulou-se pelo resultado, afirmando que não quer "um islamismo radical" no país.

Com este resultado, a Suíça junta-se à França, à Áustria, à Bulgária, à Bélgica e à Dinamarca, que aprovaram iniciativas semelhantes.

EXTRADITADO PARA CABO VERDE HOMEM QUE MATOU AGENTE DA PSP EM 2005 NA AMADORA

O cidadão cabo-verdiano cumpriu em Portugal 17 dos 23 anos de prisão a que tinha sido condenado pelo homicídio de Irineu Diniz. O homem que ...