Translate

Mostrar mensagens com a etiqueta SANTA MARIA DA FEIRA. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta SANTA MARIA DA FEIRA. Mostrar todas as mensagens

quinta-feira, 3 de junho de 2021

AGREDIU BOMBEIRO PORQUE FOI IMPEDIDO DE ENTRAR NA AMBULÂNCIA A FUMAR


Um homem com cerca de 40 anos agrediu um bombeiro da Feira e danificou uma ambulância, na madrugada desta quinta-feira, depois de ter sido impedido de entrar na ambulância a fumar.

Cerca das 2.30 horas, os bombeiros foram chamados a uma residência para transportar uma mulher com um ferimento ao hospital.

No local, o filho da mulher tentou entrar na ambulância para acompanhar a mãe, estando a fumar.

Ao ser advertido que não poderia estar no interior da ambulância a fumar, agrediu um dos bombeiros com um murro.

Depois, ameaçou de morte os bombeiros e foi buscar um taco de basebol com o qual partiu os vidros e provocou outros prejuízos na viatura de socorro.

Os bombeiros conseguiram arrancar com a ambulância e levar a mulher ao hospital da Feira.

A PSP foi contactada e tomou conta da ocorrência.

domingo, 7 de fevereiro de 2021

SEQUESTROU MULHER DEPOIS DE TER ESTADO PRESO POR IGUAL CRIME COM A MESMA VÍTIMA


Um homem de 49 anos vai começar a ser julgado pelo Tribunal da Feira pelo sequestro de uma mulher com quem tentou ter relacionamento amoroso. Sequestrou e agrediu a vítima, um mês depois de sair em liberdade condicional pelo mesmo tipo de crime, sobre a mesma mulher.

O arguido, natural de Vale de Cambra, vai começar a ser julgado, na segunda-feira, no Tribunal da Feira pelos crimes de sequestro qualificado, tráfico de menor gravidade, crime de introdução em lugar vedado ao público e crime de condução de veículo sem habilitação legal.

Depois de ter saído em liberdade condicional, em maio de 2016, após reclusão pelos crimes de furto e sequestro, esse último sobre a atual ofendida, o homem voltou a contactar a vítima, sua conhecida no consumo de estupefacientes.

Apesar de não ter carta de condução, adquiriu de imediato um carro ao qual partiu o pino da porta da frente do lado do passageiro, impedindo a sua abertura, a quem seguisse no interior do mesmo.

Após contactar a vítima, convenceu a mesma a ir consigo ao Porto onde adquiriu droga e a consumiu juntamente com a mulher.

Nas deslocações que se seguiram para a compra de droga, o arguido terá tentado efetivar uma relação amorosa que a mulher sempre foi recusando.

Como não conseguiu a anuência da vítima, o arguido passou a usar da violência física e a ameaçar a mulher de morte, atemorizando-a e aproveitando-se da dependência dos estupefacientes que este incentivou. Chegou a desferi-lhe socos e pontapés.

Seguiram-se os sequestros, com a mulher a ser obrigada a pernoitar sozinha no carro e numa habitação de familiares do arguido, até que o caso foi comunicado às autoridades.

O homem, que tinha já sido condenado por ofensas à arguida e de ter tentado contra a sua integridade física e liberdade, aguarda julgamento em prisão onde cumpre o remanescente da pena que anteriormente tinha sido condenado.

VÍDEO: EXPLOSÃO EM PARQUE INDUSTRIAL NA ALEMANHA CAUSA UM MORTO E 16 FERIDOS

Pelo menos uma pessoa morreu, 16 ficaram feridas e cinco estão desaparecidas depois de uma explosão que ocorreu esta terça-feira num parque ...