Translate

Mostrar mensagens com a etiqueta MUNDO-BRASIL. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta MUNDO-BRASIL. Mostrar todas as mensagens

quarta-feira, 27 de janeiro de 2021

APREENSÕES REVELAM FROTA DE AERONAVES DO PCC SUPERIORES À DE POLÍCIAS


Até novembro do ano passado, a frota aérea do Primeiro Comando da Capital (PCC) era superior a soma total de aviões e helicópteros das Polícias Civil (PC) e Militar (PM) do Estado de São Paulo. Conforme apontado pelo UOL, juntas, as duas corporações têm 33 aeronaves.

O número de aeronaves das duas instituições é menor do que as 37 aeronaves apreendidas pela Polícia Federal (PF) na Operação Enterprise, deflagrada em novembro de 2020. Ações realizadas anteriormente apreenderam mais aeronaves.

Uma das aeronaves apreendidas na Operação Enterprise foi avaliada em US$ 20 milhões, cerca de R$ 108 milhões. Autoridades apreenderam R$ 1 bilhão em bens. Segundo apurado pelos agentes da PF, o chefe do esquema era o ex-policial militar de Mato Grosso do Sul, Sérgio Roberto de Carvalho, de 62 anos. Eles estava foragido na Europa.

Conhecido como Major Carvalho, Sérgio utilizava aeronaves para trazer toneladas de cocaína da Bolívia e da Colômbia ao Brasil e depois exportava a droga para países europeus.

Operações que apreenderam outras aeronaves

Na Operação Reis do Crime, desencadeada em setembro de 2020, a PF bloqueou R$ 730 milhões em bens, incluindo dois helicópteros.

A Operação Além-Mar, realizada em agosto do ano passado, conseguiu apreender em 10 estados: quatro helicópteros, quatro aeronaves, quatro embarcações, duas motos aquáticas e 130 veículos. Além disso, a PF confiscou mais R$ 55 milhões em bens em poder de traficantes ligados ao PCC.

Durante a Operação Shark, outro braço financeiro do PCC foi desmembrado. Na ocasião, planilhas apreendidas mostraram que uma célula do PCC movimentou R$1 bilhão com o tráfico de drogas entre 2018 e 2019. Em seis meses foram gastos R$ 5 milhões somente em despesas com manutenção de aeronaves.

Além das operações realizadas, a Polícia Civil de São Paulo também conseguiu apreender dois helicópteros em setembro de 2019, em uma mansão em Angra dos Reis.

domingo, 17 de janeiro de 2021

COLISÃO ENTRE BARCOS NO BRASIL FAZ QUATRO MORTOS. MENINA ENTRE AS VÍTIMAS


Um grave acidente entre dois barcos provocou a morte de quatro pessoas, na tarde deste sábado, em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro. Três das vítimas são da mesma família, nomeadamente, uma menina de 11 anos, a mãe e a avó. A quarta vítima era amiga da família.

De acordo com o G1, as vítimas foram identificadas como Luiza, de 11 anos, Tatiana Godim Pinheiro, de 43, e Maria Candida Pinheiro, de 57. A amiga da família chamava-se Vânia Maria Edde e tinha 63 anos. Para além das vítimas mortais, há ainda a registar seis feridos. Dois deles foram encaminhados para um hospital da região e os outros quatro foram assistidos no local.

As autoridades, citadas pela imprensa brasileira, revelam que a colisão entre as embarcações ocorreu entre as ilhas de Paquetá e Calaca.

Em nota enviada às redações brasileiras, a Marinha indica que foram acionadas quatro equipas de busca e salvamento para prestar socorro às vítimas. A autoridade anunciou também que foi instaurado um inquérito para apurar as circunstâncias em que ocorreu o acidente.

segunda-feira, 28 de dezembro de 2020

APÓS VER O FILHO ÚNICO SER PRESO, MORREU NO RIO DE JANEIRO, AOS 85 ANOS, A MÃE DE MARCELO CRIVELLA


Morreu na madrugada desta segunda-feira (28), Eris Bezerra Crivella, de 85 anos, em seu apartamento localizado no bairro de Copacabana que fica na zona sul do Rio de Janeiro.

Eris Crivella é a mãe do prefeito afastado do Rio de Janeiro Marcello Crivella, que foi preso na semana passada e foi concedido à ele a prisão domiciliar com uso de tornozeleira eletrônica.

Segundo Alberto Sampaio, advogado de Marcelo Crivella, seu cliente terá que pedir autorização para conseguir uma liminar da Justiça para comparecer ao velório e enterro da mãe que acontecerá na próxima quarta-feira (30), no Cemitério do Caju, que fica localizado na zona portuária da cidade do Rio de Janeiro.

A causa da morte de Eris Bezerra Crivella ainda não foi informada. Marcello Crivella é filho único.

Antes de morrer mãe viu filho ser preso

Marcelo Crivella foi preso no último dia 22 de dezembro, após uma minuciosa investigação do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ), na operação que ficou conhecida como “QG da Propina”.

As investigações dão conta de que o prefeito afastado Marcelo Crivella é o suposto chefe de uma organização criminosa, que cobrava propina de várias empresas que mantinham contratos com a Prefeitura do Rio Janeiro.

Marcelo Crivella, foi preso e encaminhado para a Penitenciaria de Benfica, na Zona Norte do Rio de Janeiro, mas teve a prisão preventiva convertida em domiciliar. Dona Eris morreu sem ver o filho único.

quarta-feira, 11 de novembro de 2020

BOLSONARO FALA SOBRE BIDEN "QUANDO ACABAR A SALIVA, TEM DE TER PÓLVORA"

 


"Assistimos há pouco um grande candidato à chefia de Estado dizer que se eu não apagar o fogo da Amazónia, vai levantar uma barreira comercial contra o Brasil.  Apenas diplomacia não dá. Quando acabar a saliva, tem de ter pólvora. Senão não funciona", afirmou esta terça-feira o chefe de Estado brasileiro, Jair Bolsonaro, embora sem mencionar diretamente o nome do Presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden.

Durante a campanha eleitoral norte-americana, quer Biden, quer a sua vice-presidente, Kamala Harris, fizeram duras críticas à atual política brasileira para a Amazónia, a maior floresta tropical do planeta, que sofre os maiores incêndios e desflorestação em décadas desde que Bolsonaro ascendeu ao poder, em 2019.

As críticas surgiram inclusive no primeiro debate entre Biden e o seu antecessor, Donald Trump, na reta final da campanha eleitoral, em que o candidato do Partido Democrata disse que o Brasil deveria "parar" a "destruição" da Amazónia, caso contrário enfrentaria "consequências económicas significativas".

"Mais carbono é absorvido naquela floresta do que é emitido pelos Estados Unidos. Vou garantir que vários países se juntem e digam (ao Brasil): aqui estão 20 mil milhões de dólares. Parem de destruir a floresta. E se vocês (Brasil) não pararem, então vocês sofrerão significativas consequências económicas", disse o agora Presidente eleito dos Estados Unidos, num debate no final de setembro.

No último sábado, Biden foi declarado vencedor das eleições norte-americanas, derrotando o Republicano Donald Trump, de quem Bolsonaro é aliado e um confesso admirador.

Contudo, apesar de já ter recebido cumprimentos de vários chefe de Estado pela vitória no sufrágio, Joe Biden ainda não foi congratulado pelo executivo brasileiro.

Na segunda-feira, o vice-presidente do Brasil, Hamilton Mourão, disse que Jair Bolsonaro aguarda o fim de disputas jurídicas para se pronunciar sobre as eleições nos Estados Unidos e a vitória do candidato democrata, Joe Biden.

"Eu julgo que o Presidente está aguardando terminar esse imbróglio aí de discussão se tem voto falso, se não tem voto falso, para dar o posicionamento dele. É óbvio que o Presidente na hora certa vai transmitir os cumprimentos do Brasil a quem for eleito", disse Mourão a jornalistas.

A posição de Bolsonaro em relação às eleições nos Estados Unidos é semelhante à adotada pela Rússia, China e também países latino-americanos como o México, que optaram por aguardar o resultado das ações judiciais tentadas pelo candidato republicano e Presidente cessante, Donald Trump, que denunciou alegadas fraudes no processo de votação nas presidenciais norte-americanas.

Bolsonaro expressou ao longo do processo eleitoral dos Estados Unidos a sua preferência pela reeleição de Trump e manteve um tom crítico contra Biden após algumas declarações do agora Presidente eleito sobre a Amazónia.

Entre janeiro e setembro deste ano, a Amazónia brasileira registou 76.030 queimadas, o maior número desde 2010, quando foram registados 102.409 focos de incêndio no mesmo período, indicou o Instituto de Pesquisas Espaciais brasileiro.

Já a desflorestação da maior floresta tropical do mundo atingiu mais de sete mil quilómetros quadrados de janeiro a setembro, um número alarmante, apesar de uma queda de 10% comparativamente a igual período de 2019, ano em que foram quebrados todos os recordes, de acordo com o mesmo organismo público.


domingo, 11 de outubro de 2020

1.500 KG DE DROGA DENTRO DE AMBULÂNCIA EM MARCHA DE EMERGÊNCIA

 




A Polícia Rodoviária Federal (PRF), no Brasil, deteve dois homens que transportavam mais de 1.500 quilos de droga (canábis) numa ambulância. O caso caricato, relata a imprensa brasileira, aconteceu na última quarta-feira, dia 7, em Ponta Porã, município de Mato Grosso do Sul. 

De acordo com a investigação, os suspeitos estavam fardados e seguiam em marcha de urgência, ou seja, com as sirenes e as luzes ligadas como se de uma emergência se tratasse, supondo, talvez, que desta forma não seriam fiscalizados. 

Só que não. Dentro do veículo a polícia não encontrou qualquer paciente, mas sim fardos de droga, que totalizavam 1.536 quilogramas. 

Os dois homens confessaram que saíram de Ponta Porã com destino a Três Lagoas e que cada um receberia como recompensa pelo transporte 10 mil reais (pouco mais de 1.500 euros).

Por terem sido apanhados em flagrante por tráfico de droga, podem ser condenados a uma pena que pode ir dos cinco aos 15 anos de prisão. 

JOVEM DE 21 ANOS É ATACADA A FACADAS PELO PRÓPRIO PAI

Um homem, de 42 anos, é suspeito de matar a facadas a própria filha nesta segunda-feira(12) em Rodeio, no Vale do Itajaí, em  Santa Catarina...