google.com, pub-4886806822608283, DIRECT, f08c47fec0942fa0

tradutor com bandeiras. Google Translate

Mostrar mensagens com a etiqueta TIROTEIO. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta TIROTEIO. Mostrar todas as mensagens

quinta-feira, 24 de dezembro de 2020

GNR TEME VINGANÇA POR MORTE NO SEIXAL E FECHA PORTA DOS POSTOS


Documento interno revela estado de alerta e militares sĂŁo aconselhados a usar colete balĂ­stico. Avistadas carrinhas com homens armados.

A GNR teme "represĂĄlias" pela morte de um indivĂ­duo de 43 anos, numa troca de tiros com militares da GNR registada no Seixal, e emitiu ontem uma ordem interna onde avisa que "os postos territoriais devem manter-se de porta fechada".

"As patrulhas devem fazer uso obrigatĂłrio de colete balĂ­stico", ordenou tambĂ©m o comandante do Comando Operacional da GNR, tenente-general JosĂ© Manuel Lopes dos Santos Correia, avisando ainda que "todas as intervençÔes policiais devem ser comunicadas e devidamente providas de especial cuidado e segurança".

Um documento da GNR, a que o JN teve acesso, começa por dar conta de que, "segundo notĂ­cia recebida nesta Guarda, existe a possibilidade de represĂĄlias para com os militares da GNR", na sequĂȘncia dos incidentes que se registaram no parque de estacionamento de um supermercado de FernĂŁo Ferro, Seixal, e dos quais resultou um morto e trĂȘs feridos.

"A notĂ­cia em apreço faz referĂȘncia a trĂȘs viaturas de cor branca tipo furgĂŁo com vĂĄrios indivĂ­duos armados", relata o documento da GNR, salientando que os mesmos homens "se concentraram nas imediaçÔes da residĂȘncia do indivĂ­duo que faleceu no incidente, e que se ausentaram para parte incerta".

O comandante operacional da GNR mandou avisar "todo o dispositivo" daqueles factos.

O estado de alerta da GNR deve-se Ă  morte de Miguel Abreu, um indivĂ­duo com 43 anos de idade e residĂȘncia em Sesimbra, que era procurado pela GNR. Este homem tinha sido condenado numa pena de prisĂŁo, em SetĂșbal, por crimes de roubo. Mas andava a monte e, na sequĂȘncia de uma sĂ©rie de outros roubos, em Benavente e Coruche, os militares do NĂșcleo de Investigação Criminal (NIC) deste Ășltimo concelho recolheram informaçÔes que apontavam para o mesmo Miguel Abreu e perceberam que recaĂ­a sobre ele um mandado de detenção.

JĂĄ na terça-feira, um militar do NIC e outro guarda faziam uma operação de vigilĂąncia ao suspeito e decidiram dar cumprimento ao mandado. Mas, quando se identificaram, Miguel Abreu terĂĄ puxado de uma arma e disparado sobre eles, gerando-se uma troca de tiros. Um guarda ficou com uma bala cravada no colete balĂ­stico e foi atingido por outra no abdĂłmen. O segundo foi atingido com um tiro numa perna.

O suspeito levou um tiro, fatal, na traqueia, enquanto a mulher que o acompanhava foi alvejada e sofreu ferimentos ligeiros numa perna.

ApĂłs o tiroteio no parque de estacionamento de um supermercado, em FernĂŁo Ferro, no Seixal, juntaram-se na zona do supermercado familiares da vĂ­tima mortal, tendo-se ouvido juras de vingança.

Militar estĂĄvel

O militar que levou um tiro no abdĂłmen foi sujeito a uma intervenção cirĂșrgica, no Hospital Garcia de Orta, tendo-lhe sido removido parte do intestino. Ontem estava em estado considerado estĂĄvel.

Feridos leves

O segundo militar baleado sofreu apenas ferimentos ligeiros numa perna, tal como a mulher que acompanhava o suspeito abatido.

GOVERNO MEXEU COM HONRA DA CHINA E ISSO NÃO SAI DE GRAÇA, DIZ PROFESSOR SOBRE INSUMO DE VACINAS

ApĂłs dar o pontapĂ© na campanha de  vacinação  no domingo passado, o Brasil agora se vĂȘ envolvido em dificuldades para conseguir manter o rit...