Translate

Mostrar mensagens com a etiqueta PSP. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta PSP. Mostrar todas as mensagens

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2021

MÃE DEIXOU FILHOS MENORES SOZINHOS DURANTE CINCO DIAS E FOI PARA LISBOA


A PSP de Bragança resgatou cinco crianças, com idades entre 1 e 12 anos, que se encontravam sozinhas em casa há vários dias sem a presença de qualquer adulto, informou esta segunda-feira aquela força de segurança.

A PSP anunciou esta segunda-feira que retirou cinco menores, irmãos, com idades compreendidas entre os 1 e 12 anos de idade, de uma residência em Bragança. Foram deixados pela mãe durante cinco dias, enquanto a mulher viajava para Lisboa.

"Por não haver qualquer adulto presente e por percebermos que a integridade das crianças, estava gravemente em risco, acedeu-se à residência, por ser o único meio adequado, proporcional e possível, para podermos tomar as medidas necessárias para proteção das crianças", indicou fonte da PSP.

As crianças foram encontradas no passado sábado após uma denúncia. "Todas elas estavam descalças e vestidas com pijamas, sem qualquer conforto e com total desleixo e falta de higiene, sendo que dois meninos com um ano de idade, estavam "sujos" e sem qualquer cuidado de higiene", acrescentou a fonte.

O interior da residência denotava total falta de asseio e de quaisquer comodidades, sendo que todas as divisões estavam completamente desarrumadas, com lixo espalhado por todo o lado: sacos com lixo doméstico, panelas e pratos com restos de comida num ambiente nauseabundo e com vários objetos cortantes expostos e ao alcance das crianças.

"Perante este cenário, em face do perigo concreto para as crianças, não existindo qualquer familiar adulto que pudesse ser contactado, procedeu-se à retirada de emergência das crianças, a fim de salvaguardar a sua integridade e o seu bem-estar, as quais foram conduzidas para uma Instituição local de Apoio Social", vincou a fonte.

Do que foi possível apurar, as crianças estavam sozinhas há cinco dias, ao cuidado do irmão mais velho, com apenas 12 anos de idade, o qual informou que a sua mãe havia viajado a Lisboa a tratar de assuntos de cariz pessoal.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2021

CLIENTES DE RESTAURANTE ILEGAL FUGIRAM POR TÚNEL INUNDADO E FORAM RESGATADOS PELOS BOMBEIROS


Vários clientes de um restaurante em Camarate tiveram de ser resgatados de um túnel de águas pluviais. Os elementos do grupo tentavam escapar a uma fiscalização da PSP, mas acabaram bastante molhados e autuados.

Pelas 14.30 horas, a PSP de Loures efetuou uma ação de fiscalização a um estabelecimento de um de um grupo recreativo em Camarate que se encontrava a funcionar indevidamente como estabelecimento de restauração e similar.

O espaço estava com as portas encerradas, mas os polícias aperceberam-se da permanência de várias pessoas no interior. Apesar das várias tentativas de contacto com o proprietário do estabelecimento, bem como dos demais clientes que se encontravam no interior, não foi possível chegar à fala com os mesmos.

Fugiram por túnel de escoamento de água

"De repente, os clientes começaram a fugir pelas traseiras do estabelecimento, em direção um túnel de escoamento de água", relata a PSP. O túnel tinha uma extensão considerável, não sendo possível visualizar a sua extensão para além dos 10 metros, tanto pela inexistência de luz, como por curvas que o referido túnel tem.

O objetivo dos fugitivos seria atingir a saído do túnel, a cerca de 50 metros de distância, junto a um ribeiro que desagua no rio Trancão. Os polícias chamaram pelos infratores, mas não receberam qualquer resposta. Uma vez que entrava no túnel uma forte corrente de água e não sabiam do estado dos fugitivos, foram acionados os Bombeiros Voluntários de Camarate.

Dois polícias foram atrás

Temendo que os suspeitos estivessem em fuga, dois polícias entraram no túnel. Encontrariam os infratores, no túnel, bastante molhados mas sem ferimentos. Saíram sem oferecer resistência e recusaram auxílio médico dos bombeiros.

Os infratores foram todos identificados e autuados no âmbito das medidas Covid-19 em vigor, bem como o estabelecimento em causa.

Festa com 50 jovens

A Divisão de Loures da PSP também terminou na madrugada de 24 de janeiro com uma festa com cerca de 50 jovens, no interior de um barracão, na Pontinha. Os infratores foram todos identificados e autuados.

Após a intervenção policial, sem registo de qualquer incidente, os infratores seguiram de imediato para as suas residências, para efeitos de cumprimento do dever geral de recolhimento domiciliário.

QUATRO BANCOS PORTUGUESES SOMAM LUCROS SUPERIORES A MIL MILHÕES DE EUROS

Instituições reforçaram provisões em 1300 milhões para enfrentar eventuais perdas futuras. Num ano marcado pela pandemia, quatro dos maiores...