Translate

Mostrar mensagens com a etiqueta OPERAÇÃO "FERRO". Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta OPERAÇÃO "FERRO". Mostrar todas as mensagens

segunda-feira, 15 de março de 2021

VIDEO: APREENDIDO PRIMEIRO "NARCOSUBMARINO" DE FABRICO EUROPEU


A Polícia Nacional espanhola apreendeu em Málaga o primeiro semi-submersível para tráfico de droga fabricado em território europeu. A Polícia Judiciária colaborou na operação.

Mais de 300 agentes participaram na Operação Ferro, uma delicada operação policial contra o crime organizado e o tráfico de droga de grande escala. A operação foi levada a cabo pela Polícia Nacional espanhola em colaboração com a Europol e cinco agências policiais de outros países, incluindo a Polícia Judiciária portuguesa.

Foram detidos 52 suspeitos e feitas 47 buscas domiciliárias em várias cidades espanholas. Na operação foram apreendidas mais de três toneladas de cocaína, 700 quilos de haxixe e ainda mais de 100 mil euros em dinheiro.

Foram também apreendidas duas embarcações usadas para o tráfico de droga: um semi-submersível em Málaga e uma lancha rápida no valor de 300 mil euros em Múrcia. Refira-se que o "narcosubmarino" capturado era de fabrico europeu, uma novidade. Todas as outras embarcações similares apreendidas anteriormente eram de fabrico Latino-americano.

Operação decorreu em várias fases

Os investigadores identificaram uma associação criminosa composta por cidadãos espanhóis, colombianos e dominicanos dedicada ao tráfico internacional de grande escala de cocaína, haxixe e marijuana. Os criminosos operavam a partir de Espanha, sobretudo da Catalunha.

Entre abril e dezembro, na Colômbia, foi possível realizar várias apreensões de estupefacientes ligadas a este grupo criminoso. No total foram apreendidos 2900 quilos de cocaína. Em novembro do ano passado, a polícia espanhola conseguiria prender o cabecilha da organização, juntamente com 13 cúmplices, em Tarragona.

Em fevereiro deste ano, foi desmantelada uma outra célula do grupo. Quatro suspeitos foram detidos em Tarragona e apreendido um carregamento de 583 quilos de haxixe com destino a França e Itália. Foram também realizadas várias buscas domiciliárias em Málaga que conduziram à apreensão do "narcosubmarino" num armazém.

Nove metros de comprimento para levar duas toneladas de cocaína

O barco, o primeiro semi-submersível a ser concebido em solo europeu, ainda estava em fase de construção quando foi apreendido. Media 9 metros de comprimento e poderia transportar até duas toneladas de cocaína.

Ainda em fevereiro, no aeroporto de El Prat, em Barcelona, um dos principais responsáveis do grupo foi detido quando tentava fugir para os Países Baixos. Após a detenção foi revistado um armazém em Barcelona que levou à apreensão de 300 quilos de cocaína.

A operação Ferro viria a desmantelar um laboratório de droga clandestino em Barcelona e descobrir uma estufa industrial com mais de 1150 plantas de canábis. Na região de Múrcia, viria a ser apreendido uma lancha rápida com 15 metros de comprimento e já abastecida com 7 mil litros de gasolina.

No final de fevereiro, os restantes membros da organização viriam a ser detidos, tendo sido apreendidos 6 mil litros de químicos para a produção de estupefacientes com destino a um laboratório clandestino em Múrcia.

Além Polícia Nacional de Espanha e da Polícia Judiciária participaram também elementos da Polícia Nacional da Colômbia, da Polícia Nacional Holandesa, a Agência Nacional do Crime do Reino Unido e Agência Norte-Americana de Alfândegas e Proteção de Fronteiras.

COVID-19 NO BRASIL: AUTORIZADA IMPORTAÇÃO DIRETA DOS MEDICAMENTOS PARA INTUBAÇÃO

Congresso deu início a uma comissão parlamentar de inquérito para investigar atos e omissões do Governo de Bolsonaro durante a pandemia. No ...