Translate

Mostrar mensagens com a etiqueta PAIS-GP. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta PAIS-GP. Mostrar todas as mensagens

domingo, 25 de outubro de 2020

"APENAS SÃO PERMITIDOS LUGARES SENTADOS" DIZ GNR SOBRE O GP

 


A Guarda Nacional Republicana (GNR) está no Grande Prémio de Portugal de Fórmula 1, que decorre no Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão, para garantir que este decorre em segurança.

De acordo com uma publicação partilhada na página de Facebook da GNR, os militares vão fiscalizar um conjunto de regras.

Por isso, tenha atenção ao seguinte:

  • Apenas são permitidos lugares sentados;
  • É proibida a circulação entre bancadas, bem como entre sectores da mesma bancada;
  • A entrada e a saída do público de cada bancada é efetuada por acessos distintos;
  • É proibido o consumo de bebidas alcoólicas no recinto desportivo e respetivos acessos, com a exceção dos estabelecimentos de restauração durante o serviço de refeições;
  • O estacionamento de viaturas no recinto do autódromo e zonas envolventes deve fazer-se, exclusivamente, nos locais assinalados para o efeito;
  • A deslocação para o autódromo em transporte coletivo está limitada a 50 pessoas por autocarro e deve ser feira a partir de quatro parques de estacionamento: dois em Portimão-Praia da Rocha (capacidade para 2.600 viaturas), junto ao antigo ‘retail park’ (até 2.000 viaturas) e junto ao BurroVille (até 2.400 viaturas).

GNR apela ainda a todos os espetadores que adotem “um comportamento responsável, para que, a prova rainha do desporto automóvel decorra em segurança”.

Recorde-se que, várias imagens do evento, registadas este sábado, mostram as bancadas com espectadores a desrespeitarem o distanciamento social e alguns até sem máscaras. Esta atitude está a gerar polémica e já levou até Rui Moreira a criticar a DGS.

MINISTÉRIO DA SAÚDE PREVÊ ATÉ 3 MIL MORTES POR DIA EM MARÇO

Cúpula da pasta vê “tempestade perfeita”, com novas variantes, colapso hospitalar e falta de vacinas O  Ministério da Saúde  prevê que haja ...